abadiaemfoco

sábado, 27 de fevereiro de 2016

Momento Nostalgia / Nos tempos de Araticuns...

Se voltássemos no tempo e parássemos na antiga Badia, certamente passaríamos dias memoráveis em volta de muita coisa boa que hoje, infelizmente, estão ficando raras. Uma dessas coisas é a degustação do delicioso araticum, fruta do cerrado que sempre encanta pelo gosto exótico e pela sua aparência, diferente das demais frutas.
Nesta semana tive o prazer de saborear uma dessas frutas, que encontrei no cerrado de Ibitira. Encontrei-me então no passado, quando a molecada da Badia saía para o mato no intuito de caçar pés de araticuns (articum na linguagem badiense) para panhar seus frutos e degustá-los. Era uma festança só. 
No clima dessa saudade, vamos ouvir dois sucessos que eternizam nossa existência:


Agora a nacional que sempre tocava (em tempos antigos) no Bares da Badia.






sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

reflexão da sexta-feira /Imagine



Imagine não haver o paraíso
É fácil se você tentar
Nenhum Inferno abaixo de nós
Acima de nós, só o céu

Imagine todas as pessoas
Vivendo o presente

Imagine que não houvesse nenhum país
Não é difícil imaginar
Nenhum motivo para matar ou morrer
E nem religião, também

Imagine todas as pessoas
Vivendo a vida em paz

Você pode dizer que eu sou um sonhador
Mas eu não sou o único
Espero que um dia você junte-se a nós
E o mundo será como um só

Imagine que não ha posses
Eu me pergunto se você pode
Sem a necessidade de ganância ou fome
Uma irmandade dos homens

Imagine todas as pessoas
Partilhando todo o mundo

Você pode dizer que eu sou um sonhador
Mas eu não sou o único
Espero que um dia você junte-se a nós
E o mundo viverá como um só

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

O jogo dos antônimos

O Geriowaldo (heróis da Badia) e seu cumpade Zé Cagueiteira estavam jogando antônimos valendo uma pinga:
- Gordo?
- Magro!
- Hômi?
- Muié!
- Verde!
- Verde? Nada disso… verde é cor, não tem contrário não!
- Craro que tem, sô!
- E quar que é?
- Maduro, uai!
- Ai caramba, néquémemo? Vamo de novo valendo mais uma pinga! Agora eu que vô cumeçá!
- Podi cumeçá!
- Saúde?
- Duença!
- Moiado?
- Seco!
- Deus?
- Diabo!
- Fumo?
- Quê? Desde quando fumo tem contrário?
- Cê é burro, sô! Ao contrário de fumo é vortemo!

Mais uma vitória do Galo


Apesar da vitória sobre o Independente Dell Vale , o Atlético teve que suar muito dentro de campo, pois não tem jogo fácil na Libertadores. Os meninos do time visitante deram muito trabalho ao elenco alvinegro, nos noventa minutos de jogo.
Todavia prevaleceu a melhor equipe, ou seja, o Galo Mineiro. A atuação dos titulares foi muito boa e levou o time à vitória, mantendo-se em primeiro lugar do grupo.
Destaques para Lucas Pratto (autor do gol) , Cazares, Rafael e Robinho que fez sua estreia pelo Glorioso de Minas.
Mas é assim mesmo; todos os jogos da competição internacional são difíceis e só os bons chegam à final. E nós, com certeza, chegaremos.
Poderia ainda falar da maravilhosa festa que a torcida fez na chegada, durante e depois do jogo, mas isso é normal em jogos do Atlético.
Vamos que vamos. Bica bicudo, a América nos espera...

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Martinho Campos em destaque


Muito bacana a reportagem, em Martinho Campos, falando do Leo da Sanfona e de seu grupo. O abadiaemfoco conferiu e agora mostra a vocês. Segue o link abaixo para você curtir do início ao fim a bela reportagem da Tv Record sobre mais um martinho-campense de destaque.

http://vsh.r7.com/56cc8d0e0cf258a0b8dd8e5b/achamos_em_minas_16b0f1f4-da4d-11e5-aa9a-4f1bfa9ee088.mp4




terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Provérbios 27/Reflexão


Não presumas do dia de amanhã, porque não sabes o que ele trará.
Que um outro te louve, e não a tua própria boca; o estranho, e não os teus lábios.
A pedra é pesada, e a areia é espessa; porém a ira do insensato é mais pesada que ambas.
O furor é cruel e a ira impetuosa, mas quem poderá enfrentar a inveja?
Melhor é a repreensão franca do que o amor encoberto.
Leais são as feridas feitas pelo amigo, mas os beijos do inimigo são enganosos.
A alma farta pisa o favo de mel, mas para a alma faminta todo amargo é doce.
Qual a ave que vagueia longe do seu ninho, tal é o homem que anda vagueando longe da sua morada.
O óleo e o perfume alegram o coração; assim o faz a doçura do amigo pelo conselho cordial.
Não deixes o teu amigo, nem o amigo de teu pai; nem entres na casa de teu irmão no dia da tua adversidade; melhor é o vizinho perto do que o irmão longe.
Sê sábio, filho meu, e alegra o meu coração, para que tenha alguma coisa que responder àquele que me desprezar.
O avisado vê o mal e esconde-se; mas os simples passam e sofrem a pena.
Quando alguém fica por fiador do estranho, toma-lhe até a sua roupa, e por penhor àquele que se obriga pela mulher estranha.


O que, pela manhã de madrugada, abençoa o seu amigo em alta voz, lho será imputado por maldição.
O gotejar contínuo em dia de grande chuva, e a mulher contenciosa, uma e outra são semelhantes;
Tentar moderá-la será como deter o vento, ou como conter o óleo dentro da sua mão direita.
Como o ferro com ferro se aguça, assim o homem afia o rosto do seu amigo.
O que cuida da figueira comerá do seu fruto; e o que atenta para o seu senhor será honrado.
Como na água o rosto corresponde ao rosto, assim o coração do homem ao homem.
Como o inferno e a perdição nunca se fartam, assim os olhos do homem nunca se satisfazem.
Como o crisol é para a prata, e o forno para o ouro, assim o homem é provado pelos louvores.
Ainda que repreendas o tolo como quem bate o trigo com a mão de gral entre grãos pilados, não se apartará dele a sua estultícia.
Procura conhecer o estado das tuas ovelhas; põe o teu coração sobre os teus rebanhos,
Porque o tesouro não dura para sempre; e durará a coroa de geração em geração?
Quando brotar a erva, e aparecerem os renovos, e se juntarem as ervas dos montes,
Então os cordeiros serão para te vestires, e os bodes para o preço do campo;
E a abastança do leite das cabras para o teu sustento, para sustento da tua casa e para sustento das tuas servas

Mais tristeza em nosass estradas

(Reportagem extraída do blog do companheiro e amigo Experidião Porto)
Três pessoas morreram em um acidente no km 508 da BR-262, em Luz/MG, envolvendo um caminhão e um carro de passeio. Segundo a Policia Rodoviária Federal (PRF) a colisão ocorreu no fim da tarde deste domingo (21). O motorista do caminhão carregado com batatas seguia sentido Belo Horizonte quando perdeu o controle em uma curva, invadiu a pista contrária e bateu de frente com o carro. Chovia no momento do acidente. O condutor da carreta não teve ferimentos.
Luz, acidente, carro, carreta, mortes (Foto: Polícia Rodoviária Federal/Divulgação)
Um idoso de 75 anos que dirigia o veículo, a esposa dele, de 55 anos e a nora do casal morreram no local. Ainda segundo a polícia, chovia no momento do acidente e a suspeita é de que o motorista do caminhão tenha ultrapassado o limite de velocidade permitido na via. Os corpos das vítimas foram encaminhados para a funerária de Luz. A perícia esteve no local para averiguar as causas do acidente.

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Mechetrecos

Morador de Martinho Campos percorre o país em sua Kombi Mechetrecos. Veja a reportagem:


Meninos do Galo

Os meninos do Galo mostraram que podem sim ser campeões do Mineiro sem precisar da ajuda dos "marmanjos" do time principal. A vitória consistente sobe o Boa esporte confirmou isso.
Claro que estiveram presentes alguns dos ditos titulares (como Luan, Víctor e Rafael Carioca), todavia o mérito da goleada vai para o time B ou time Alternativo como queiram.
É a força da Agremiação Galo, sucesso nacional e orgulho  do povo mineiro, especialmente para os milhões de fanáticos torcedores alvinegros.
Agora é bola pra frente que atrás vem gente. Bica bicudo!


sábado, 20 de fevereiro de 2016

Momento nostalgia/Rodízio de piaba

Em nossa época áurea, aqui em Martinho Campos, em tempos de quaresma, o fim de semana consistia em assistir à missa e manter os votos de não comer carne nas sextas e orar muito, pois sabíamos (e sabemos)  que Quaresma é um tempo de reflexão.
Lembro-me bem que saíamos para pescar umas piabas bem ali nos córregos que deságuam no Rio Picão. Era uma aventura só, pois éramos pescadores amadores e custávamos pescar alguns peixinhos para o jantar da sexta-feira.
Teve uma vez que pegamos mais de oitenta peixinhos, foi uma festa só: rodízio de piabas. Muito bom aquele tempo e, para lembrarmos ainda mais, vamos ouvir dois sucessos da época.


Agora a nacional


Redução de salários de vereadores, um tema polêmico, mas necessário.

Muitos amigos e companheiros, engajados na "política" e querendo o melhor para nossa Martinho Campos, estão em pleno vapor, nas redes sociais e em pontos de encontro, falando sobre uma possível redução dos salários dos vereadores (e prefeito, secretários etc) em nosso município. O que também vem ocorrendo em outras cidades de Minas, inclusive aqui na região centro-oeste.
O assunto é polêmico, porém altamente necessário, haja vista o momento de crise e os vencimentos das demais carreiras do poder público municipal.
O abadiaemfoco é a favor da redução dos salários dos agentes políticos. Todavia, ressaltamos que os mesmos precisam de salários, pois ninguém é obrigado a trabalhar de graça. O que lutamos é por uma igualdade e justiça salarial.
Igualdade sim, principalmente quando colocamos os valores sobre a mesa dos salários dos professores municipais e dos vereadores de nossa cidade. Um verdadeiro absurdo, um disparate, uma afronta ao bom senso.
Somos a favor de que aumentem os salários dos professores municipais até se equipararem aos de vereadores, ou, caso contrário, reduzam-se os vencimentos dos edis até o patamar dos professores.
Não sou candidato a nada, quero apenas que minha cidade seja um lugar aprazível  e que nossos descendentes tenham uma "casa" bacana de se viver
Até porque servir ao desenvolvimento e bem estar  do município é uma questão de amor, não de interesse financeiro.

Com atraso, mas tá valendo...(aumento salarial professores do estado)

Governo de Minas começa (com atraso) a cumprir metas com a educação estadual, em especial para com os professores da rede pública. Veja, na íntegra, a matéria do Estado de Minas.

O governo de Minas Gerais deverá encaminhar, até a sexta-feira da semana que vem, um projeto de lei prevendo o reajuste de 11,36% no salário-base dos professores da rede pública, retroativo a 1º de janeiro. O anúncio foi feito nesta tarde durante reunião entre representantes do governo e do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação (SindUte). 

O reajuste está previsto em acordo assinado pelo governo e a categoria no ano passado. O documento estabelece que os índices adotados no piso nacional da categoria serão repassados automaticamente em Minas Gerais – o que não aconteceu no mês passado. 
Também ficou acertado que os professores receberão abonos semestrais até 2018, quando o estado atingirá o piso nacional adotado na ocasião. Atualmente, o salário mínimo adotado em Minas é de R$ 1.455 mensais, acrescido de um abono de R$ 190. Já o piso determinado pelo governo federal é de R$ 2.135, valor fixado com o acréscimo de 11,37% definido em janeiro. 
“Espero que esse projeto seja apresentado e aprovado o mais rápido possível. Estaremos mobilizados para acompanhar a tramitação na Assembleia Legislativa”, afirmou a presidente do Sindute, Beatriz Cerqueira. 
Já está programada para o mês que vem uma greve nacional dos professores entre os dias 15 e 17. De acordo com Beatriz Cerqueira, a categoria em Minas vai aderir ao movimento.

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Reflexão da sexta-feira /Cálice

Pai, afasta de mim esse cálice
Pai, afasta de mim esse cálice
Pai, afasta de mim esse cálice
De vinho tinto de sangue

Como beber dessa bebida amarga
Tragar a dor, engolir a labuta
Mesmo calada a boca, resta o peito
Silêncio na cidade não se escuta
De que me vale ser filho da santa
Melhor seria ser filho da outra
Outra realidade menos morta
Tanta mentira, tanta força bruta

Como é difícil acordar calado
Se na calada da noite eu me dano
Quero lançar um grito desumano
Que é uma maneira de ser escutado
Esse silêncio todo me atordoa
Atordoado eu permaneço atento
Na arquibancada pra a qualquer momento
Ver emergir o monstro da lagoa

De muito gorda a porca já não anda
De muito usada a faca já não corta
Como é difícil, pai, abrir a porta
Essa palavra presa na garganta
Esse pileque homérico no mundo
De que adianta ter boa vontade
Mesmo calado o peito, resta a cuca
Dos bêbados do centro da cidade

Talvez o mundo não seja pequeno
Nem seja a vida um fato consumado
Quero inventar o meu próprio pecado
Quero morrer do meu próprio veneno
Quero perder de vez tua cabeça
Minha cabeça perder teu juízo
Quero cheirar fumaça de óleo diesel
Me embriagar até que alguém me esqueça




quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Galão da Massa

Com show particular de Patrick , o Galo venceu o Melgar, na altitude do Peru e começou com o pé direito o caminho que o levará para o bicampeonato da Copa libertadores da América.
O jogo foi bom e ambas equipes buscaram o gol logo nos primeiros minutos, correndo muito até findar a partida. O Galo foi superior e conseguiu a vitória, tanto pela qualidade dos jogadores quanto pela posição tática exigida pelo técnico Diego Aguirre. 
Realmente o Galo é um dos candidatos ao título este ano.
Parabéns Galo. Esse é o primeiro degrau, mas , com humildade, vamos chegar ao topo das Américas.

Ensino Normal Nível Médio autorizado para a EE Dr. José Gonçalves

Mais uma oportunidade de estudos para quem pretende seguir a carreira de professor. Foi publicado, no Diário oficial do Estado de Minas Gerais, nesta quinta-feira, a Portaria 297/16 que autoriza o reinício do Curso Normal em Nível Médio na Escola Dr. José Gonçalves. 
A carreira do Magistério é muito importante para a sociedade de uma maneira geral, pois todos profissionais passam pela mão de um/uma professor(a).
Parabéns á Direção da Escola por mais esta vitória em prol da educação em Martinho Campos.
Veja abaixo a publicação, na íntegra.



" PORTARIA n.º 297/2016 Nos termos do artigo 1º da Resolução SEE n.º 170, de 29 de janeiro de 2002, do artigo 71 da Resolução CEE n.º 449, de 1º de agosto de 2002, da Resolução CEE nº 440, de 13 de dezembro de 2000, fica autorizado, a partir do início do ano letivo de 2016, o reinício do Curso Normal em Nível Médio, para formação de Professor de Educação Infantil, na Escola Estadual Doutor José Gonçalves, em Martinho Campos. SRE – Pará de Minas  "

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Saúde e bem-estar dependem de relações íntimas de qualidade

(Texto da revista digital superinteressante)
Ter dinheiro ou fama comumente é associado à conquista de felicidade, e tais desejos já foram apontados como o objetivo de vida mais importante de norte-americanos nascidos nos anos 80 e 90. A dedicação e esforço no trabalho seriam o caminho para se alcançar mais resultados.
Resultado de imagem para casal vintage
Mas uma pesquisa realizada durante 75 anos nos Estados Unidos mostrou que os ingredientes fundamentais para uma vida saudável e cheia de bem-estar são relações íntimas e de qualidade com a família, com os amigos e com a comunidade.
As conclusões do Estudo do Desenvolvimento Adulto, promovido pela Universidade de Harvard, foram abordadas por seu diretor, o psiquiatra e psicanalista americano Robert Waldinger, em uma conferência no TED 2015.
“E se pudéssemos observar uma vida inteira à medida que ela decorre no tempo? E se pudéssemos estudar as pessoas desde a altura em que eram adolescentes até chegarem à velhice para vermos o que mantém as pessoas felizes e saudáveis?”
Durante 75 anos, a pesquisa acompanhou a vida de 724 homens, ano após ano, abordando o trabalho, a vida doméstica e a saúde, além de realizar exames médicos. Cerca de 60% dos pesquisados, a maioria já com 90 anos, ainda estão vivos e participam no estudo. Há cerca de 10 anos, o estudo passou a integrar também as esposas desses homens.
O próximo passo, segundo Waldinger, é estudar os mais de 2000 filhos dos homens pesquisados.
A população pesquisada foi dividida em dois grupos desde o começo, em 1938. No primeiro, homens que estudaram em Harvard e que, em sua maioria, lutaram na Segunda Guerra Mundial. Já o segundo era composto por adolescentes dos bairros mais pobres de Boston, vindos de algumas das famílias mais problemáticas e mais desfavorecidas da região.
Os destinos desses homens foram variados: se tornaram operários fabris e advogados, assentadores de tijolos e médicos, e um deles foi presidente dos EUA.
Os 75 anos de acompanhamento mostraram a Waldinger três lições, e nenhuma delas diz respeito a riqueza, fama, ou a trabalhar cada vez mais. A primeira delas é que as relações sociais são boas para nós, e a solidão mata.
“As pessoas que têm mais ligações sociais com a família, com amigos e com a comunidade são mais felizes, fisicamente mais saudáveis e vivem mais tempo do que as pessoas que têm menos relações. A experiência da solidão acaba por ser tóxica. As pessoas que são mais isoladas do que gostariam descobrem que são menos felizes, a sua saúde piora mais depressa na meia idade, o seu funcionamento cerebral diminui mais cedo e vivem menos tempo do que as pessoas que não se sentem sozinhas.”
segunda lição mostrou que o que importa é a qualidade de nossas relações íntimas.
"Viver no meio de conflitos é muito prejudicial para a saúde. Os casamentos altamente conflituosos, por exemplo, sem grande afeição, revelam-se muito maus para a saúde, pior talvez do que um divórcio. Viver no meio de relações boas, calorosas, é protetor.”
O estudo mostrou que o grau de satisfação que os homens sentiam nas suas relações foi decisivo para um envelhecimento mais feliz e saudável. “As pessoas que se sentiam mais satisfeitas com as suas relações, aos 50 anos, foram as mais felizes aos 80 anos.”
“Os nossos homens e mulheres mais felizes disseram, aos 80 anos, que nos dias em que tinham mais dores físicas a sua disposição continuava feliz. Mas as pessoas que tinham relações infelizes, nos dias em que tinham mais dores físicas, elas eram reforçadas pelo sofrimento emocional.”
terceira e última lição é que as boas relações protegem não só o corpo, como também o cérebro.
“Uma relação bem estabelecida com outra pessoa, aos 80 anos, é protetora. As pessoas que têm relações em que sentem que podem contar com outra pessoa em alturas de necessidade mantêm uma memória mais viva durante mais tempo. As pessoas com relações em que sentem que não podem contar com o outro são as que experimentam um declínio de memória mais precoce. As boas relações não têm que ser sempre fáceis. Alguns dos nossos octogenários podem discutir dia sim, dia não. Mas enquanto sentirem que podem contar um com o outro, quando as coisas aquecem, essas discussões não se fixam na memória.”
Pelas lições aprendidas, a tal felicidade parece fácil, não? Waldinger tem uma resposta para isso: somos seres humanos e lidar com a família e com os amigos é algo complicado, que dura a vida toda.
“O que gostaríamos mesmo é de uma receita rápida, qualquer coisa que possamos arranjar que nos dê uma via boa e a mantenha dessa forma. As relações são conturbadas e complicadas.”
Para se apoiar em boas relações, ele sugere atitudes cotidianas e acessíveis, como substituir a TV por tempo com as pessoas, fazer passeios, animar uma relação amorosa adormecida e falar com algum familiar com quem não se fala há anos. “Essas contendas familiares têm um efeito terrível na pessoa que guarda rancores”.

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Sapiência

O cara consulta um sábio e diz:
- Mestre estou com vontade de matar todos da minha casa.
- Filho, o que te faz pensar em tamanha atrocidade?
- Não aguento mais mestre. Na nossa casa só tem um copo e toda vez que vou usá-lo ele está sujo na pia.
- Filho, vá até a cidade e compre mais meia dúzia de copos e ficará livre desse tormento.- 2 meses depois ele retorna transtornadíssimo:
- Mestre a situação piorou. Agora já estou totalmente fora do controle.
- Você comprou a meia dúzia de copos como te mandei?
- Comprei mestre. Só que agora quando quero usar um copo, são os sete sujos na pia.
- Com essas modernidades de hoje em dia, só vejo uma solução filho.
- E qual é mestre?
- Desligue o Wi-Fi da sua casa, sem que ninguém perceba, 30 minutos por dia.

Provérbios 26/Refletindo


Como a neve no verão, e como a chuva na sega, assim não fica bem para o tolo a honra.
Como ao pássaro o vaguear, como à andorinha o voar, assim a maldição sem causa não virá.
O açoite é para o cavalo, o freio é para o jumento, e a vara é para as costas dos tolos.
Não respondas ao tolo segundo a sua estultícia; para que também não te faças semelhante a ele.
Responde ao tolo segundo a sua estultícia, para que não seja sábio aos seus próprios olhos.
Os pés corta, e o dano sorve, aquele que manda mensagem pela mão dum tolo.
Como as pernas do coxo, que pendem flácidas, assim é o provérbio na boca dos tolos.
Como o que arma a funda com pedra preciosa, assim é aquele que concede honra ao tolo.
Como o espinho que entra na mão do bêbado, assim é o provérbio na boca dos tolos.
O Poderoso, que formou todas as coisas, paga ao tolo, e recompensa ao transgressor.
Como o cão torna ao seu vômito, assim o tolo repete a sua estultícia.
Tens visto o homem que é sábio a seus próprios olhos? Pode-se esperar mais do tolo do que dele.

Diz o preguiçoso: Um leão está no caminho; um leão está nas ruas.
Como a porta gira nos seus gonzos, assim o preguiçoso na sua cama.
O preguiçoso esconde a sua mão ao seio; e cansa-se até de torná-la à sua boca.
Mais sábio é o preguiçoso a seus próprios olhos do que sete homens que respondem bem.
O que, passando, se põe em questão alheia, é como aquele que pega um cão pelas orelhas.
Como o louco que solta faíscas, flechas, e mortandades,
Assim é o homem que engana o seu próximo, e diz: Fiz isso por brincadeira.
Sem lenha, o fogo se apagará; e não havendo intrigante, cessará a contenda.
Como o carvão para as brasas, e a lenha para o fogo, assim é o homem contencioso para acender rixas.
As palavras do intrigante são como doces bocados; elas descem ao mais íntimo do ventre.
Como o caco de vaso coberto de escórias de prata, assim são os lábios ardentes com o coração maligno.
Aquele que odeia dissimula com seus lábios, mas no seu íntimo encobre o engano;
Quando te suplicar com voz suave não te fies nele, porque abriga sete abominações no seu coração,
Cujo ódio se encobre com engano, a sua maldade será exposta perante a congregação.
O que cava uma cova cairá nela; e o que revolve a pedra, esta voltará sobre ele.
A língua falsa odeia aos que ela fere, e a boca lisonjeira provoca a ruína.

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Ajudando o Hospital, ajudando a todos


Quando refletimos sobre nossa existência terrena, nossos prazeres e alegrias, nossas mazelas e tristezas, verificamos, dentro de nós, que a realidade é mais perene que se imagina e que por ela devemos viver o presente, analisando o passado e fabricando o futuro.
Nesta questão de fabricar o futuro devemos nos envolver mais nas coisas que nos rodeiam. A saúde, por exemplo, deve ser sempre olhada com atenção para que possamos chegar bem ao longo dos anos. 
Nesse contexto, chegamos ao nosso Hospital DR. Odilon de Andrade que, apesar dos pesares, muito faz pela população de Martinho Campos.
Acontece que o mesmo precisa de uma reestruturação, física e funcional, para que possa continuar em sua firme luta  para o bem da saúde do povo martinho-campense.
Assim, pensando em conjunto, foi lançado um programa de apoio àquela casa de restabelecimento e tratamento. Muitas pessoas de bem já se propuseram a ajudar, da maneira como podem, e assim vislumbramos um futuro bem promissor para nossa Instituição Filantrópica de Saúde.
O programa do qual falo (e já me inseri nele) é o "Carnê de Contribuição" , no qual o cidadão que puder e quiser ajudar a Instituição poderá pagar mensalmente, durante um ano um valor qualquer.
Eu peguei o meu no Posto  Moderna , mas tem outros locais onde estarão à disposição de todos que quiserem contribuir. 
Vamos ajudar a quem sempre nos acolhe quando precisamos: Nosso Hospital



Continua líder

Resultado de imagem para bandeira do galão da massa
Mesmo com um time reserva, o Galo Doido conquistou um ponto ao empatar com o Guarani aqui próximo, em Divinópolis, mantendo-se líder do campeonato Mineiro, edição 2016.
Todavia o foco agora é outro: o Jogo inicial da Libertadores para a equipe de Minas lá no Peru, na quarta-feira.
A torcida espera ansiosa para ver o nosso Alvinegro encantando mais uma vez em gramados internacionais. E a euforia não é só fanatismo não; nosso time entra como um dos principais favoritos à conquista do título. 
E o Brasil inteiro estará de olho nesta Libertadores. Vamos que vamos Galo Doido, agora é pra valer. Bica bicudo.