abadiaemfoco

sexta-feira, 27 de julho de 2018

Sempre acreditando

A parada durante a Copa e as mudanças promovidas pela diretoria do Galo provocaram um emaranhado tático e técnico no time cujo entrosamento terá que ser a principal luta para que o time possa voltar a figurar na ponta da tabela e quiçá alcançar voos maiores ainda este ano.
Particularmente acho que a diretoria agiu certo, pois segurar jogador que não quer ficar e que está trazendo dinheiro pro clube com transferência isto é contra os princípios de qualquer clube.
Além do mais, os jogadores que foram contratados também têm cacife para chegar e jogarem como os que saíram ou melhor.
Agora o foco é o entrosamento da equipe e muita disciplina nos próximos jogos para chegarmos junto ao Fla na ponta do campeonato.
Bora Galo, bora torcida, acreditando sempre!

Reflexão da sexta-feira/A serpente e o vaga-lume

Conta-se que uma serpente começou a perseguir um vaga-lume. Fugiu um dia e ela não desistiu; dois dias e nada. No terceiro dia, já sem forças, o vaga-lume parou e disse à cobra:

- Posso lhe fazer três perguntas? Pertenço à sua cadeia alimentar?
- Não.
- Eu lhe fiz algum mal?
- Não.
- Então, por que você quer acabar comigo?
E a serpente responde:
- Porque não suporto ver você brilhar.

Pense nisso! Infelizmente, a qualquer momento, uma cobra pode cruzar nosso caminho. Esteja sempre alerta, pois o que não faltam são serpentes querendo nos atrapalhar. Mas, não tenha medo! Não fuja! Brilhe sempre, com muita intensidade!

quarta-feira, 25 de julho de 2018

A vida girava em torno da praça/Momento Nostalgia

Nos tempos idos aqui na Badia, a vida noturna era sempre em torno da Praça da Matriz. Os jovens andavam pela praça, apreciavam a Fonte Luminosa (que hoje está restaurada), participavam das Missas na Igreja e depois partiam rumo ao Tip Top, onde hoje está o Prédio da Ômega Byte.
Lá era o auge (saudável) das noitadas abadienses.
Era uma rotina semanal maravilhosa e que nos traz grandes recordações.
E para ativar a memória dos mais vividos, vamos ouvir dois sucessos daquela época.
Agora a nacional

Geriowaldo vendendo carros, Ufa/Afe!

O Zé Cagueiteira estava perdido na região de cerrado da Ibitira, mas encontrou o Geriowaldo (Herói da Badia) que , na época, era vendedor de carros. Aí o Gê falou:
- Vou te vender este carro quase de graça, mas ele tem um segredo que só posso lhe contar após a compra.
O Zé fez só fez um questionamento:
- Se este carro funcionar eu não me importo qual é o segredo.
O Geriowaldo então entregou o carro para o homem e em seguida contou o segredo:
- Para andar com este carro você tem que dizer "ufa" e para parar tem que dizer "aja Deus".
O Zé ainda suspeitando do vendedor entra no carro e diz:
- Ufa!
O carro começa a a acelerar até atingir uma velocidade muito alta. O homem então percebe que o cerrado acabou, mas um precipício está se aproximando e ele grita:
- Aja Deus!
O carro freia de uma vez e após derrapar por dezenas de metros para a poucos centímetros da borda. O Zé olha aliviado para a beirada do precipício e exclama:
- Foi por pouco... Ufa!

Publicações oficiais recentes -Prefeitura


19/07
PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG: Contrato nº 035/2018 que entre si celebram o Município de Martinho Campos e a empresa AFF COMÉRCIO E INDÚSTRIA DE MÓVEIS LTDA-ME, no valor global de R$ 39.825,00 (Trinta e Nove Mil e Oitocentos e Vinte e Cinco reais). Referente ao Processo Licitatório nº 047/2018 Pregão Presencial nº 032/2018. José Hailton de Freitas – Prefeito Municipal. 

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG. Termo de Homologação. Processo Licitatório nº 047/2018 Pregão Presencial nº 032/2018. Objeto: Adesão a Ata de Registro de Preços nº 025/2017 Processo nº 182/2017 Pregão Eletrônico nº 070/2017 da Prefeitura Municipal de Contagem/MG para Aquisição de Conjunto Coletivo de Mobiliário Escolar. Empresa vencedora: AFF Comércio e Indústria de Móveis Ltda – EPP. Valor R$ 39.825,00. 

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG. Aviso de Licitação. Processo Licitatório nº 051/2018 Pregão Presencial nº 033/2018. Objeto: Contratação de Empresa para Prestação de Serviços de Cópia, Digitalização e Impressão, com fornecimento de Máquinas Multifuncionais, em regime de comodato, com Software para realização de Cópia, Impressão e Digitalização. Data: 03 de Agosto de 2018 ás 9:00 horas. O edital e seus anexos estão disponíveis no site: www.martinhocampos.mg.gov.br. Maiores informações: (37) 3524-1273. Nilson. 

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG. Aviso de Licitação. Processo Licitatório nº 052/2018 Pregão Presencial RP nº 034/2018. Objeto: Aquisição de Dieta, Suplementos Alimentares e Leite Parcialmente Desnatado. Data: 06 de Agosto ás 10:00 horas. O edital e seus anexos estão disponíveis no site: www.martinhocampos.mg.gov.br. Maiores informações: (37) 3524-1273 – Nilson.

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG: Ata de Registro de Preços nº 084/2018 firmada com a empresa DIGITAL INFORMÁTICA E TECNOLOGIA LTDA-ME no valor global de R$ 36.960,00 (Trinta e Seis Mil Novecentos e Sessenta Reais), referente ao Processo Licitatório nº 031/2018 Pregão Presencial RP nº 022/2018. José Hailton de Freitas – Prefeito Municipal. 

25/07
PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG: Ata de Registro de Preços nº 085/2018 firmada com a empresa COMERCIAL ML LTDA ME no valor global de R$ 25.530,00 (Vinte e Cinco Mil Quinhentos e Trinta Reais), referente ao Processo Licitatório nº 031/2018 Pregão Presencial RP nº 022/2018. José Hailton de Freitas – Prefeito Municipal.

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG: Ata de Registro de Preços nº 086/2018 firmada com a empresa MPA EMPREENDIMENTOS EIRELI ME no valor global de R$ 35.300,00 (Trinta e Cinco Mil e Trezentos Reais), referente ao Processo Licitatório nº 031/2018 Pregão Presencial RP nº 022/2018. José Hailton de Freitas – Prefeito Municipal.

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG: Ata de Registro de Preços nº 087/2018 firmada com a empresa MJ MÓVEIS PARA ESCRITÓRIO LTDA ME no valor global de R$ 19.572,00 (Dezenove Mil Quinhentos e Setenta e Dois Reais), referente ao Processo Licitatório nº 031/2018 Pregão Presencial RP nº 022/2018. José Hailton de Freitas – Prefeito Municipal.

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG: Ata de Registro de Preços nº 088/2018 firmada com a empresa ASTEM MÓVEIS PARA ESCRITÓRIO LTDA no valor global de R$ 41.791,00 (Quarenta e Um Mil Setecentos e Noventa e Um Reais), referente ao Processo Licitatório nº 031/2018 Pregão Presencial RP nº 022/2018. José Hailton de Freitas – Prefeito Municipal.

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG: Ata de Registro de Preços nº 089/2018 firmada com a empresa MEMIL DISTRIBUIDORA LTDA-ME no valor global de R$ 47.123,00 (Quarenta e Sete Mil Cento e Vinte Três Reais), referente ao Processo Licitatório nº 031/2018 Pregão Presencial RP nº 022/2018. José Hailton de Freitas – Prefeito Municipal.

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG: Ata de Registro de Preços nº 090/2018 firmada com a empresa PRIMER DISTRIBUIDORA LTDA-ME no valor global de R$ 22.467,00 (Vinte e Dois Mil Quatrocentos e Sessenta Sete Reais), referente ao Processo Licitatório nº 031/2018 Pregão Presencial RP nº 022/2018. José Hailton de Freitas – Prefeito Municipal. 

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG: Ata de Registro de Preços nº 078/2018 firmada com a empresa BIOHOSP PRODUTOS HOSPITALARES LTDA no valor global de R$ 151.012,00 (Cento e Cinquenta e um Mil e Doze Reais), referente ao Processo Licitatório nº 028/2018 Pregão Presencial RP nº 020/2018. José Hailton de Freitas – Prefeito Municipal.

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG: Ata de Registro de Preços nº 079/2018 firmada com a empresa DUPATRI HOSPITALAR COMÉRCIO, IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO LTDA no valor global de R$ 35.853,00 (Trinta e Cinco Mil Oitocentos e Cinquenta e Três Reais), referente ao Processo Licitatório nº 028/2018 Pregão Presencial RP nº 020/2018. José Hailton de Freitas – Prefeito Municipal.

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG: Ata de Registro de Preços nº 080/2018 firmada com a empresa EQUIPAR MÉDICO E HOSPITALAR LTDA no valor global de R$ 1.876,00 (Um mil Oitocentos e Setenta e Seis Reais), referente ao Processo Licitatório nº 028/2018 Pregão Presencial RP nº 020/2018. José Hailton de Freitas – Prefeito Municipal.

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG: Ata de Registro de Preços nº 081/2018 firmada com a empresa LUMAR COMÉRCIO DE PRODUTOS FARM. LTDA no valor global de R$ 23.319,50 (Vinte e Três Mil Trezentos e Dezenove Reais e Cinquenta Centavos), referente ao Processo Licitatório nº 028/2018 Pregão Presencial RP nº 020/2018. José Hailton de Freitas – Prefeito Municipal.

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG: Ata de Registro de Preços nº 082/2018 firmada com a empresa TS FARMA DISTRIBUIDORA EIRELI-EPP no valor global de R$ 1.728,00 (Um Mil Setecentos e Vinte Oito Reais), referente ao Processo Licitatório nº 028/2018 Pregão Presencial RP nº 020/2018. José Hailton de Freitas – Prefeito Municipal.

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG: Ata de Registro de Preços nº 083/2018 firmada com a empresa MINAS BRASIL DISTRIBUIDORA DE MEDICAMENTOS LTDA ME no valor global de R$ 4.300,00 (Quatro Mil e Trezentos Reais), referente ao Processo Licitatório nº 028/2018 Pregão Presencial RP nº 020/2018. José Hailton de Freitas – Prefeito Municipal.


PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG Termo de Rescisão Contratual Amigável do Contrato de Prestação de Serviços nº 028/2018 que entre si celebram o Município de Martinho Campos e a empresa NOGUEIRAS PRODUÇÕES. José Hailton de Freitas – Prefeito Municipal.

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG. Aviso de Licitação. Processo Licitatório nº 053/2018 Pregão Presencial RP nº 035/2018. Objeto: Registro de Preços para Aquisição de Produtos/ Equipamentos de Informática. Data: 08 de Agosto de 2018 ás 9:00 horas. O edital e seus anexos poderão ser retirados através do site: www.marti- nhocampos.mg.gov.br. Maiores informações: (37) 3524-1273 – Nilson

Curso superior: saiba quais são as profissões que oferecem os melhores salários


Saiba quais são as profissões que oferecem os melhores salários (Educa Mais Brasil)
De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a média salarial do brasileiro é de R$ 1.725. Por esse motivo, um dos fatores mais determinante na hora de escolher um curso superior é a possibilidade de se ganhar um bom salário. Um levantamento feito pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) apontou que a área de Engenharia e Sistema da Informação registram as remunerações mais altas até agora em 2018. 


No ranking do Caged, o curso que se encontra em primeiro lugar é o de Engenharia Mecânica, cujo o salário médio é de aproximadamente R$ 10 mil. O curso de Sistema da Informação se encontra em segundo lugar e apresenta um salário médio de R$ 8 mil. Na hora de escolher essas e outras graduações que são lucrativas, é bom lembrar que o perfil do profissional e os possíveis cargos que ele pode ocupar também influenciam. A remuneração depende também de fatores como região, tempo de carreira e cargo ocupado. 


O curso de Engenharia Civil também aparece na lista do Caged e o salário médio dessa área está em torno de R$ 7 mil. Isabelle Ferreira Franco, de 17 anos, está no segundo semestre desse curso e, apesar da pouca idade, diz que tomou essa decisão com muita segurança. "Sempre tive aptidão para matérias de exatas durante a minha vida escolar e também sempre me interessei pela a engenharia", conta. Isabelle admite que a remuneração também serviu como parâmetro para a sua escolha. "Não adianta gostar tanto de uma área e saber que, no futuro, você não será bem remunerado. Como também, não podemos escolher uma área que não temos afinidade. Tudo isso precisa ser colocado em uma balança na hora da escolha", considerou a estudante. 

Já a estudante de Pedagogia Beatriz Santana destaca que a remuneração é algo que nunca fez muita diferença na decisão da sua carreira. Ser professora sempre foi o seu sonho e, mesmo sabendo que essa não é uma profissão tão valorizada e com salários abaixo da média de outros cursos, ela nunca pensou em mudar de opção. "Nunca mudaria minha escolha e sei que as especializações podem valorizar ainda mais o meu trabalho", aposta. Apesar de ser apaixonada pela profissão e não pensar tanto na questão salarial Beatriz percebe o desinteresse pela área. "A minha turma tem pouquíssimos alunos. Sinto que esse número é influenciado pela questão salarial", assegurou.


A pesquisa realizada pelo IBGE também revelou que o salário é proporcional ao tempo gasto com os estudos. O levantamento descobriu que aqueles com 12 anos ou mais de estudo, ganhavam, em média, R$ 27 por hora. Portanto, quem tinha até quatro anos de estudo ganhava, em média, apenas R$ 7. Camila Queiroz, trabalha na área de Ciências Contábeis, profissão que aparece na lista do Caged, mas garante que também não pensou na remuneração ao escolher o seu curso superior. "Hoje em dia, eu gosto muito da área e não me arrependo dessa escolha. Mas o que mais pesou na hora da minha decisão, foi o fato do meu pai já ter uma empresa. Então, eu pensei em fazer um curso, em que eu pudesse ajudá-lo e deu super certo", contou animada. 


Confira dez profissões que apresentam os melhores salários de acordo com o levantamento do Caged: 

1.Engenharia Mecânica – R$ 9.245,20

2.Sistema de Informação – R$ 8.206,57

3.Engenharia Elétrica – R$ 8,140,39

4.Engenharia de Produção – R$ 7,870,96

5.Engenharia Química – R$ 7,832,92

6.Engenharia Eletrônica – R$ 7,552,11

7.Engenharia Civil – R$ 7,465,51

8.Geologia – R$ 7,345,90

9.Engenharia da Computação – R$ 6.939,40

10.Agronomia – R$ 6.874,74
(Do jornal digital EM)

Em dia com a Bíblia/Mateus 22

Então Jesus, tomando a palavra, tornou a falar-lhes em parábolas, dizendo:
O reino dos céus é semelhante a um certo rei que celebrou as bodas de seu filho;
E enviou os seus servos a chamar os convidados para as bodas, e estes não quiseram vir.
Depois, enviou outros servos, dizendo: Dizei aos convidados: Eis que tenho o meu jantar preparado, os meus bois e cevados já mortos, e tudo já pronto; vinde às bodas.
Eles, porém, não fazendo caso, foram, um para o seu campo, outro para o seu negócio;
E os outros, apoderando-se dos servos, os ultrajaram e mataram.
E o rei, tendo notícia disto, encolerizou-se e, enviando os seus exércitos, destruiu aqueles homicidas, e incendiou a sua cidade.
Então diz aos servos: As bodas, na verdade, estão preparadas, mas os convidados não eram dignos.
Ide, pois, às saídas dos caminhos, e convidai para as bodas a todos os que encontrardes.
E os servos, saindo pelos caminhos, ajuntaram todos quantos encontraram, tanto maus como bons; e a festa nupcial foi cheia de convidados.
E o rei, entrando para ver os convidados, viu ali um homem que não estava trajado com veste de núpcias.
E disse-lhe: Amigo, como entraste aqui, não tendo veste nupcial? E ele emudeceu.
Disse, então, o rei aos servos: Amarrai-o de pés e mãos, levai-o, e lançai-o nas trevas exteriores; ali haverá pranto e ranger de dentes.
Porque muitos são chamados, mas poucos escolhidos.
Então, retirando-se os fariseus, consultaram entre si como o surpreenderiam nalguma palavra;
E enviaram-lhe os seus discípulos, com os herodianos, dizendo: Mestre, bem sabemos que és verdadeiro, e ensinas o caminho de Deus segundo a verdade, e de ninguém se te dá, porque não olhas a aparência dos homens.
Dize-nos, pois, que te parece? É lícito pagar o tributo a César, ou não?
Jesus, porém, conhecendo a sua malícia, disse: Por que me experimentais, hipócritas?
Mostrai-me a moeda do tributo. E eles lhe apresentaram um dinheiro.
E ele diz-lhes: De quem é esta efígie e esta inscrição?
Dizem-lhe eles: De César. Então ele lhes disse: Dai pois a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus.
E eles, ouvindo isto, maravilharam-se, e, deixando-o, se retiraram.
No mesmo dia chegaram junto dele os saduceus, que dizem não haver ressurreição, e o interrogaram,
Dizendo: Mestre, Moisés disse: Se morrer alguém, não tendo filhos, casará o seu irmão com a mulher dele, e suscitará descendência a seu irmão.
Ora, houve entre nós sete irmãos; e o primeiro, tendo casado, morreu e, não tendo descendência, deixou sua mulher a seu irmão.
Da mesma sorte o segundo, e o terceiro, até ao sétimo;
Por fim, depois de todos, morreu também a mulher.
Portanto, na ressurreição, de qual dos sete será a mulher, visto que todos a possuíram?
Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus.
Porque na ressurreição nem casam nem são dados em casamento; mas serão como os anjos de Deus no céu.
E, acerca da ressurreição dos mortos, não tendes lido o que Deus vos declarou, dizendo:
Eu sou o Deus de Abraão, o Deus de Isaque, e o Deus de Jacó? Ora, Deus não é Deus dos mortos, mas dos vivos.
E, as turbas, ouvindo isto, ficaram maravilhadas da sua doutrina.
E os fariseus, ouvindo que ele fizera emudecer os saduceus, reuniram-se no mesmo lugar.
E um deles, doutor da lei, interrogou-o para o experimentar, dizendo:
Mestre, qual é o grande mandamento na lei?
E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento.
Este é o primeiro e grande mandamento.
E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.
Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas.
E, estando reunidos os fariseus, interrogou-os Jesus,
Dizendo: Que pensais vós do Cristo? De quem é filho? Eles disseram-lhe: De Davi.
Disse-lhes ele: Como é então que Davi, em espírito, lhe chama Senhor, dizendo:
Disse o Senhor ao meu Senhor:Assenta-te à minha direita,Até que eu ponha os teus inimigos por escabelo de teus pés?
Se Davi, pois, lhe chama Senhor, como é seu filho?
E ninguém podia responder-lhe uma palavra; nem desde aquele dia ousou mais alguém interrogá-lo.

quarta-feira, 18 de julho de 2018

PEC da educação


(Do Site UAI - EM)
Aprovada em 1º turno nessa terça-feira (17), a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 49), que obriga o governo de Minas a pagar o piso da educação em Minas Gerais, não vai significar o pagamento imediato do que é devido à categoria. Como admitiram nesta quarta-feira (18) o próprio autor da proposta, deputado Rogério Correia, e o líder do governo Durval Ângelo, ambos do PT, os servidores só terão os valores reajustados no contracheque quando a situação fiscal e financeira do estado permitir. 
A PEC insere na Constituição a obrigação de o estado pagar o piso nacional em Minas, que hoje é de R$ 2.455,35 para 40 horas. Em Minas, o salário incial para professor pela jornada de 24h é de 1982,54 acrescido de um abono de R$ 153,10 que está sendo pago e será incorporado. Para os auxiliares da educação básica o piso é de R$ 1.128,76 por 30 horas por semana.
Em Minas, já existe lei desde 2015 pela qual o governo havia se comprometido a pagar o piso a partir de 2017 e aplicar todos os reajustes que fossem concedidos posteriormente, mas isso não ocorreu. 

Com a nova PEC, os governistas dizem que a aplicação do piso em Minas para a jornada de 24 horas passa a ser automática. Porém, questionados se o governo já iniciaria os pagamentos, eles admitiram a condicionante. 

“Não significa que vai ser pago imediatamente por causa da situação financeira de Minas, mas o estado saindo da calamidade e retornando aos limites da Lei de Responsabilidade Fiscal está obrigado ao pagamento do piso automaticamente, sem precisar de lei específica”, afirmou o deputado Rogério Correia (PT), autor da PEC. 

Sem autorização para reajustes


O líder do governo Durval Ângelo também alegou que o estado não pode reajustar os salários da educação por ter estourado o limite  para gasto com pessoal fixado pela Lei de Responsabilidade Fiscal. “Não podemos dar aumento só com a PEC sendo votada porque não temos como ultrapassar os limites da LRF”, reforçou.

A PEC foi aprovada em primeiro turno definindo que o piso será pago em Minas para a jornada de 24 horas. A lei de 2015 dependia da edição de lei para fazer vigorar o piso. A atual, segundo os deputados, tem aplicação automática. 

Segundo Rogério Correia, outra diferença é que, por ser uma regra prevista na Constituição, o quorum para futuras modificações é mais alto. Em vez dos 39 presentes necessários para mudar lei ordinária serão necessários 49 para votar uma PEC. “A PEC 49 inclui oito carreiras da educação e não só as de professor e especialista, como a legislação federal. Respeitamos a jornada de 24 horas e estabelecemos isso na Constituição, o que significa que para qualquer alteração será preciso dois terços do parlamento”, disse. 


Ficou devendo



Correia afirmou que o governador Fernando Pimentel não enviou as propostas de reajustes esperadas para 2017 e 2018, conforme a lei de 2015 fixava. Segundo ele, o governo “ficou devendo por falta de recursos”.

Depois da aprovação da PEC em primeiro turno, o diretor do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (SindUte), Paulo Henrique Santos Fonseca, gravou vídeo dizendo que foi uma “importante conquista” e afirmando que os trabalhadores da educação estarão na segunda-feira 23) à noite no plenário para acompanhar o segundo turno de votação.

A oposição avisou que vai apresentar, na segunda-feira, emenda de segundo turno ao projeto exigindo que o governo pague os valores retroativos a 2017 e 2018 relativos ao piso. Com isso, o texto volta para análise de Comissão Especial para nova análise. 

O autor da PEC, deputado Rogério Correia, no entanto, disse que a emenda determinando o pagamento retroativo seria inconstitucional, por criar obrigações orçamentárias para o estado na Constituição.

sexta-feira, 13 de julho de 2018

Reflexão da sexta-feira/O Leão e o Ratinho


Certo dia, estava um Leão a dormir a sesta quando um ratinho começou a correr por cima dele. O Leão acordou, pôs-lhe a pata em cima, abriu a bocarra e preparou-se para o engolir.

- Perdoa-me! - gritou o ratinho - Perdoa-me desta vez e eu nunca o esquecerei. Quem sabe se um dia não precisarás de mim?

O Leão ficou tão divertido com esta ideia que levantou a pata e o deixou partir.

Dias depois o Leão caiu numa armadilha. Como os caçadores o queriam oferecer vivo ao Rei, amarraram-no a uma árvore e partiram à procura de um meio para o transportarem.

Nisto, apareceu o ratinho. Vendo a triste situação em que o Leão se encontrava, roeu as cordas que o prendiam.

E foi assim que um ratinho pequenino salvou o Rei dos Animais.

Moral da história: Não devemos subestimar os outros.

quarta-feira, 11 de julho de 2018

Em dia com a Bíblia/Mateus 21


E, quando se aproximaram de Jerusalém, e chegaram a Betfagé, ao Monte das Oliveiras, enviou, então, Jesus dois discípulos, dizendo-lhes:
Ide à aldeia que está defronte de vós, e logo encontrareis uma jumenta presa, e um jumentinho com ela; desprendei-a, e trazei-mos.
E, se alguém vos disser alguma coisa, direis que o Senhor os há de mister; e logo os enviará.
Ora, tudo isto aconteceu para que se cumprisse o que foi dito pelo profeta, que diz:
Dizei à filha de Sião: Eis que o teu Rei aí te vem,Manso, e assentado sobre uma jumenta,E sobre um jumentinho, filho de animal de carga.
E, indo os discípulos, e fazendo como Jesus lhes ordenara,
Trouxeram a jumenta e o jumentinho, e sobre eles puseram as suas vestes, e fizeram-no assentar em cima.
E muitíssima gente estendia as suas vestes pelo caminho, e outros cortavam ramos de árvores, e os espalhavam pelo caminho.
E a multidão que ia adiante, e a que seguia, clamava, dizendo: Hosana ao Filho de Davi; bendito o que vem em nome do Senhor. Hosana nas alturas!
E, entrando ele em Jerusalém, toda a cidade se alvoroçou, dizendo: Quem é este?
E a multidão dizia: Este é Jesus, o profeta de Nazaré da Galiléia.
E entrou Jesus no templo de Deus, e expulsou todos os que vendiam e compravam no templo, e derribou as mesas dos cambistas e as cadeiras dos que vendiam pombas;
E disse-lhes: Está escrito: A minha casa será chamada casa de oração; mas vós a tendes convertido em covil de ladrões.
E foram ter com ele no templo cegos e coxos, e curou-os.
Vendo, então, os principais dos sacerdotes e os escribas as maravilhas que fazia, e os meninos clamando no templo: Hosana ao Filho de Davi, indignaram-se,
E disseram-lhe: Ouves o que estes dizem? E Jesus lhes disse: Sim; nunca lestes: Pela boca dos meninos e das criancinhas de peito tiraste o perfeito louvor?
E, deixando-os, saiu da cidade para Betânia, e ali passou a noite.
E, de manhã, voltando para a cidade, teve fome;
E, avistando uma figueira perto do caminho, dirigiu-se a ela, e não achou nela senão folhas. E disse-lhe: Nunca mais nasça fruto de ti! E a figueira secou imediatamente.
E os discípulos, vendo isto, maravilharam-se, dizendo: Como secou imediatamente a figueira?
Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: Em verdade vos digo que, se tiverdes fé e não duvidardes, não só fareis o que foi feito à figueira, mas até se a este monte disserdes: Ergue-te, e precipita-te no mar, assim será feito;
E, tudo o que pedirdes em oração, crendo, o recebereis.
E, chegando ao templo, acercaram-se dele, estando já ensinando, os príncipes dos sacerdotes e os anciãos do povo, dizendo: Com que autoridade fazes isto? e quem te deu tal autoridade?
E Jesus, respondendo, disse-lhes: Eu também vos perguntarei uma coisa; se ma disserdes, também eu vos direi com que autoridade faço isto.
O batismo de João, de onde era? Do céu, ou dos homens? E pensavam entre si, dizendo: Se dissermos: Do céu, ele nos dirá: Então por que não o crestes?
E, se dissermos: Dos homens, tememos o povo, porque todos consideram João como profeta.
E, respondendo a Jesus, disseram: Não sabemos. Ele disse-lhes: Nem eu vos digo com que autoridade faço isto.
Mas, que vos parece? Um homem tinha dois filhos, e, dirigindo-se ao primeiro, disse: Filho, vai trabalhar hoje na minha vinha.
Ele, porém, respondendo, disse: Não quero. Mas depois, arrependendo-se, foi.
E, dirigindo-se ao segundo, falou-lhe de igual modo; e, respondendo ele, disse: Eu vou, senhor; e não foi.
Qual dos dois fez a vontade do pai? Disseram-lhe eles: O primeiro. Disse-lhes Jesus: Em verdade vos digo que os publicanos e as meretrizes entram adiante de vós no reino de Deus.
Porque João veio a vós no caminho da justiça, e não o crestes, mas os publicanos e as meretrizes o creram; vós, porém, vendo isto, nem depois vos arrependestes para o crer.
Ouvi, ainda, outra parábola: Houve um homem, pai de família, que plantou uma vinha, e circundou-a de um valado, e construiu nela um lagar, e edificou uma torre, e arrendou-a a uns lavradores, e ausentou-se para longe.
E, chegando o tempo dos frutos, enviou os seus servos aos lavradores, para receber os seus frutos.
E os lavradores, apoderando-se dos servos, feriram um, mataram outro, e apedrejaram outro.
Depois enviou outros servos, em maior número do que os primeiros; e eles fizeram-lhes o mesmo.
E, por último, enviou-lhes seu filho, dizendo: Terão respeito a meu filho.
Mas os lavradores, vendo o filho, disseram entre si: Este é o herdeiro; vinde, matemo-lo, e apoderemo-nos da sua herança.
E, lançando mão dele, o arrastaram para fora da vinha, e o mataram.
Quando, pois, vier o senhor da vinha, que fará àqueles lavradores?
Dizem-lhe eles: Dará afrontosa morte aos maus, e arrendará a vinha a outros lavradores, que a seu tempo lhe dêem os frutos.
Diz-lhes Jesus: Nunca lestes nas Escrituras:A pedra, que os edificadores rejeitaram,essa foi posta por cabeça do ângulo;pelo Senhor foi feito isto,E é maravilhoso aos nossos olhos?
Portanto, eu vos digo que o reino de Deus vos será tirado, e será dado a uma nação que dê os seus frutos.
E, quem cair sobre esta pedra, despedaçar-se-á; e aquele sobre quem ela cair ficará reduzido a pó.
E os príncipes dos sacerdotes e os fariseus, ouvindo estas palavras, entenderam que falava deles;
E, pretendendo prendê-lo, recearam o povo, porquanto o tinham por profeta.



Vixe!

O policial pergunta para oWaldim, filho do Geriowaldo (herói da Badia):
- Onde você mora?
- Com meus pais - responde o menino.
- Onde seus pais moram?
- Comigo.
- Onde vocês todos moram?
- Juntos.
- Onde é sua casa?
- Ao lado da casa dos meus vizinhos.
- Onde moram seus vizinhos?
- Se eu te disser, você não vai acreditar.
- Diga.
- Do lado da minha casa.

Publicações recentes do Poder Público Municipal

10/07
PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG: Contrato nº 033/2018 que entre si celebram o Município de Martinho Campos e a empresa CONCEIÇÃO MATIAS - ME, no valor global de R$ 38.150,00 (Trinta e Oito Mil e Cento e Cinquenta Reais). Referente ao Processo Licitatório nº 042/2018 Pregão Presencial nº 029/2018. José Hailton de Freitas – Prefeito Municipal.

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG. Termo de Homologação. Processo Licitatório n° 046/2018 Pregão Presencial nº 031/2018. Objeto: Adesão a Ata de Registro de Preços nº 42/2018 Pregão Eletrônico nº 145/2017 do Município de Vila Velha/ES para Aquisição de Conjunto de Artefatos Lúdicos para Educação Infantil e Ensino Fundamental Anos Iniciais. Empresa: Lúdica Comércio de Brinquedos Eireli – ME. José Hailton de Freitas – Prefeito Municipal.

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG. Contrato nº 027/2018. Pregão Presencial nº 031/2018 Processo Licitatório nº 046/2018. Objeto: Adesão a Ata de Registro de Preços nº 42/2018 Pregão Eletrônico nº 145/2017 do Município de Vila Velha/ES. Empresa: Lúdica Comércio de Brinquedos Eireli – ME. Valor R$ 36.763,28. José Hailton de Freitas – Prefeito Municipal.

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG Termo de Homologação ao Processo Licitatório n° 037/2018 Pregão Presencial RP nº 026/2018 para Registro de Preços Para Futura e Eventual Aquisição de Marmitex e Comida a Quilo Para Atender as Necessidades das Diversas Secretarias Municipais com a empresa vencedora do certame: CONCEIÇÃO MATIAS - ME. José Hailton de Freitas – Prefeito Municipal. PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG: Termo de Homologação ao Processo Licitatório n° 042/2018 Pregão Presencial nº 029/2018 para Contratação de Empresa Para Prestação de Serviço de Hospedagem no Município de Martinho Campos Para Atender Às Diversas Secretarias Municipais com a empresa vencedora do certame: CONCEIÇÃO MATIAS - ME. José Hailton de Freitas – Prefeito Municipal. 

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG: Ata de Registro de Preços nº 070/2018 firmada com a empresa CONCEIÇÃO MATIAS - ME no valor global de R$ 23.440,00 (Vinte e Três Mil e Quatrocentos e Quarenta Reais), referente ao Processo Licitatório nº 037/2018 Pregão Presencial RP nº 026/2018. José Hailton de Freitas – Prefeito Municipal. 


11/07
PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG. Aviso de Licitação. Tomada de Preços nº 006/2018 Processo Licitatório nº 049/2018. Objeto: Contratação de empresa especializada em construção civil para execução da obra de reforma da Praça localizada na rua José Cançado, no Distrito de Albert Isaacson. Data da sessão: 02 de Agosto de 2018 ás 9:00 horas. O edital e seus anexos estão disponíveis no site www.martinhocampos.mg.gov.br. Maiores informações: (37)3524-1273. Eder Jofre.

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG: Contrato nº 026/2018 que entre si celebram o Município de Martinho Campos e a empresa LOKIMÓVEIS IMOBILIÁRIA LTDA, no valor global de R$ 10.920,00 (Dez Mil Novecentos e Vinte Reais). Referente Processo Licitatório nº 041/2018 Pregão Presencial nº 028//2018. José Hailton de Freitas – Prefeito Municipal. 

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/ MG: Contrato nº 028/2018 que entre si celebram o Município de Martinho Campos e a empresa NOGUEIRAS PRODUÇÕES, no valor global de R$3.000,00 (Três Mil reais). Referente à Contratação da Dupla FELIPE NOGUEIRA E ALEXANDRE para realização show artístico no Evento Forró na Praça 2018 no dia 20 de Julho de 2018. José Hailton de Freitas – Prefeito Municipal. 

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/ MG: Contrato nº 029/2018 que entre si celebram o Municí- pio de Martinho Campos e o Contratado ISAÍAS DA LUZ NÓBREGA, no valor global de R$1.300,00 (Um Mil e Tre- zentos Reais). Referente à Contratação da Dupla ISAC E ISAÍAS para realização show artístico no Evento Forró na Praça 2018 no dia 22 de Julho de 2018. José Hailton de Freitas – Prefeito Municipal. 

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/ MG: Contrato nº 030/2018 que entre si celebram o Município de Martinho Campos e o Contratado GILVAN FELIPE DE ALMEIDA MELO, no valor global de R$2.500,00 (Dois Mil e Quinhentos Reais). Referente à Contratação de GILVAN FELIPE E BANDA para realização show artístico no Evento Forró na Praça 2018 no dia 19 de Julho de 2018. José Hailton de Freitas – Prefeito Municipal.

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG: Contrato nº 031/2018 que entre si celebram o Município de Martinho Campos e a empresa CHAMA CHUVA PRODUÇÕES LTDA, no valor global de R$ 10.000,00 (Dez Mil Reais). Referente Processo Licitatório nº 045/2018 Inexigibilidade nº 005/2018. José Hailton de Freitas – Prefeito Municipal. 

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/ MG: Contrato nº 032/2018 que entre si celebram o Município de Martinho Campos e a empresa SANTA NOVA EIRELI, no valor global de R$ 42.482,00 (Quarenta e Dois Mil Quatrocentos e Oitenta e Dois Reais). Referente Processo Licitatório nº 039/2018 Carta Convite nº 002/2018. José Hailton de Freitas – Prefeito Municipal. 10 cm -10 1119840 - 1 PREFEITURA MUNICIPAL DE 

MARTINHO CAMPOS/MG: TERMO DE RATIFICAÇÃO. Processo Licitatório nº 048/2018 Dispensa de Licitação nº 004/2018. Objeto: Contratação de Empresa Especializada Para Prestação de Serviço de Micro Cirurgia Para Descompressão Medu- lar no Paciente o Sr. José Antônio de Oliveira. Empresa: NEUROCORDIS SOCIEDADE SIMPLES-EPP. Valor R$ 20.304,56 (Vinte Mil Trezentos e Quatro Reais e Cin- quenta Seis Centavos ). José Hailton de Freitas - Prefeito Municipal.

sexta-feira, 6 de julho de 2018

Reflexão da sexta-feira

Certo dia, um homem estava no quintal de sua casa e observou um casulo pensurado numa árvore. Curioso, o homem ficou admirando aquele casulo durante um longo tempo.

Ele via que a borboleta fazia um esforço enorme para tentar sair através de um pequeno buraco, sem sucesso. Depois de algum tempo, a borboleta parecia que tinha desistido de sair do casulo, as suas forças haviam se esgotado.

O homem, vendo a aflição dela para querer sair resolveu ajudá-la: pegou uma tesoura e cortou o restante do casulo para libertar a borboleta. A borboleta saiu facilmente, mas seu corpo estava murcho e as suas asas amassadas. 

O homem, feliz por ajudá-la a sair, ficou esperando o momento em que ela fosse abrir as asas e sair voando, mas nada aconteceu. A borboleta passou o resto da sua vida com as asas encolhidas e rastejando o seu corpo murcho. Nunca foi capaz de voar…

O homem então compreendeu que o casulo apertado e o esforço da borboleta para conseguir sair de lá, eram necessários para que o fluido do corpo da borboleta fosse para as suas asas para fortalecê-las e ela poder voar assim que se libertasse do casulo.

Moral da história: às vezes o esforço é necessário para o nosso crescimento e fortalecimento.

quinta-feira, 5 de julho de 2018

Prefeitura repassa verba ao Asilo e à APAE.

A prefeitura de Martinho Campos, de acordo com a legislação vigente e, atendendo ao apelo social de nossas entidades, repassou verbas de R$25.000,00 para a APAE e para o Asilo Vicentino do município.
Tais verbas são para o incremento das ações realizadas por estas instituições que tanto trabalham em prol de nossos munícipes.
Veja na íntegra as publicações de tal feito no Diário oficial do Estado.


PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG. Termo de Fomento nº 001/2018 celebrado entre o Município de Martinho Campos/MG e a APAE de Martinho Campos. Objeto: Concessão de subvenção à APAE para incremento da oferta de serviços socioassistenciais, nos termos da Lei Municipal nº 1.990, de 08/07/2018 e art. 31 da Lei Federal nº 13.019/2014. Valor: R$ 25.000,00. Data de formalização: 03/07/2018. José Hailton de Freitas – Prefeito Municipal. 

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARTINHO CAMPOS/MG. Termo de Fomento nº 002/2018 celebrado entre o Município de Martinho Campos/MG e o Asilo Vicentino de Martinho Campos. Objeto: Concessão de subvenção ao Asilo para incremento na manutenção dos serviços de acolhimento institucional, nos termos da Lei Municipal nº 1.990, de 08/07/2018 e art. 31 da Lei Federal nº 13.019/2014. Valor: R$ 25.000,00. Data de formalização: 03/07/2018. José Hailton de Freitas – Prefeito Municipal.

segunda-feira, 2 de julho de 2018

Nossos 80 anos de emancipação política....

Martinho Campos completa em Dezembro próximo 80 anos de emancipação política, ocasião que nos desligamos de Pitangui e tomamos rumo próprio. De lá até aqui foram tempos de construção e desenvolvimento, sem largar mão das tradições de nosso tão festivo povo.
Neste ano, que o município adquire uma maioridade política e intelectual, vamos comemorar durante todo o período até a culminância no dia 17 de dezembro, data de aniversário da cidade.


A prefeitura lançou o selo comemorativo que já é um grande sucesso. Teremos ainda muito mais atividades afins sobre os 80 anos de Martinho Campos.
Agora em julho teremos o 35º Forró Na Praça, evento tradicionalíssimo de nossas Minas Gerais. 
Todos martinho-campenses convidam os irmãos da região e dos quatro cantos do país para festejarmos, com danças típicas (principalmente o forró), comidas e muita animação entre os dias 14 e 22 .


E viva Martinho Campos!