abadiaemfoco

sábado, 30 de janeiro de 2016

Momento Nostalgia / Embalos de sábado à noite

Em tempos idos (possivelmente na década de 90) o auge era o sábado nais noites martinho-campenses. Aqui já falei extenuantemente do Tip Top (claro que nunca é demais falar de lá) porém, muitas vezes, gostávamos de ir no Forró do Oswaldão, ali no bairro São Geraldo.
Como éramos menores de idade, entrávamos meio que escondidos e ficávamos num canto até o momento em que éramos chamados para dançar aquele forró.
Era um tempo fantástico e aqui vamos lembrar, por meio de duas músicas da época.


Agora a nacional


sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Reflexão da sexta-feira


Todos nós já tivemos, de uma maneira ou de outra, experiências difíceis na vida. Isto faz parte de nossa viagem por esta Terra – e embora muitas vezes pensamos que “as coisas podiam ter acontecido de outra maneira” - o fato é que não podemos mudar nosso passado.

Por outro lado, é uma mentira pensar que tudo que nos acontece tem o seu lado bom; existem coisas que deixam marcas muito difíceis de superar, feridas que sangram muito.

Como, então, nos livrarmos de nossas experiências amargas?

Só existe uma maneira: vivendo o presente. Entendendo que, embora não possamos mudar o passado, podemos mudar a próxima hora, o que acontecerá durante à tarde, as decisões a serem tomadas antes de dormir.

Como diz o velho provérbio hippie: “hoje é o primeiro dia do resto da minha vida”.
(Paulo Coelho)


terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Xavier meia do América) tem raízes da Badia???

Bacana demais ver a nossa gente sendo sucesso nos mais diversos segmentos do mundo atual. Agora é a vez do jovem Xavier, meia do América Mineiro, recentemente lançado ao time profissional que agora disputará o Brasileirão, já que o nosso querido Coelho chegou a série A.
O jovem de 21 anos, muito habilidoso por sinal, é filho do Cláudio , conhecido em Divinópolis como Claudinho Dentão. Aliás o Claudio também foi jogador profissional e até hoje bate uma bola.
Para quem não o conhece aqui na Badia , o Cláudio é filho do senhor João (conhecido popularmente e carinhosamente por Joãozinho da Fonsa). Ele (o Cláudio ) jogava no Abadia Futebol Clube (ele era zagueiro, daqueles pegadores mesmo) e era muito bom de bola.
O abadiaemfoco se entusiasma em mostrar mais um grande nome da Badia para o mundo através da Net. Parabéns Cláudio, parabéns Xavier, a equipe esportiva da Badia está com vocês.

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Momento Nostalgia/Férias IV

Uma das coisas boas nas férias de janeiro era passear na capital mineira. A gente até sonhava em ir pra a metrópole(na casa de parentes mais abastados) e ficar maravilhado com os arranha-céus até então desconhecidos da pequena e pacata Martinho Campos. 
A viagem se iniciava com a preparação das malas. Depois tinha comprar passagem para enfim, ir de Santa Maria (ônibus) para Belo Horizonte.
Lá na capital os divertimentos consistiam em visitar o Parque Municipal, o Mineirão, o Zoo, o Mercado Central etc. Tudo muito bom e assim os dias se passavam e a gente voltava mais revigorado para o ano letivo ali na EE Cel. Pedro Lino. E para lembrar ainda mais daquelas férias vamos voltar ao passado através de duas melodias....


Agora a nacional



sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Entendendo um pouco sobre o problema financeiro brasileiro via Petro


E agora a Petrobras já vale menos que o WhatsApp. Com a ação a R$ 4,45, o valor de mercado da empresa está em US$ 18 bilhões. O Facebook pagou US$ 19 bilhões pelo Whats em 2014.
O WhatsApp ainda não tem um modelo de negócio para produzir receita de verdade. A Petrobras tem, desde o governo Vargas. O problema é que a nossa petroleira tem outra coisa que o Whats não tem: uma dívida de US$ 128 bilhões. Isso dá 50% de todo o valor de mercado do Facebook (ou 100% da Volkswagen global, se você preferir um exemplo da velha economia). Pior: só os juros dessa dívida, a maior do mundo, comem tudo o que a empresa tira de lucro.
Se você fosse a Petrobras, estaria trabalhando só para pagar os juros do cartão de crédito, e precisaria ir tirando cartões novos para pagar as contas de casa. Por mais que você trabalhasse, sua conta continuaria vazia, igual o caixa da Petrobras.
Sim, toda empresa grande tem dívida. Mas Petrobras joga em outro campeonato, sozinha. A Shell, por exemplo, deve US$ 45 bilhões, mas produz o dobro da Petrobras, e também tem seus projetos caríssimos, e também sofre com a baixa recorde do petróleo. O buraco da Petrobras é único.
E fica mais embaixo. Dos quaquilhões que a nossa petroleira deve, US$ 24 bilhões são para agora – a empresa precisa quitar em dois anos, se não vira calote. US$ 24 bilhões é o valor de mercado do Carrefour (ou da Netflix, se você preferir algo da nova economia). Ou seja: a Petrobras precisa achar um Carrefour de dinheiro em dois anos para continuar viva.
Pense nisso quando alguém te aconselhar a comprar ações da Petro porque elas estão “baratas” demais. Diante da situação da empresa, nenhum valor é barato demais. O governo, principal acionista da coisa, provavelmente vai ter que arranjar os caminhões de dinheiro que a empresa precisa para quitar pelo menos uma parte desses US$ 24 bi que vencem até o final de 2017. Mas quem se complica aí são os outros acionistas. Se o governo fizer isso, será em troca de uma fatia ainda maior das ações da empresa – num processo cujo nome técnico é “capitalização”. Hoje o governo é dono de 8 bilhões de ações da Petrobras. Como existem 13 bilhões de ações da Petrobras, o Estado é dono de 60% da companhia. Isso dá 60% da empresa. Um sujeito que tenha um lote de 100 ações é dono de 7,7 bilionésimos.
Agora vem a sacanagem. Se o governo colocar, tipo, US$ 10 bilhões na Petrobras a título de “capitalização” a empresa vai “pagar o governo” emitindo ações novas e dando para ele. Isso cria uma “inflação acionária”. O total de ações cresce, mas sem que a empresa tenha aumentado de valor. Vamos dizer que cresça de 13 bilhões para 20 bilhões de papeis. O dono de todas as ações novas, como a gente viu, é o governo. Nisso, o Estado passaria a ter 15 bilhões de ações (8 bi das velhas + 7 das novas). Ou seja: passaria a ser dono de 75% da companhia.
E o coitado, filho de Deus, que colocou uma parte do FGTS em ações da Petrobrás, ou que confiou na ideia de virar sócio do governo? O que acontece com as ações dele? Passa a valer menos do que antes. Um lote de 100 deixa de equivaler a 8 bilionésimos da empresa. Se tornam 4 bilionésimos. No jargão financeiro, esse acionista acaba “diluído”. Isso não tem nada de alienígena: foi exatamente o que aconteceu na última capitalização da Petrobras, em 2010.
Pense nisso quando alguém aconselhar você a comprar ações da Petro porque elas estão “baratas” demais. Diante da situação da empresa, e com essa diluição no horizonte, valor nenhum é barato demais. Qualquer coisa acima de R$ 0,00 é pura aposta.
(Da revista digital superinteressante)

Reflexão da sexta-feira

Sempre sei, realmente. Só o que eu quis, todo o tempo, o que eu pelejei para achar, era uma coisa só - a inteira - cujo significado e vislumbrado dela eu vejo que sempre tive. A que era: que existe uma receita, a norma dum caminho certo, estreito, de cada uma pessoa viver - e essa pauta cada um tem - mas a gente mesmo, no comum, não sabe encontrar; como é que, sozinho, por si, alguém ia poder encontrar e saber?
(Guimarães Rosa)

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Tá faltando informação

Nossa política municipal sempre foi muito polêmica. Seja pelo fracasso de tentativas de governo ou simplesmente por derrotas, os comentários e discussões sobre nossas ideologias políticas vão além dos eleitos e passam por situações, às vezes, surreais. 
Mas, se faz necessário falar dela, uma vez que a política permeia nosso cotidiano e uma escolha mal feita pode acarretar quatro anos de atraso bem como uma escolha bem feita quatro anos de sucesso.
Nesse 2016 teremos uma nova eleição para prefeito e vereadores. Então precisamos ter muita determinação e inteligência para escolhermos aqueles que irão governar nossa cidade até o ano de 2020.
O que me chama a atenção nessa legislatura é que, apesar das mídias sociais estarem aí para divulgação, os nossos representantes pouco, ou quase nada, fazem uso delas para propagar algum projeto ou mesmo para denunciar alguma irregularidade. Isso mesmo: falta comunicação. Outro dia acessei o site da Prefeitura e também o site da Câmara e nada pude ver de atual ou de novo. Somente coisas superficiais e sem conteúdo prático para que a população possa acompanhar a movimentação política.
Até mesmo nos perfis pessoais dos representantes do povo nada tem de novo a acrescentar (seja positivo ou negativo). Parece até que não querem divulgação dos atos políticos por eles praticados.
Creio que , para os  próximos eleitos, esse seja um tema a ser revisto e que passem a informar melhor a população sobre as coisas públicas. 

Já é campeão...

O Galo é alegria 
O Galo é paixão
O Galo tanto brilha
O Galo é campeão.
No primeiro desafio do ano (Florida Cup) o Galo vence e é consagrado campeão lá nas terras do Tio Sam. Uma alegria imensa para os milhões de apaixonados pelo Atlético Mineiro. E mais um troféu para enfeitar a sala em Vespasiano.
Que venha o Mineiro, A Libertadores, A Copa do brasil e o Brasileirão; este ano estamos com sede de títulos!
Aqui, aqui é Galo!

A bondade da chuva

A chuva que persiste em nossa região veio para trazer a bonança e a alegria do verde. A bondade da chuva é extrema e garante o processo a vida com o revigorar dos rios e consequentemente um futuro certo de glórias e alegrias.
Deus na sua imensidão sabe o que faz. Apesar de períodos de estiagem como foi os últimos dois anos, vem agora essa chuvarada que abençoa nossas vidas.
Obrigado senhor por essa riqueza que chamamos de água. Que continue assim por muito e muito tempo.

Provérbios 23/Hora de pensar


Quando te assentares a comer com um governador, atenta bem para o que é posto diante de ti,
E se és homem de grande apetite, põe uma faca à tua garganta.
Não cobices as suas iguarias porque são comidas enganosas.
Não te fatigues para enriqueceres; e não apliques nisso a tua sabedoria.
Porventura fixarás os teus olhos naquilo que não é nada? porque certamente criará asas e voará ao céu como a águia.
Não comas o pão daquele que tem o olhar maligno, nem cobices as suas iguarias gostosas.
Porque, como imaginou no seu coração, assim é ele. Come e bebe, te disse ele; porém o seu coração não está contigo.
Vomitarás o bocado que comeste, e perderás as tuas suaves palavras.
Não fales ao ouvido do tolo, porque desprezará a sabedoria das tuas palavras.
Não removas os limites antigos nem entres nos campos dos órfãos,
Porque o seu redentor é poderoso; e pleiteará a causa deles contra ti.
Aplica o teu coração à instrução e os teus ouvidos às palavras do conhecimento.
Não retires a disciplina da criança; pois se a fustigares com a vara, nem por isso morrerá.
Tu a fustigarás com a vara, e livrarás a sua alma do inferno.
Filho meu, se o teu coração for sábio, alegrar-se-á o meu coração, sim, o meu próprio.
E exultarão os meus rins, quando os teus lábios falarem coisas retas.
O teu coração não inveje os pecadores; antes permanece no temor do Senhor todo dia.
Porque certamente acabará bem; não será malograda a tua esperança.
Ouve tu, filho meu, e sê sábio, e dirige no caminho o teu coração.
Não estejas entre os beberrões de vinho, nem entre os comilões de carne.
Porque o beberrão e o comilão acabarão na pobreza; e a sonolência os faz vestir-se de trapos.

Ouve teu pai, que te gerou, e não desprezes tua mãe, quando vier a envelhecer.
Compra a verdade, e não a vendas; e também a sabedoria, a instrução e o entendimento.
Grandemente se regozijará o pai do justo, e o que gerar um sábio, se alegrará nele.
Alegrem-se teu pai e tua mãe, e regozije-se a que te gerou.
Dá-me, filho meu, o teu coração, e os teus olhos observem os meus caminhos.
Porque cova profunda é a prostituta, e poço estreito a estranha.
Pois ela, como um salteador, se põe à espreita, e multiplica entre os homens os iníquos.
Para quem são os ais? Para quem os pesares? Para quem as pelejas? Para quem as queixas? Para quem as feridas sem causa? E para quem os olhos vermelhos?
Para os que se demoram perto do vinho, para os que andam buscando vinho misturado.
Não olhes para o vinho quando se mostra vermelho, quando resplandece no copo e se escoa suavemente.
No fim, picará como a cobra, e como o basilisco morderá.
Os teus olhos olharão para as mulheres estranhas, e o teu coração falará perversidades.
E serás como o que se deita no meio do mar, e como o que jaz no topo do mastro.
E dirás: Espancaram-me e não me doeu; bateram-me e nem senti; quando despertarei? aí então beberei outra vez.

sábado, 16 de janeiro de 2016

Aperte o 13 e confirma funcionário público estadual....

Aconteceu o que ninguém queria . O Governador vai pagar , para alguns funcionários públicos, em datas alternativas e com parcelamento/escalonamento. Ou seja, vai prejudicar inúmeros cidadãos mineiros que terão que "rebolar" para pagar em dia suas contas.
O engraçado é que o Legislativo (deputados) e judiciário estaduais recebem integralmente e no dia certo.
Veja a matéria extraída do jornal Hoje em Dia

"O governo de Minas anunciou nesta sexta-feira (15), em reunião com representantes de sindicatos de servidores, que vai escalonar e parcelar os salários a partir de fevereiro deste ano.
Governo de Minas vai escalonar e parcelar salários de servidores que ganham acima de R$ 3 mil

Segundo o Estado, funcionários públicos estaduais com vencimentos líquidos de até R$ 3 mil vão receber em parcela única, nos dias 5 de fevereiro, 7 de março e 7 de abril.
Os servidores que recebem entre R$ 3 mil e R$ 6 mil vão receber o salário em duas parcelas: R$ 3 mil em 5 de fevereiro, 7 de março e 7 de abril. E o restante nos dias 12 de fevereiro, 11 de março e 12 de abril.
Os funcionários estaduais que recebem acima de R$ 6 mil vão receber os vencimentos em três parcelas: R$ 3 mil nos dias 5 de fevereiro, 7 de março e 7 de abril; R$ 3 mil nos dias 12 de fevereiro, 11 de março e 12 de abril; e o restante nos dias 16 de fevereiro, 16 de março e 15 de abril.
Servidores que vão receber na primeira faixa, até R$ 3 mil, representam 75% dos funcionários públicos do Estado. A segunda faixa compreende 17% da folha, e 8% ficam na terceira faixa.
Ao todo, Minas possui 634 mil servidores ativos e inativos. A medida de escalonamento e parcelamento, portanto, vale para os funcionários com salário acima de R$ 3 mil.
Crise

A justificativa do governo para o parcelamento dos salários dos servidores que ganham acima de R$ 3 mil foi a crise financeira do Estado. "Tivemos uma queda na arrecadação, principalmente do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), além da redução nos repasses da União e o peso da folha de pagamento. Se não fossem os depósitos judiciais, não teríamos condições de arcar com a folha desde novembro", afirmou o secretário de Planejamento e Gestão, Helvécio Magalhães.

O secretário disse que cortes nos gastos públicos serão feitos a partir da reforma administrativa que está sendo planejada. O projeto deve ser apresentado para a Assembleia Legislativa (ALMG) em fevereiro neste ano. Não forma adiantados onde e como serão os cortes.

De acordo com Magalhães, o parcelamento dos salários é uma medida para evitar demissões. "Fazemos um esforço máximo para garantir isso (redução de gastos) sem demitir ninguém ou atrasar salários de um mês para o outro. Isso vai dar um prazo maior para o governo trabalhar com o orçamento", explicou.

Insatisfação

O cronograma de pagamento de salários gerou muita insatisfação nos representantes dos servidores públicos que participaram da reunião com o governo. Ao todo, 39 entidades estiveram no encontro. A possibilidade de greve não está descartada.

"A proposta destrói a conquista histórica da categoria, de pagamento no quinto dia útil. Para nós isso é uma calamidade. Nossa mobilização está marcada para o dia 27 e vamos ver quais as medidas a serem tomadas a partir desse anúncio do governo de hoje", disse Gerado Henrique Conceição, da Coordenação Sindical.
Dificuldades
O governo ainda detalha a tabela para representantes de vários sindicatos de servidores públicos. Antes de divulgar o parcelamento, o governo de Minas distribuiu uma nota em que destaca as dificuldades de caixa enfrentadas pela administração estadual e as medidas que foram tomadas para cortar custo."
Ao ler esta matéria fiquei indignado, pois o governador, na sua campanha, disse que ia abraçar o funcionalismo. Só se for um abraço de Judas Iscariotes. 
Aperte o 13 e confirma

Enquanto isso, numa escolinha da Badia

A professora perguntou aos alunos:
— Pedrinho, onde Deus está?
— No céu.
— Muito bem.
Depois a professora perguntou à Mariazinha:
— Mariazinha, onde Deus está?
— No nosso coração e no céu.
— Muito bem.
— Waldim, onde Deus está?
— No banheiro.
— No banheiro?
— É que eu estava tomando banho e minha mãe disse: "Meu Deus, você ainda está no banheiro!"
+++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

A professora de inglês pede para o Waldim (filho do Geriowaldo mais a Geriowanda)
— Waldim, formule uma frase com a palavra "window".
E Waldim:
— Quando me chamam, eu aviso: "Já estou window!"
+++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++
A professora de química perguntou ao Waldim:
- O que são gases nobres?
Waldim respondeu:
- São os peidos dos reis


Momento Nostalgia/Férias III

Ainda no quesito férias escolares (de janeiro) nos tempos  idos da Badia, tenho que admitir que uma das coisas mais legais era, no fim de semana, ir agitar na danceteria do Liga (o famoso Tip Top). Naquela época o "point" era no cinema antigo e as músicas eram "supimpas". A moçada se requebrava ao som do break dance, da discoteca e do iê, iê iê.
Tinha (tenho) um amigo que imitava o Michael Jackson que era uma beleza. Todo sábado ele estava lá na pista de dança do Tip Top fazendo aquele passinho para trás e entortando as pernas.
De vez em quando o Liga realizava algumas atrações como campeonato de dança, karaokê, etc. Era muito bom e a galera adorava. E para lembrar ainda mais daquele tempo nostálgico, vamos ouvir duas músicas (dançantes) direto do túnel do tempo.


Agora a nacional dançante


sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Boa notícia aos professores

Foi divulgado nesta última quinta-feira o valor do reajuste do piso salarial para os professores do Brasil. Segundo o ministro da educação, o valor passará de R$1.917,78 para R$2.135,64, um aumento real de 11,36%.
Esse valor já vale para janeiro 2016, que será pago em fevereiro. O problema é que muitas prefeituras e estados não conseguem pagar esse valor, gerando revolta nos profissionais do magistério.



(Veja a reportagem na íntegra - G1)

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, disse nesta quinta-feira (14) que o novo piso salarial dos professores terá aumento de 11,36% a partir de janeiro de 2016. O salário base passa de R$ 1.917,78 para R$ 2.135,64.
O valor deve ser pago para docentes com formação de nível médio com atuação em escolas públicas com 40 horas de trabalho semanais.
O ministro destacou que, entre 2009 e 2015, o crescimento real para o piso de 46% além da inflação. "Seguramente foi um dos melhores crescimentos salariais para todas as categorias", disse.

De acordo com o ministro, prefeitos e governadores têm buscado a pasta para tentar mudar a fórmula de cálculo do reajuste anual para tentar diminuir o índice. Hoje, o reajuste do salário dos professores é computado com base em números do censo escolar e calculado pelo Ministério da Fazenda.

Conforme a legislação vigente, a correção do piso reflete a variação ocorrida no valor anual mínimo por aluno definido nacionalmente pelo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).
O mesmo plano, aprovado pelo Congresso, também determina como obrigação "valorizar" o salário médio dos professores para que ele se aproxime dos profissionais de mesma formação.
Mercadante disse que nenhuma das novas propostas de cálculo propostas por governadores e outros gestores avançou no Congresso.
"Essas propostas não conseguiram sensibilizar os deputados. (...) E o MEC tem uma lei para cumprir", afirmou Mercadante.
"Não há como solicitar ao MEC descumprir a lei, mesmo reconhecendo que há problemas fiscais."
Mercadante reconheceu que o país vive em um momento de “economia delicada”. “O problema fiscal do país decorre da recessão. Mas houve também uma perda de receita muito significativa especialmente a partir da crise de 2009”, disse o ministro, que aproveitou o anúncio do reajuste dos professores para defender novamente a volta da CPMF.
Ele criticou a política de desonerações fiscais em projetos apoiados pelo Congresso e mencionou dificuldade em evitar as chamadas “pautas bomba” -- que geram mais gasto para o governo. “O Congresso às vezes estendeu as desonerações além do que era prudente”, afirmou Mercadante. “Às vezes foram longe demais.”

Reflexão da sexta-feira/ O que eu tenho não me pertence...

O que eu tenho não me pertence, embora faça parte de mim. Tudo o que sou me foi um dia emprestado pelo Criador para que eu possa dividir com aqueles que entram na minha vida. Ninguém cruza nosso caminho por acaso e nós não entramos na vida de alguém sem nenhuma razão. Há muito o que dar e o que receber; há muito o que aprender, com experiências boas ou negativas. Tente ver as coisas negativas que acontecem com você como algo que aconteceu por uma razão precisa. 


E não se lamente pelo ocorrido; além de não servir de nada reclamar, isso vai te vendar os olhos, dificultando assim, continuar seu caminho. Quando não conseguimos tirar da cabeça que alguém nos feriu, estamos somente reavivando a ferida, tornando-a muitas vezes bem maior do que era no início. Nem sempre as pessoas nos ferem voluntariamente. Muitas vezes somos nós que nos sentimos feridos e a pessoa nem mesmo percebeu; e nos sentimos decepcionados porque aquela pessoa não correspondeu às nossas expectativas. E sabemos lá quais eram as nossas expectativas? Decepcionamo-nos e decepcionamos outras pessoas também. Mas, claro, é bem mais fácil pensar nas coisas que nos atingem. Quando alguém te disser que te magoou sem intenção, acredite nela! Vai te fazer bem. Assim, talvez, ela poderá entender quando você, sinceramente, disser que "foi sem querer". Dê de você mesmo o quanto puder! Sabe, quando você se for, a única coisa que vai deixar é a lembrança do que fez aqui. Seja bom, tente dar sempre o primeiro passo para a reconciliação, nunca negue uma ajuda ao seu alcance, perdoe e dê de você mesmo. Seja uma bênção a todos que o cercam! Deus não vem em pessoa para abençoar, Ele usa os que estão aqui dispostos a cumprir essa missão. Todos nós podemos ser Anjos. A eternidade está em nossas mãos. Viva de maneira honrada, para que quando envelhecer, você possa falar só coisas boas do passado e sentir assim, prazer uma segunda vez ... e ter a certeza de que quando você se for, muito de você ainda fique naqueles que tiveram a boa ventura de te encontrar.
(Chico Xavier)

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Galão na Flórida Cup

O ano futebolístico de 2016 já começou para o Galo. E começou muito bem, haja vista o “olé” em cima do Schalk 04 em gramados dos EUA, numa afinadíssima partida cujo placar foi de 3x0 com destaques para Leonardo Silva, Luan, Lucas Cândido e Patrick.
O técnico do Alinegro começou bem a temporada e promete muitos títulos para a torcida apaixonada do Atlético. Aliás, essa mesma torcida se fez presente no estádio, animando e cantando o hino do Glorioso.
Foi uma noite de festa para a equipe e torcedores. Agora é esperar o Timão para o próximo compromisso na Flórida Cup e partir para o abraço.
2016 eu quero o bi da Libertadores e o Brasileirão! Porque aqui, aqui é Galo


terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Provérbios 22/Pensando


Vale mais ter um bom nome do que muitas riquezas; e o ser estimado é melhor do que a riqueza e o ouro.
O rico e o pobre se encontram; a todos o Senhor os fez.
O prudente prevê o mal, e esconde-se; mas os simples passam e acabam pagando.
O galardão da humildade e o temor do Senhor são riquezas, honra e vida.
Espinhos e laços há no caminho do perverso; o que guarda a sua alma retira-se para longe dele.
Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele.
O rico domina sobre os pobres e o que toma emprestado é servo do que empresta.
O que semear a perversidade segará males; e com a vara da sua própria indignação será extinto.
O que vê com bons olhos será abençoado, porque dá do seu pão ao pobre.
Lança fora o escarnecedor, e se irá a contenda; e acabará a questão e a vergonha.
O que ama a pureza de coração, e é amável de lábios, será amigo do rei.
Os olhos do Senhor conservam o conhecimento, mas as palavras do iníquo ele transtornará.
Diz o preguiçoso: Um leão está lá fora; serei morto no meio das ruas.
Cova profunda é a boca das mulheres estranhas; aquele contra quem o Senhor se irar, cairá nela.

A estultícia está ligada ao coração da criança, mas a vara da correção a afugentará dela.
O que oprime ao pobre para se engrandecer a si mesmo, ou o que dá ao rico, certamente empobrecerá.
Inclina o teu ouvido e ouve as palavras dos sábios, e aplica o teu coração ao meu conhecimento.
Porque te será agradável se as guardares no teu íntimo, se aplicares todas elas aos teus lábios.
Para que a tua confiança esteja no Senhor, faço-te sabê-las hoje, a ti mesmo.
Porventura não te escrevi excelentes coisas, acerca de todo conselho e conhecimento,
Para fazer-te saber a certeza das palavras da verdade, e assim possas responder palavras de verdade aos que te consultarem?
Não roubes ao pobre, porque é pobre, nem atropeles na porta o aflito;
Porque o Senhor defenderá a sua causa em juízo, e aos que os roubam ele lhes tirará a vida.
Não sejas companheiro do homem briguento nem andes com o colérico,
Para que não aprendas as suas veredas, e tomes um laço para a tua alma.
Não estejas entre os que se comprometem, e entre os que ficam por fiadores de dívidas,
Pois se não tens com que pagar, deixarias que te tirassem até a tua cama de debaixo de ti?
Não removas os antigos limites que teus pais fizeram.
Viste o homem diligente na sua obra? Perante reis será posto; não permanecerá entre os de posição inferior.

Revista ÓiaBadia/Edição janeiro 2016

Aeroporto internacional da Badia fechado por causa das fortes chuvas que estão sobre Martinho Campos e região.

Manifestações contra aumento das tarifas de ônibus para BH e Sacramento.



Jogadores do União e do Abadia retomam as atividades na pré-temporada. Prêmio de melhor jogador da região vai para jogador do Kosmus de Ibitira.

Apesar de especulações Carnaval na Badia terá início no dia 06 de fevereiro. Fantasias e máscaras mais procuradas são as de Cerveró, Dilma e Lula.

Frase do mês: "Em ano de eleição, todo mundo fica bão".

Empresários locais pagarão para ter sala vip no Aeroporto Internacional da Badia.

Primeiros nomes comentados na Badia para serem candidatos a prefeito da mesma:
Quiabo, Jiló, Torresmo e Araticum.



Algumas questões que vazaram do concurso para professor da UFEBA (Universidade Federal da Badia):

13) Qual a função do Esqueleto:
a) Enfeitar a biblioteca escolar.
b) Invadir o Castelo de Greiscow
c) Sustentar o corpo humano.
d) Assustar a cantineira da escola


28) É correto afirmar sobre a luz:
a) É a cidade próxima a Dores do Indaiá.
b) A luz elétrica é mais útil que a luz do sol, pois a luz do sol ilumina quando está de dia, já a luz elétrica ilumina quando está de noite.
c) É a filha do Luiz.
d) NDA

33) Das alternativas abaixo somente uma cidade faz divisa com Martinho Campos, marque-a:
a) Washington
b) Paris
c) Quartel Geral
d) Tóquio

46) Marque a alternativa que corresponde ao nome do filme que foi feito inspirado na Badia
a) Tombstone
b) A culpa é das estrelas
c) Fim do mundo
d) Apocalipse

Jornalista do abadiaemfoco é convidado para cobrir os atentados à Síria. Todavia , por medo de avião, o mesmo somente agradeceu a CNN.

Foi contabilizado, no último fim de semana, a presença de mais de dez quatrilhões de pernilongos no centro histórico da Badia.



Operação lava-jato, em Martinho Campos, é conhecida como Operação fura-zoio.

Segundo estilista abadiense a tendência para o outono/inverno 2016 é de roupas pretas com contraste em amarelo e rosa bebê.

Políticos da Badia voltam ao batente depois do Carnaval.

sábado, 9 de janeiro de 2016

Momento Nostalgia/ Férias II

No tempo das férias escolares de janeiro, desde "mil novecentos e lá vai cacetadas",  a criançada gostava muito do sábado e também do domingo, pois no fim de semana havia sempre um almoço diferente na casa dos parentes mais abastados.
Eu me lembro de quantas vezes almoçávamos galinha caipira na casa de uma tia rica. Gostava muito de comer o pedaço que comumente chamamos de "jogo". Sim, jogo, pois quando sobra o osso, o mesmo ia para a trempe do fogão a lenha para secar e depois, duas crianças (uma de cada lado do referido osso) puxava o mesmo até quebrar, aí quem ficava com o pedaço maior tinha direito de comer mais de uma xícara de doce de figo em calda.
Muita lembrança e muita alegria. Tempos que se eternizam ouvindo músicas da época como estas:


Agora a nacional


Dinheiro para pintar farmácia de vermelho tem né senhor governador?

A notícia veiculada pela mídia a respeito da verba de R$3,4 milhões de reais, que o Governo de Minas pretende usar para pintar farmácias populares (Programa Farmácia de Minas), é no mínimo, uma brincadeira de mau gosto.
Primeiro porque algumas unidades estão com falta de medicamentos, enquanto outras nem atendimento direito têm. Segundo por causa do discurso do Governador que não tem dinheiro em caixa e por isso irá atrasar o pagamento dos servidores estaduais; e ainda, o país vive uma crise. Além é claro de que o fato da cor escolhida ser a vermelha, indicando  uma alusão ao partido dos trabalhadores. Ou seja, uma propaganda fora de hora e fora do contexto.
Não há o que se vangloriar dos governos anteriores (PP e PSDB), mas também, neste primeiro ano de gestão, não há quase nada de positivo para comemorar.
O povo mineiro está de olho. Aqui não tem ninguém bobo não!

Reflexão da sexta-feira (atrasada)


Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes, mas não esqueço de que minha vida é a maior empresa do mundo. E que posso evitar que ela vá à falência.
Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.
Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar autor da própria história.
É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma.
É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.
Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos. É saber falar de si mesmo. É ter coragem para ouvir um “não”. É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.
(Augusto Cury)

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Designações 2016 para a rede estadual de ensino já tem resolução

A resolução que dita as regras para a designação de 2016 na rede estadual de ensino, bem como a organização do quadro das escolas estaduais é a de número 2836/15. Veja um pouco sobre o assunto (texto extraído do site da educação MG)
A rede estadual de ensino já conhece as normas para a organização do Quadro de Pessoal das Escolas Estaduais e a designação para o exercício de função pública na rede estadual de educação básica. Responsável por organizar o funcionamento da rede pública estadual durante o ano letivo de 2016, a Resolução SEE nº 2.836, de 28 de dezembro 2015, foi publicada no Diário Oficial de Minas Gerais de 30 de dezembro.
De acordo com o documento, entre os dias 13 de janeiro e 15 do mesmo mês, as escolas deverão definir o quantitativo de cargos necessários para o funcionamento da escola em 2016. Até o dia 18 de janeiro, as escolas deverão encaminhar à Superintendência Regional de Ensino (SRE) o saldo de vagas da relação de servidores que extrapolam o quantitativo necessário ao funcionamento da escola. A partir daí, no período de 25 a 29 de janeiro, o saldo de vagas deverá ser divulgado para a comunidade e as escolas deverão realizar o processo de designação. O ano letivo na rede estadual de ensino terá início no dia 11 de fevereiro.
Nas escolas em que houver a necessidade de designação deverá ser observada a seguinte ordem de prioridade: candidato concursado para o município ou SRE e ainda não nomeado, obedecida a ordem de classificação no concurso, priorizando o Edital mais antigo, desde que comprove os requisitos de habilitação definidos no respectivo Edital; candidato concursado para outro município ou outra SRE e ainda não nomeado, obedecido ao número de pontos obtidos no concurso, priorizando o Edital mais antigo, promovendo-se o desempate pela idade maior, desde que comprove os requisitos de habilitação definidos no respectivo Edital; candidato habilitado, obedecida a ordem de classificação na listagem do município de candidatos inscritos em 2014; candidato habilitado, que não consta da listagem do município de candidatos habilitados inscritos em 2014; candidato não habilitado, obedecida a ordem de classificação na listagem do município de candidatos inscritos em 2014. Vale lembrar que a condição de prioridade como candidato concursado somente se aplica aos aprovados em concursos públicos homologados e que estejam dentro do prazo de validade na data da designação.
Os servidores “ex-efetivados” estarão submetidos aos mesmos critérios e oportunidades válidos para os todos os demais candidatos à designação. Todavia, o critério de tempo de serviço favorece aos servidores “ex-efetivados”, pois todos eles contam com um mínimo de oito anos consecutivos de trabalho no serviço público estadual.
Uma novidade que a Resolução traz é que a partir desse ano, os servidores em Ajustamento Funcional que desejam atuar na Biblioteca Escolar exercerá atividade de apoio a seu funcionamento e não mais poderá substituir os professores para o uso da biblioteca. Não sendo possível o aproveitamento do servidor na própria escola, a Superintendência Regional de Ensino deverá processar seu remanejamento para outra escola da mesma localidade.
Caso haja a necessidade de designação, as vagas para a função de professor para o Ensino do Uso da Biblioteca / Mediador de Leitura serão preenchidas observando os seguintes critérios de prioridade: professor excedente, prioritariamente com curso de biblioteconomia / Ciências da Informação; e professor efetivo ou estabilizado com curso de biblioteconomia / Ciências da Informação.

Nos bastidores da política

Diante de um quadro assustador quanto à economia e à política nacional, desfrutamos de um janeiro (em ano de eleição) frio e sem manifestações de candidatos aos cargos eletivos  na cidade de Martinho Campos.
Muito desse marasmo eleitoral também se deve ao fato de os partidos estarem na espera de coligações e ou na indicação popular de possíveis candidatos aos cargos de prefeito e vereadores.
Em outras épocas, neste período, já até sabíamos quem eram os candidatos. Hoje porém, o quadro eleitoral martinho-campense se preserva na expectativa de que apareçam os nossos futuros agentes políticos.
E que sejam pessoas que venham para somar e para solucionar (ou pelo menos tentar) as nossas mais variadas mazelas que afetam o cotidiano dos cidadãos "abadienses".
O abadiaemfoco estará lado a lado com o internauta no intuito de divulgar os fatos mais importantes dessa eleição.


Veja aqui alguns itens importantes sobre a eleições de 2016 para prefeito e vereador:
O primeiro turno das eleições municipais de 2016, que elegerão em todo o país prefeitos e  vereadores, será realizado em 2 de outubro, primeiro domingo do mês. O segundo turno, somente em cidades com mais de 200 mil eleitores, está marcado para 30 de outubro, último domingo do mês.
As principais mudanças nas eleições de 2016 com relação às de 2014 foram determinadas pelo projeto de reforma política aprovado no Congresso em 2015 e sancionado pela presidente Dilma Rousseff em outubro do ano passado.
Na reforma aprovada pelos parlamentares, foram alterados, por exemplo, o prazo para início da campanha e a data-limite para candidatos se filiarem às legendas pelas quais pretendem concorrer. De acordo com as novas regras, as campanhas terão início mais tarde.
Um ponto ainda está pendente e não é consenso no meio político. Como a presidente Dilma Rousseff vetou o item que permitia o financiamento empresarial de campanha e esse veto pode ser derrubado pelo Congresso, não há definição do que pode acontecer caso deputados e senadores restabeleçam o dispositivo. No entanto, se o veto for mantido, não haverá doação de empresas para campanhas neste ano.
CRONOLOGIA
Veja abaixo as principais datas das eleições municipais de 2016:

Prazo de filiação (até março)
Uma das alterações aprovadas na reforma política foi a data para os candidatos se filiarem a partidos pelos quais pretendem concorrer. Nas eleições de 2014, eles tinham que se filiar com pelo menos um ano de antecedência. Agora, poderão ingressar na legenda seis meses antes, até o fim de março.

Convenções partidárias (julho-agosto)
As convenções partidárias para escolha dos candidatos, deverão ocorrer entre 20 de julho e 5 de agosto. Antes, ocorriam entre 10 e 30 de junho.

Início da campanha (agosto)
Neste ano, a campanha começará oficialmente em 16 de agosto, ao contrário das eleições de 2014, quando os candidatos podiam pedir votos somente a partir de 6 de julho. Assim, a duração da campanha eleitoral fica reduzida de 90 para 45 dias.

Propaganda no rádio e na TV (a partir de agosto)
A propaganda no rádio e na TV, por sua vez, começa a ser transmitida em 26 de agosto. Em 2014, os programas começaram a ser exibidos em 19 de agosto, o que reduz as inserções de 45 para 35 dias.

Prazo para registro de candidatos (até agosto)
O prazo para registro de candidatos pelos partidos políticos e coligações nos cartórios deve ser feito até as 19h do dia 15 de agosto de 2016.

NOVAS REGRAS
Veja as principais mudanças para as eleições deste ano:

Tamanho da propaganda na TV
Nas eleições municipais, no primeiro turno, serão dois blocos de 10 minutos cada, para candidatos a prefeito. Além disso, haverá 80 minutos de inserções por dia, sendo 60% para prefeitos e 40% para vereadores, com duração de 30 segundos a um minuto.

Propaganda "cinematográfica"
Nas propagandas eleitorais, não poderão ser usados efeitos especiais, montagens, trucagens, computação gráfica, edições e desenhos animados.

Veículo com jingles
Fica proibido o uso de qualquer tipo de veículo, inclusive carroça e bicicleta, no dia das eleições.

Pré-candidatura
Nas eleições deste ano, os políticos poderão se apresentar como pré-candidatos sem que isso configure propaganda eleitoral antecipada. Ficam vedados, porém, pedidos explícitos de votos antes do início oficial da campanha. Também fica permitido que os pré-candidatos divulguem posições pessoais sobre questões políticas e possam ter suas qualidades exaltadas, inclusive em redes sociais ou em eventos com cobertura da imprensa.

Gastos nas campanhas
Para prefeitos, pode-se gastar 70% do valor declarado pelo candidato que mais gastou no pleito anterior, se tiver havido só um turno, e até 50% do gasto da eleição anterior se tiver havido dois turnos.

Teto de gasto de campanha de prefeito em município com até 10 mil habitantes
Até R$ 100 mil.
Resultado de imagem para eleições 2016

Cabos eleitorais
Podem ser contratados como cabos eleitorais um número limite de trabalhadores de até 1% do eleitorado por candidato nos municípios de até 30 mil eleitores. Nos demais, é permitido um cabo eleitoral a mais para cada grupo de mil eleitores que exceder os 30 mil.

Propaganda em carros
Só com adesivos comuns de até 50 cm x 40 cm ou microperfurados no tamanho máximo do para-brisa traseiro. “Envelopamentos” estão proibidos.

Propaganda em vias públicas
Permitidas bandeiras e mesas para distribuição de material, desde que não atrapalhem o trânsito e os pedestres. Bonecos e outdoors eletrônicos estão vetados.

Redes sociais
A campanha nas redes sociais estará liberada, mas é proibido contratar direta ou indiretamente pessoas para publicar mensagens ofensivas contra adversários.

Substituição de candidatos
Fica limitada a substituição de candidatos. O pedido de troca deve ser apresentado até 20 dias antes do pleito (excetuado caso de morte). A foto do candidato será substituída na urna eletrônica.

Horários de comícios
Comícios de encerramento de campanhas podem ir até 2h da madrugada. Nos demais dias, das 8h à meia-noite. Nas eleições anteriores, os comícios de encerramento de campanha também deviam acabar à meia-noite.