abadiaemfoco

sexta-feira, 29 de junho de 2018

Reflexão da sexta-feira/Bambu chinês

Resultado de imagem para bambu chines
Depois de plantada a semente deste incrível arbusto, não se vê nada,

Durante 5 anos, todo o crescimento é subterrâneo, invisível a olho nu,

Mas, uma maciça e fibrosa estrutura de raiz, que se estende vertical e horizontalmente pela terra está sendo construída.

Um escritor americano escreveu:

“Muitas coisas na vida pessoal e profissional são iguais ao bambu chinês”: você trabalha, investe tempo, esforço, faz tudo o que pode para nutrir seu crescimento,e, às vezes não vê nada por semanas, meses, ou anos.

Mas, se tiver paciência para continuar trabalhando, persistindo e nutrindo, o seu 5º ano chegará, e, com ele, virão um crescimento e mudanças que você jamais esperava…

Tenha sempre dois hábitos:

Persistência e Paciência, pois você merece alcançar todos os sonhos!

É preciso muita fibra para chegar às alturas e, ao mesmo tempo, muita flexibilidade para se curvar ao chão.”

Mensagem – Não se deve desistir facilmente dos seus projetos, pois com trabalho e determinação eles podem dar certo.

quarta-feira, 27 de junho de 2018

Em dia com a Bíblia/Mateus 20


Porque o reino dos céus é semelhante a um homem, pai de família, que saiu de madrugada a assalariar trabalhadores para a sua vinha.
E, ajustando com os trabalhadores a um dinheiro por dia, mandou-os para a sua vinha.
E, saindo perto da hora terceira, viu outros que estavam ociosos na praça,
E disse-lhes: Ide vós também para a vinha, e dar-vos-ei o que for justo. E eles foram.
Saindo outra vez, perto da hora sexta e nona, fez o mesmo.
E, saindo perto da hora undécima, encontrou outros que estavam ociosos, e perguntou- lhes: Por que estais ociosos todo o dia?
Disseram-lhe eles: Porque ninguém nos assalariou. Diz-lhes ele: Ide vós também para a vinha, e recebereis o que for justo.
E, aproximando-se a noite, diz o senhor da vinha ao seu mordomo: Chama os trabalhadores, e paga-lhes o jornal, começando pelos derradeiros, até aos primeiros.
E, chegando os que tinham ido perto da hora undécima, receberam um dinheiro cada um.
Vindo, porém, os primeiros, cuidaram que haviam de receber mais; mas do mesmo modo receberam um dinheiro cada um.
E, recebendo-o, murmuravam contra o pai de família,
Dizendo: Estes derradeiros trabalharam só uma hora, e tu os igualaste conosco, que suportamos a fadiga e a calma do dia.
Mas ele, respondendo, disse a um deles: Amigo, não te faço agravo; não ajustaste tu comigo um dinheiro?
Toma o que é teu, e retira-te; eu quero dar a este derradeiro tanto como a ti.
Ou não me é lícito fazer o que quiser do que é meu? Ou é mau o teu olho porque eu sou bom?
Assim os derradeiros serão primeiros, e os primeiros derradeiros; porque muitos são chamados, mas poucos escolhidos.
E, subindo Jesus a Jerusalém, chamou à parte os seus doze discípulos, e no caminho disse-lhes:
Eis que vamos para Jerusalém, e o Filho do homem será entregue aos príncipes dos sacerdotes, e aos escribas, e condená-lo-ão à morte.
E o entregarão aos gentios para que dele escarneçam, e o açoitem e crucifiquem, e ao terceiro dia ressuscitará.
Então se aproximou dele a mãe dos filhos de Zebedeu, com seus filhos, adorando-o, e fazendo-lhe um pedido.
E ele diz-lhe: Que queres? Ela respondeu: Dize que estes meus dois filhos se assentem, um à tua direita e outro à tua esquerda, no teu reino.
Jesus, porém, respondendo, disse: Não sabeis o que pedis. Podeis vós beber o cálice que eu hei de beber, e ser batizados com o batismo com que eu sou batizado? Dizem-lhe eles: Podemos.
E diz-lhes ele: Na verdade bebereis o meu cálice e sereis batizados com o batismo com que eu sou batizado, mas o assentar-se à minha direita ou à minha esquerda não me pertence dá-lo, mas é para aqueles para quem meu Pai o tem preparado.
E, quando os dez ouviram isto, indignaram-se contra os dois irmãos.
Então Jesus, chamando-os para junto de si, disse: Bem sabeis que pelos príncipes dos gentios são estes dominados, e que os grandes exercem autoridade sobre eles.
Não será assim entre vós; mas todo aquele que quiser entre vós fazer-se grande seja vosso serviçal;
E, qualquer que entre vós quiser ser o primeiro, seja vosso servo;
Bem como o Filho do homem não veio para ser servido, mas para servir, e para dar a sua vida em resgate de muitos.
E, saindo eles de Jericó, seguiu-o grande multidão.
E eis que dois cegos, assentados junto do caminho, ouvindo que Jesus passava, clamaram, dizendo: Senhor, Filho de Davi, tem misericórdia de nós!
E a multidão os repreendia, para que se calassem; eles, porém, cada vez clamavam mais, dizendo: Senhor, Filho de Davi, tem misericórdia de nós!
E Jesus, parando, chamou-os, e disse: Que quereis que vos faça?
Disseram-lhe eles: Senhor, que os nossos olhos sejam abertos.
Então Jesus, movido de íntima compaixão, tocou-lhes nos olhos, e logo seus olhos viram; e eles o seguiram.


Publicações oficiais de Martinho Campos / recentes


16/06

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG: Termo de Homologação ao Processo Licitatório n° 021/2018 Tomada de Preços nº 004/2018 para Contratação de Empresa Especializada Em Construção Civil Para Execução da Obra de Reforma e Modernização da Quadra Esportiva da Escola Municipal Geraldo de Assis com a empresa vencedora do certame: BEM SERVIÇOS OPERACIONAIS EIRELI. José Hailton de Freitas – Prefeito Municipal. 

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG: Termo de Ratificação. Processo Licitatório n° 043/2018 Dispensa de Licitação nº 003/2018. Objeto Contratação de Empresa Especializada Para Prestação de Serviço de Implantação do ICMS Turístico e ICMS Esportivo em Atendimento A Solicitação da Secretaria Municipal de Esporte Lazer e Turismo. Contratada HELIANE WALQUIRIA DE LIMA ME no valor global de R$ 7.899,00 (Sete Mil e Oitocentos e Noventa e Nove Reais). José Hailton de Freitas – Prefeito Municipal

19/06
 PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG: Ata de Registro de Preços nº 058/2018 firmada com a empresa BRUNA HONORATO DE MELO-EPP no valor global de R$ 332.937,55 (Tre- zentos e Trinta e Dois Mil Novecentos e Trinta e Sete Reais e Cinquenta e Cinco Centavos), referente ao Processo Licitatório nº 027/2018 Pre- gão Presencial RP nº 019/2018. José Hailton de Freitas – Prefeito Municipal. 

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG: Ata de Registro de Preços nº 059/2018 firmada com a empresa CASA FON- SECA MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO LTDA no valor global de R$ 524,50 (Quinhentos e Vinte Quatro Reais e Cinquenta Centavos), referente ao Processo Licitatório nº 027/2018 Pregão Presencial RP nº 019/2018. José Hailton de Freitas – Prefeito Municipal

20/06
PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG: Quarto Termo Aditivo ao Contrato nº 030/2016 referente ao Processo Licitatório nº 38/2016 Tomada de Preços nº 02/2016, firmado com a empresa CETEC CONSTRUÇÕES ELETROTÉCNICAS LTDA. Fica prorrogado o prazo de vigência do contrato por mais 06 (seis) meses a partir de 03/06/2018.Nilson Júnior de Freitas – Departamento de Licitações. 

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG: Quinto Termo Aditivo ao Contrato nº 026/2014 referente ao Processo Licitató- rio nº 12/2014 Pregão Presencial nº 11/2014, firmado com a empresa PENSÃO E APOIO AS PREFEITURAS MINEIRAS LTDA. O pre- sente Termo Aditivo tem por objeto a prorrogação do prazo de vigência do contrato originário por mais 12 (doze) meses a partir de 30 de Junho de 2018. José Hailton de Freitas – Prefeito Municipal. 

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG: Contrato nº 022/2018 que entre si celebram o Município de Martinho Campos e a empresa BEM SERVIÇOS OPERACIONAIS EIRELI, no valor global de R$ 585.289,75 (Quinhentos e Oitenta e Cinco Mil Duzentos e Oitenta e Nove Reais e Setenta e Cinco Centavos). Referente ao Processo Licitatório nº 021/2018 Tomada de Preços nº 004/2018. José Hailton de Freitas – Prefeito Municipal.

21/06
PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG. Processo Licitatório nº 041/2018 Pregão Presencial nº 028/2018. Devido ao Decreto Municipal nº 054/2018 que dispõe sobre o horário de funcionamento das repartições públicas nos dias de jogos do Brasil da Copa do Mundo FIFA 2018, fica alterado o horário da sessão do Pregão Presencial nº 28/2018 Processo Licitatório nº 041/2018 que acontecerá dia 22/06/2018 para ás 16:00 horas. Nilson – Pregoeiro.


22/06
PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG: Segundo Termo Aditivo ao Contrato nº 030/2017 referente ao Processo Licitatório nº 030/2017 Pregão Presencial nº 019/2017, firmado com a empresa MEMORY PROJETOS E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS LTDA. Fica concedido o reajuste anual no contrato de 2,85% (dois vírgula oitenta e cinco por cento) no valor mensal do contrato a partir de 01 de Julho de 2018. José Hailton de Freitas – Prefeito Municipal. 

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG: Primeiro Termo Aditivo a Ata de Registro de Preços nº 017/2018 referente ao Processo Licitatório nº 012/2018 Pregão Presencial RP nº 007/2018, firmado com a empresa COMERCIAL LAGOA DO BURITI LTDA-ME. José Hailton de Freitas – Prefeito Municipal.

26/06
PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG: Termo de Homologação ao Processo Licitatório n° 034/2018 Tomada de Preços nº 005/2018 para Contratação de Empresa Especializada Em Pavimentação Asfáltica Para Execução das Obras de Pavimentação Asfáltica em CBUQ, em Diversas Ruas da Sede do Município de Martinho Campos com a empresa vencedora do certame: EMPRESEREMPRESA DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS LTDA. José Hailton de Freitas – Prefeito Municipal. 

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG: Contrato nº 023/2018 que entre si celebram o Município de Martinho Campos e a empresa HELIANE WALQUIRIA DE LIMA ME, no valor global de R$ 7.889,00 (Sete Mil Oitocentos e Noventa e Nove Reais). Referente ao Processo Licitatório nº 043/2018 Dispensa de Licitação nº 003/2018. José Hailton de Freitas – Prefeito Municipal.

27/06
PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG: Termo de Homologação ao Processo Licitatório n° 022/2018 Pregão Presencial RP nº 014/2018 para Registro de Preços Para Futura e Eventual Aquisição de Material de Limpeza, Higiene Pessoal e Lixeiras com as empresas vencedoras do certame: 3 Poderes Comércio Ltda-Me, Comercial Vener Ltda-Epp, Exata Indústria e Comércio Ltda-Epp, Silene Alves de Lima Soares-Me e Woltine Comércio e Representações Eireli. José Hailton de Freitas – Prefeito Municipal.

Cultura martinho-campense

A prefeitura, em seu dia-a-dia, vem fomentando diversos projetos e, apesar de poucos recursos, buscando parcerias e otimizando a agenda cultural do município.
Prova disso é a publicação por parte do parceiro ESTADO, do projeto de Moda de Viola e Catira nos conformes da legislação estadual da pasta da Cultura.
Veja a publicação , referente a Martinho Campos, de hoje, no Diário Oficial de Minas Gerais.:

Resultado de imagem para foto de violas caipira antigas

RELAÇÃO DE PROJETOS SUPLENTES: - Relação dos projetos selecionados como suplentes na modalidade de recursos não reembolsáveis²: (Ordem classificatória) ¹ Conforme item 16.2.2. do Edital: “As propostas suplentes serão aquelas que atingirem nota igual ou superior à mínima, de 70 pontos, e inferior à de corte, considerando-se os critérios do item 13 e nos termos do item 17.3”.

---------------------------------------------------------------------------------

SUPLENTE nº 16 Protocolo: 2018.20.0134 Nome do projeto: PRIMEIRO FESTIVAL DE MODA DE VIOLA E CATIRA DE MARTINHO CAMPOS Entidade: PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS Município: MARTINHO CAMPOS Território: Oeste Valor Recomendado: R$ 63.000,00

sexta-feira, 22 de junho de 2018

Reflexão da sexta-feira

A fé é o que mantém o ser humano firme mesmo nas circunstâncias mais negativas. É acreditar que melhores dias virão, mesmo quando a vida não apresenta motivos para sorrir.

Ter fé é andar confiante mesmo na escuridão, é ser grato pelas coisas boas antes de recebê-las. É ver o abismo e dar um passo em frente, confiando que você não irá cair.

Viver com fé pode ter um impacto essencial na sua vida, sendo um abrigo forte nos piores dias de tribulação.

terça-feira, 19 de junho de 2018

Em dia com a Bíblia/Mateus 19


E aconteceu que, concluindo Jesus estes discursos, saiu da Galiléia, e dirigiu- se aos confins da Judéia, além do Jordão;
E seguiram-no grandes multidões, e curou-as ali.
Então chegaram ao pé dele os fariseus, tentando-o, e dizendo-lhe: É lícito ao homem repudiar sua mulher por qualquer motivo?
Ele, porém, respondendo, disse-lhes: Não tendes lido que aquele que os fez no princípio macho e fêmea os fez,
E disse: Portanto, deixará o homem pai e mãe, e se unirá a sua mulher, e serão dois numa só carne?
Assim não são mais dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem.
Disseram-lhe eles: Então, por que mandou Moisés dar-lhe carta de divórcio, e repudiá-la?
Disse-lhes ele: Moisés, por causa da dureza dos vossos corações, vos permitiu repudiar vossas mulheres; mas ao princípio não foi assim.
Eu vos digo, porém, que qualquer que repudiar sua mulher, não sendo por causa de fornicação, e casar com outra, comete adultério; e o que casar com a repudiada também comete adultério.
Disseram-lhe seus discípulos: Se assim é a condição do homem relativamente à mulher, não convém casar.
Ele, porém, lhes disse: Nem todos podem receber esta palavra, mas só aqueles a quem foi concedido.
Porque há eunucos que assim nasceram do ventre da mãe; e há eunucos que foram castrados pelos homens; e há eunucos que se castraram a si mesmos, por causa do reino dos céus. Quem pode receber isto, receba-o.
Trouxeram-lhe, então, alguns meninos, para que sobre eles pusesse as mãos, e orasse; mas os discípulos os repreendiam.
Jesus, porém, disse: Deixai os meninos, e não os estorveis de vir a mim; porque dos tais é o reino dos céus.
E, tendo-lhes imposto as mãos, partiu dali.
E eis que, aproximando-se dele um jovem, disse-lhe: Bom Mestre, que bem farei para conseguir a vida eterna?
E ele disse-lhe: Por que me chamas bom? Não há bom senão um só, que é Deus. Se queres, porém, entrar na vida, guarda os mandamentos.
Disse-lhe ele: Quais? E Jesus disse: Não matarás, não cometerás adultério, não furtarás, não dirás falso testemunho;
Honra teu pai e tua mãe, e amarás o teu próximo como a ti mesmo.
Disse-lhe o jovem: Tudo isso tenho guardado desde a minha mocidade; que me falta ainda?
Disse-lhe Jesus: Se queres ser perfeito, vai, vende tudo o que tens e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, e segue-me.
E o jovem, ouvindo esta palavra, retirou-se triste, porque possuía muitas propriedades.
Disse então Jesus aos seus discípulos: Em verdade vos digo que é difícil entrar um rico no reino dos céus.
E, outra vez vos digo que é mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha do que entrar um rico no reino de Deus.
Os seus discípulos, ouvindo isto, admiraram-se muito, dizendo: Quem poderá pois salvar-se?
E Jesus, olhando para eles, disse-lhes: Aos homens é isso impossível, mas a Deus tudo é possível.
Então Pedro, tomando a palavra, disse-lhe: Eis que nós deixamos tudo, e te seguimos; que receberemos?
E Jesus disse-lhes: Em verdade vos digo que vós, que me seguistes, quando, na regeneração, o Filho do homem se assentar no trono da sua glória, também vos assentareis sobre doze tronos, para julgar as doze tribos de Israel.
E todo aquele que tiver deixado casas, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou mulher, ou filhos, ou terras, por amor de meu nome, receberá cem vezes tanto, e herdará a vida eterna.
Porém, muitos primeiros serão os derradeiros, e muitos derradeiros serão os primeiros.



Estado privatiza hoje trechos de 3 rodovias em Minas

(Do jornal Estado de Minas)


O governo de Minas oficializa hoje a privatização de 363,95 quilômetros da malha rodoviária do estado. Às 10h30, em solenidade no Palácio da Liberdade, o governador Fernando Pimentel assinará ato de concessão da exploração por 30 anos de trechos da BR-135, da MG-231 e da LMG-754. Embora oficialmente os detalhes dos contratos ainda não tenham sido divulgados, a reportagem do Estado de Minas apurou que a concessionária será a empresa EcoRodovias Concessões e Serviços, que venceu a licitação, com a proposta de investir obrigatoriamente o montante estimado em R$ 2,057 bilhões (valor do contrato) em obras de restauração do pavimento, conservação e ampliação da capacidade das estradas, com a maior parte (mais de 60%) dos investimentos devendo ser feitos durante os primeiroscinco anos de vigência do contrato de concessão.

O maior trecho da concessão é da BR-135. São 301,2 quilômetros, do entroncamento com a BR-040 (em Curvelo) até Montes Claros (Norte de Minas). Na MG-231, são 22,65 quilômetros, partindo do entroncamento com a LMG 754 (Cordisburgo) até o entroncamento com a BR-040. Na LMG-754, a extensão é de 40,1 quilômetros, entre a área urbana de Curvelo e o entroncamento com a MG-231 (em Cordisburgo).

Conforme apurou a reportagem, por meio da Lei da Transparência, no processo de licitação e homologação consta que a tarifa básica de pedágio será de R$ 6,83, valor que tem como referência de outubro de 2017, quando foi publicado o edital de licitação. Ainda não foi divulgado quando a concessionária iniciará a cobrança e onde serão instaladas as praças de pedágio.

De acordo com o ato de homologação da concessão das rodovias, a empresa EcoRodovias deverá duplicar 136,65 quilômetros da BR-135, em dois trechos, entre a BR-040 e Corinto (93,5 quilômetros, do Km 574 a 668,85), e entre Montes Claros e Bocaiúva (42,50 quilômetros, do Km 367,5 ao km 410). A duplicação do trecho deverá ser feita nos primeiros cinco anos de concessão.

Principal ligação entre Belo Horizonte e o Norte de Minas, a BR-135 é um dos mais importantes sistemas viários do estado, sendo também usada para o transporte de carga de São Paulo em direção ao Nordeste. Embora seja da esfera federal, o trecho da rodovia entre a BR-040 e Montes Claros foi transferido para o governo do estado, com o processo de concessão sendo coordenado pela Secretaria de Transportes e Obras Públicas (Setop).

A EcoRodovias também deverá implantar 110 quilômetros de faixas adicionais (terceira faixa), com a obrigatoriedade de concluir 50% dos serviços da mesma forma dentro de cinco anos. Deverá fazer 80,2 quilômetros de acostamento, 3,4 quilômetros de contornos de trechos urbanos (na MG-231, em Codisburgo) e 6,05 quilômetros de vias laterais, além de construir 14 passarelas para pedestres, 67 paradas de ônibus, melhoria de 120 acessos e de40 interseções, entre outras intervenções.

Na homologação da licitação da concessão dos trechos rodoviários, consta ainda que a empresa licitante deverá constar em seu plano de negócios a destinação do montante de R$ 59,82 milhões, em parcelas anuais de R$ 1,994 milhão, durante as três décadas do contrato de concessão, destinados a Setop, para “cobrir despesas com a fiscalização da concessão”.

Martinho Campos ganha novo veículo

Numa ação para melhoria do transporte escolar dos nossos alunos a Secretaria de Estado de Educação procedera a doação de ônibus escolares para diversos municípios mineiros conforme publicado hoje, 19/06, no Diário oficial do Estado.
Assim o transporte da zona rural será melhorado e/ou ampliado para melhor e maior conforto dos estudantes que residem em regiões mais distantes das escolas.
Martinho Campos foi agraciada com um ônibus conforme publicação expressa abaixo.


Extrato do Contrato de Doação de Ônibus - Processo de Doação nº 1490.01.0001773/2018-67. Assinatura: 15/06/2018. Partes: EMG/SEE e o Município de Martinho Campos. Objeto: Doação de veículo de serviço tipo ônibus escolar rural. Assinantes: Wieland Silberschneider e José Hailton de Freitas.

Parabéns ao governo do estado por entender que educação é o caminho para um povo mais desenvolvido! Parabéns também ao prefeito Zeto que bastante tem lutado em prol de nossa educação municipal!
Resultado de imagem para onibus escolar desenho

quarta-feira, 6 de junho de 2018

Peripécias do Waldim

Waldim, filho do Geriowaldo (herói da Badia), numa aula de história, olha para o professor e diz:
- Professor, sinto muito orgulho dessa aula!
- Por que me diz isso Waldim?
- Porque daqui a 10 anos vou olhar para esse caderno e vou falar: "Esse caderno tem história!
-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-
Numa manhã, na casa do Geriowaldo, seu filho Waldim grita da cozinha:

- Mãe!
- O que foi, menino?
- Acho que queimei o café!
- Mas como?
- Sei lá, a água tá preta!
-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-

A professora pergunta:
- Waldim, quantos que é 1 - 1?
- É 1, professora.
- Não, Waldim. Eu vou dar um exemplo. Eu tenho uma manga, eu a comi. O que sobrou?
- Sobrou o caroço.


Em dia com a Bíblia/Mateus 18


Naquela mesma hora chegaram os discípulos ao pé de Jesus, dizendo: Quem é o maior no reino dos céus?
E Jesus, chamando um menino, o pôs no meio deles,
E disse: Em verdade vos digo que, se não vos converterdes e não vos fizerdes como meninos, de modo algum entrareis no reino dos céus.
Portanto, aquele que se tornar humilde como este menino, esse é o maior no reino dos céus.
E qualquer que receber em meu nome um menino, tal como este, a mim me recebe.
Mas, qualquer que escandalizar um destes pequeninos, que crêem em mim, melhor lhe fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma mó de azenha, e se submergisse na profundeza do mar.
Ai do mundo, por causa dos escândalos; porque é mister que venham escândalos, mas ai daquele homem por quem o escândalo vem!
Portanto, se a tua mão ou o teu pé te escandalizar, corta-o, e atira-o para longe de ti; melhor te é entrar na vida coxo, ou aleijado, do que, tendo duas mãos ou dois pés, seres lançado no fogo eterno.
E, se o teu olho te escandalizar, arranca-o, e atira-o para longe de ti; melhor te é entrar na vida com um só olho, do que, tendo dois olhos, seres lançado no fogo do inferno.
Vede, não desprezeis algum destes pequeninos, porque eu vos digo que os seus anjos nos céus sempre vêem a face de meu Pai que está nos céus.
Porque o Filho do homem veio salvar o que se tinha perdido.
Que vos parece? Se algum homem tiver cem ovelhas, e uma delas se desgarrar, não irá pelos montes, deixando as noventa e nove, em busca da que se desgarrou?
E, se porventura achá-la, em verdade vos digo que maior prazer tem por aquela do que pelas noventa e nove que se não desgarraram.
Assim, também, não é vontade de vosso Pai, que está nos céus, que um destes pequeninos se perca.
Ora, se teu irmão pecar contra ti, vai, e repreende-o entre ti e ele só; se te ouvir, ganhaste a teu irmão;
Mas, se não te ouvir, leva ainda contigo um ou dois, para que pela boca de duas ou três testemunhas toda a palavra seja confirmada.
E, se não as escutar, dize-o à igreja; e, se também não escutar a igreja, considera-o como um gentio e publicano.
Em verdade vos digo que tudo o que ligardes na terra será ligado no céu, e tudo o que desligardes na terra será desligado no céu.
Também vos digo que, se dois de vós concordarem na terra acerca de qualquer coisa que pedirem, isso lhes será feito por meu Pai, que está nos céus.
Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.
Então Pedro, aproximando-se dele, disse: Senhor, até quantas vezes pecará meu irmão contra mim, e eu lhe perdoarei? Até sete?
Jesus lhe disse: Não te digo que até sete; mas, até setenta vezes sete.
Por isso o reino dos céus pode comparar-se a um certo rei que quis fazer contas com os seus servos;
E, começando a fazer contas, foi-lhe apresentado um que lhe devia dez mil talentos;
E, não tendo ele com que pagar, o seu senhor mandou que ele, e sua mulher e seus filhos fossem vendidos, com tudo quanto tinha, para que a dívida se lhe pagasse.
Então aquele servo, prostrando-se, o reverenciava, dizendo: Senhor, sê generoso para comigo, e tudo te pagarei.
Então o Senhor daquele servo, movido de íntima compaixão, soltou-o e perdoou-lhe a dívida.
Saindo, porém, aquele servo, encontrou um dos seus conservos, que lhe devia cem dinheiros, e, lançando mão dele, sufocava-o, dizendo: Paga-me o que me deves.
Então o seu companheiro, prostrando-se a seus pés, rogava-lhe, dizendo: Sê generoso para comigo, e tudo te pagarei.
Ele, porém, não quis, antes foi encerrá-lo na prisão, até que pagasse a dívida.
Vendo, pois, os seus conservos o que acontecia, contristaram-se muito, e foram declarar ao seu senhor tudo o que se passara.
Então o seu senhor, chamando-o à sua presença, disse-lhe: Servo malvado, perdoei-te toda aquela dívida, porque me suplicaste.
Não devias tu, igualmente, ter compaixão do teu companheiro, como eu também tive misericórdia de ti?
E, indignado, o seu senhor o entregou aos atormentadores, até que pagasse tudo o que lhe devia.
Assim vos fará, também, meu Pai celestial, se do coração não perdoardes, cada um a seu irmão, as suas ofensas.