abadiaemfoco

sábado, 31 de agosto de 2013

Momento "Remember"

Mais um sábado animado em nossa bela terra. Um dia especial já que hoje termina agosto e amanhã começa o mês das flores. Por isso selecionei dois sucessos do passado para relembrarmos os maravilhosos setembros de nossas vidas. Aproveitem, saudade não tem idade e nem hora para acontecer.....

Agora a nacional





sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Reflexão da sexta-feira/A paz


“Certa vez houve um concurso de pintura e o primeiro lugar seria dado ao quadro que melhor representasse a paz.
Ficaram, dentre muitos, três finalistas igualmente empatados.
O primeiro retratava uma imensa pastagem com lindas flores e borboletas que bailavam no ar acariciadas por uma brisa suave.
O segundo mostrava pássaros a voar sob nuvens brancas como a neve em meio ao azul anil do céu.
O terceiro mostrava um grande rochedo sendo açoitado pela violência das ondas do mar em meio a uma tempestade estrondosa e cheia de relâmpagos.
Mas para surpresa e espanto dos finalistas, o escolhido foi o terceiro quadro, o que retratava a violência das ondas contra o rochedo.
Indignados, os dois pintores que não foram escolhidos, questionaram o juiz que deu o voto de desempate:
- Como este quadro tão violento pode representar a paz, Sr. Juiz?
E o juiz, com uma serenidade muito grande no olhar, disse:
- Vocês repararam que em meio à violência das ondas e à tempestade há, numa das fendas do rochedo, um passarinho com seus filhotes dormindo tranquilamente?
E os pintores sem entender responderam: sim, mas...
Antes que eles concluíssem a frase, o juiz ponderou:
- Caros amigos, a verdadeira paz é aquela que mesmo nos momentos mais difíceis nos permite repousar tranquilos.
Talvez muitas pessoas não consigam entender como pode reinar a paz em meio à tempestade, mas não é tão difícil de entender.
Considerando que a paz é um estado de espírito podemos concluir que, se a consciência está tranquila, tudo à volta pode estar em revolução que conseguiremos manter nossa serenidade.
Fazendo uma comparação com o quadro vencedor, poderíamos dizer que o ninho do pássaro que repousava serenamente com seus filhotes, representa a nossa consciência.
A consciência é um refúgio seguro, quando nada tem que nos reprove. E também pode acontecer o contrário: tudo à volta pode estar tranqüilo e nossa consciência arder em chamas.
A consciência, portanto, é um tribunal implacável, do qual não conseguiremos fugir, porque está em nós.
É ela que nos dará possibilidades de permanecer em harmonia íntima, mesmo que tudo à volta ameace desmoronar, ou acuse sinais de perigo solicitando correção.

Sendo assim, concluiremos que a paz não será implantada por decretos nem por ordens exteriores, mas será conquista individual de cada criatura, portas à dentro da sua intimidade”. 

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Pagando sem receber o serviço completo....

Leia o trecho da reportagem do jornal "O Tempo" de quarta-feira passada:

"As prefeituras de Montes Claros, no Norte de Minas, e Sabará, na Grande Belo Horizonte, acusam a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) de não cumprir os contratos de tratamento de esgoto com os municípios. Em Sabará, na região metropolitana de Belo Horizonte, há uma cobrança de taxa por um serviço não prestado. A alegação é da prefeitura da cidade, que notificou a companhia solicitando a suspensão da cobrança pelo tratamento de esgoto. A taxa, cobrada desde julho, é de 50% sobre o valor da conta de água."
Descaso. Somente 36% do esgoto gerado nas cidades recebe tratamento; o restante é despejado no meio ambiente, contaminando solo, rios, mananciais e praias
Você amigo martinho-campense não notou nada de similar com nossa situação no que diz respeito ao esgoto de nossa cidade? Pois é! A mesma coisa acontece por aqui onde o tratamento de esgoto ainda não está completo e a Copasa cobra pelo serviço.
Não existem ainda as ETEs e nosso esgoto (como já falei milhares de vezes) está indo para os leitos do córrego do Bambé  e do Rio Picão, ambos afluentes do Velho Chico, Rio da Integração Nacional.
E o poder público municipal podia, ao menos, exigir que a Copasa pare de cobrar pelo que não é realizado. Mas parece que não conhecem o problema e aí, meu amigo, quem paga a conta somos nós.
Mais uma vez peço aos leitores e cidadãos atuantes de nossa cidade que cobrem dos políticos eleitos de nosso município providências quanto ao assunto, senão um dia teremos um rio Tietê aqui em Martinho Campos e ainda pagando caro por isso!

Córrego do Bambé

Galo sai da Copa do Brasil por causa de apito...

Mais uma vez saímos da competição nacional (Copa do Brasil) por causa de arbitragem ruim e duvidosa. O senhor Wilton Sampaio, diga-se de passagem, fez uma lambança com o apito, no jogo de quarta, a favor do Botafogo e foi o principal responsável pelo placar de 2x2 no Horto. Todos se revoltaram: os jogadores e até o presidente Kalil pela falta de critérios e a não marcação de pênaltis para o Alvinegro campeão da Libertadores. Além de ter evitado dar o cartão vermelho ao zagueiro que interceptou o Fernandinho quando esse ia marcar um gol para o Galo. Uma vergonha o apito deste sujeito (acho que ele deveria apitar somente as peladas organizadas pelos diretores da CBF).

Atleticanos ficaram muito revoltados com árbitro Wilton Pereira Sampaio; Kalil também protestou (Rodrigo Clemente/EM/D.A Press)

Não quero tirar o mérito do Bota, que a meu ver será o campeão. Mas a verdade tem que ser dita: perdemos por causa do apito.
O foco agora é o Brasileirão. Vamos arrancar para tentar assumir a ponta da competição. O time do Galo é candidato sim às melhores posições do certame e nós acreditamos muito no futebol do Atlético Mineiro, melhor time da América neste ano!
Parabéns ao elenco do time e à diretoria que fazem de tudo para buscarem as vitórias e fazem com que o futebol seja bonito e alegre aqui nas Gerais.



quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Qual o seu nome pirata?

Você amigo internauta que curte um filme de Piratas, você que é fascinado pelas águas do mar...., você que se inspira num navio de velas.... veja como você seria chamado se fosse um pirata....


Prazer, sou Walkíria baiacu do capeta kkkkkkkkkkkkkkkkk

terça-feira, 27 de agosto de 2013

De Ibitira para o mundo


Celeiro de grandes artistas, Ibitira mostra mais uma dupla  da música sertaneja que desponta para o mundo. Em primeira mão amostra do som dos jovens Wallace e Danilo. A música "Por você" já estrá sendo acessada pelo canal youtube e promete ser um grande sucesso.
Nossa cidade realmente é um canteiro fértil de jovens artistas. Coloquei este vídeo no blog e num instante várias pessoas me mandaram mensagens perguntando sobre os "meninos" de Ibitira. Parabéns pela iniciativa e que essa primeira porteira aberta seja a precursora de um caminho repleto de sucessos ao longo do tempo.
O abadiaemfoco curtiu e compartilhou!

Acesse o link abaixo e veja o som da dupla:



Salmo 51


1. Ao mestre de canto. Hino de Davi.
2. Quando Doeg, o idumeu, veio dizer a Saul: Davi entrou na casa de Aquimelec.
3. Por que te glorias de tua malícia, ó infame prepotente?
4. Continuamente maquinas a perdição; tua língua é afiada navalha, tecedora de enganos.
5. Tu preferes o mal ao bem, a mentira à lealdade.
6. Só gostas de palavras perniciosas, ó língua pérfida!
7. Por isso Deus te destruirá, há de te excluir para sempre; ele te expulsará de tua tenda, e te extirpará da terra dos vivos.
8. Vendo isto, tomados de medo, os justos zombarão de ti, dizendo:
9. Eis o homem que não tomou a Deus por protetor, mas esperou na multidão de suas riquezas e se prevaleceu de seus próprios crimes.
10. Eu sou, porém, como a virente oliveira na casa de Deus: confio na misericórdia de Deus para sempre.
11. Louvar-vos-ei eternamente pelo que fizestes e cantarei vosso nome, na presença de vossos fiéis, porque é bom.

Morte no Rio Pará


Notícia extraída do Blog do parceiro Experidião Porto:


O Corpo de bombeiro de Curvelo resgatou nesta segunda um homem que se afogou durante um acampamento no rio Pará. Valter José da Silva teria saído para nadar no rio e se afogado, depois de mais de 20 horas de busca o corpo foi encontrado pelos bombeiros.
veja o vídeo.


segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Algumas palavras sobre os médicos "importados"


Não entendo o porquê de tamanha problemática levantada pelos profissionais da saúde do Brasil quanto ao programa mais médicos do governo federal, com a importação de alguns milhares de médicos estrangeiros para cuidar da saúde dos brasileiros das áreas mais carentes do país.
Ora, se não tem como ir um médico formado na UFMG, nas federais dos outros estados para os rincões mais esquecidos do Brasil por que será que não podemos mandar um cubano ou um argentino para estes lugares e dar um atendimento às famílias?
Não é uma incoerência os médicos brasileiros rejeitarem essa medida? Já que não podem ir que pelo menos exista alguém especializado que vá!
Impressiona-me o parecer dos médicos, sendo que um deles (segundo li numa reportagem) disse "que orientaria os médicos brasileiros a não socorrerem erros dos colegas cubanos." Ora, isso é realmente um absurdo, pois negar socorro a qualquer brasileiro seria um atentado violento ao código de Ética Médica.
Sofremos muito com a falta de médicos no interior. Isso se pode ver na maioria das cidades mineiras. Há lugares que não tem um médico sequer. Aqui em Martinho Campos o poder público, a sociedade e a fundação Odilon Andrade fazem o possível para atenderem a população, mas sabemos de alguns vizinhos aqui do centro-oeste mineiro que estão passando por maus momentos quanto à saúde.
Não sou partidário do PT, nem quero tecer comentários aludindo à política, todavia temos que parabenizar a iniciativa, pois seria um meio a mais de melhorar nossa saúde.
Entendo também que os médicos brasileiros tenham sua razão ao questionarem esse assunto, bem como entendo que tal medida governamental não consertará o rombo existente na saúde brasileira que passa da falta de médicos. Faltam instalações adequadas, faltam hospitais, faltam leitos e, às vezes, faltam até macas. Mas é uma medida que talvez dê certo!
Sonho  um dia ver a saúde brasileira funcionando em todos os níveis, mas para isso acontecer precisamos primeiro moralizar nossa política.

sábado, 24 de agosto de 2013

Para curtir no sábado...momento nostalgia

Mais um sábado de animação em Martinho Campos. Desta vez a festa é lá no Buriti Grande. Festa de Santa Rosa de Lima.
Participei de muitas festas lá. E numa delas passavam estas músicas...

agora a nacional...


sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Reflexão da sexta-feira/Família


Eu estava correndo e de repente um estranho trombou em mim:
- "Oh, me desculpe por favor", foi a minha reação.
E ele disse:
- "Ah, desculpe-me também, eu simplesmente nem te vi!"
Nós fomos muito educados um com o outro, aquele estranho e eu.
Então, nos despedimos e cada um foi pro seu lado.
Mas em nossa casa, acontecem histórias diferentes.
Como nós tratamos aqueles que amamos...???
Mais tarde naquele dia, eu estava fazendo o jantar e meu filho parou do meu lado tão em silêncio que eu nem percebi. Quando eu me virei, tomei o maior susto e lhe dei uma bronca.
"Saia do meu caminho filho!"
E eu disse aquilo com certa braveza.
E ele foi embora, certamente com seu pequeno coração partido.
Eu nem imaginava como havia sido rude com ele.
Quando eu fui me deitar, eu podia ouvir a voz calma e doce de Deus me dizendo:
- "Quando falava com um estranho, quanta cortesia você usou! Mas com seu filho, a criança que você ama, você nem sequer se preocupou com isso! Olhe no chão da cozinha, você verá algumas flores perto da porta. São flores que ele trouxe pra você. Ele mesmo as pegou; a cor-de-rosa, a amarela e a azul. Ele ficou quietinho para não estragar a surpresa e você nem viu as lágrimas nos olhos dele."
Nesse momento, eu me senti muito pequena.
E agora, o meu coração era quem derramava lágrimas.
Então eu fui até a cama dele e ajoelhei ao seu lado.
- "Acorde filhinho, acorde. Estas são as flores que você pegou pra mim?"
Ele sorriu:
- "Eu as encontrei embaixo da árvore. Eu as peguei porque as achei tão bonitas como você! Eu sabia que você iria gostar, especialmente da azul."
Eu disse:
- "Filho, eu sinto muito pela maneira como agi hoje. Eu não devia ter gritado com você daquela maneira."
- "Ah mamãe, não tem problema, eu te amo mesmo assim!!"
- "Filho, eu também te amo. E eu adorei as flores, especialmente a azul."
Você já parou pra pensar que, se morrermos amanhã, a empresa para qual trabalhamos poderá facilmente nos substituir em uma questão de dias.
Mas as pessoas que nos amam, a família que deixamos para trás, sentirão essa perda para o resto de suas vidas.
E nós raramente paramos pra pensar nisso.
Às vezes colocamos nosso esforço em coisas muito menos importantes que nossa família, que as pessoas que nos amam, e não nos damos conta do que realmente estamos perdendo.
Perdemos o tempo de sermos carinhosos, de dizer um "Eu te amo", de dizer um "Obrigado", de dar um sorriso, ou de dizer o quanto cada pessoa é importante pra nós.
Ao invés disso, muitas vezes agimos com rudeza, e não percebemos o quanto isso machuca os nossos queridos.

A família é o nosso maior bem!!!

Revista ÓiaBadia/Seu canal de notícias, ou não!

Aeroporto internacional de Martinho Campos Abadia aberto para pouso e decolagens. Nenhum voo com atraso nesta manhã!
Partidas e chegadas de ônibus, no terminal rodoviário, também continuam na maior normalidade.

Não foi desta vez que recebemos a visita da presidente do Brasil em nossa cidade. Apesar dela ter ido a cidade histórica de São João Del Rei, a visita aqui em Martinho Campos não foi confirmada.


Clima na "Badia" continua ameno. Ventos fortes vindo da baixada do Picão fazem o tempo parecer frio em alguns bairros da cidade. Tempo bom para soltar papagaios e pipas (mas não use cerol).

Futebol - Clássico da multidões, acontecido no Gigante da Cadeia Véia (campo do Abadia) ficou no círculo a círculo (0x0). Torcida do União compareceu em massa, mas não foi suficiente para arrancar um bom resultado do Abadia que segue firme na competição.

Rede de esgoto continua na fossa, mas já há sinais de conclusão da obra. Aguardamos...

Projeto de iniciativa popular prevê a construção do metrô da Badia que irá ligar o centro da cidade aos bairros do tira-saias e sossego estendendo-se até Ibitira, Alberto Isaacson e Velho do Taipa. Idealizadores dizem que verba será tirada da venda de chup-chups e chupetas de rapadura.

Festa do Buriti Grande se aproxima. Neste ano teremos uma novidade: cortaram os eucaliptos da entrada!

Ibitira vai sediar o campeonato intermunicipal de bolhas de sabão. Equipe local se prepara e promete ganhar medalhas.

Abadiaemfoco ganha prêmio como blog mais abadiense da "Badia".

Especialistas advertem: nesta época de manga evitem comer a fruta verde, pois pode fazer muito mal.


Obs. Tudo isso acima é conversa fiada e não deve ser levado a sério. Até porque, levar isso a sério já é uma grande bobagem!!!!!!!

Dia da injustiça 23/08

Só podia ser mesmo no mês de agosto o dia da Injustiça. Isso mesmo! Hoje é dia da injustiça. Não o dia da luta contra a injustiça nem o dia da justiça, mas sim o dia da injustiça.
Parece cômico, mas existe essa data. E no Brasil de hoje, nada melhor do que esse tema para refletirmos a situação atual desse imenso país continental.
Tanta corrupção, tanta desorganização e diversas mazelas que já nem acreditamos num simples programa jornalístico. Todavia, apesar de toda baderna e tanta injustiça, o Brasil agora está "mostrando sua cara" e caminha para a resolução de seus problemas, pelo menos foi o que mostrou as manifestações que tomaram conta do país.
Mas será que conseguiremos vencer as injustiças neste grande território chamado Brasil? Será que teremos um governo mais sincero, honesto e digno. Esperamos que sim!
O remédio existe. Basta cada um de nós levar uma vida decente, honesta e com virtudes e , principalmente, escolhermos melhor nas próximas eleições os nossos representantes, tanto no âmbito nacional e estadual como também no governo caseiro.
Muitas pessoas boas estão no poder, porém muitas maçãs podres também! Vamos corrigir esta injustiça que garantiremos o futuro de um Brasil ainda jovem e promissor.

Um dia sorte, outro azar..

.

O Atlético Mineiro tem a fama de tornar tudo mais difícil. E é verdade! Para o Galo toda competição tem que ter um grau de dificuldade elevada para que a glória possa ser maior. Neste último jogo contra o Bota, lá no Rio isso ficou bem claro. O time até que começou bem, porém depois fez uma lambança danada na zaga e deixou o Botafogo virar o placar , terminando o embate em 4x1 para os cariocas.
É bem verdade que o azar do Galo (e a sorte do Bota) deu uma forcinha para que este placar fosse assim definido. Nunca vi tanta má sorte em um único jogo para uma única equipe. Parece até que o Alvinegro mineiro tava com a "bruxa solta".
A bem da verdade o que aconteceu foi que a defesa do Atlético não jogou nada. Tava mais parecendo futebol de botão. O Cuca terá muito trabalho para orientar essa defesa. Pois se continuar assim a torcida pedirá a saída de alguns e temos muita força para isso.
No mais, como na última competição mata-mata, podemos ainda sonhar, pois nós do Galo sempre acreditamos. E aqui no Horto a história será muito diferente.


quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Não façam isso no sítio!

Parque de diversões? Que nada! Veja como os jovens da Rússia se divertem...


Merenda mais saudável nas escolas a caminho!

Uma votação, para mim, histórica e muito boa. Há muito tempo não vejo nossos legisladores votarem uma Lei que promete muito benefícios para nossas crianças e adolescentes. isso mesmo: uma Lei, que não é mágica, mas que fará um progresso na formação inicial dos nossos estudantes.
Muitas escolas vendem e/ou oferecem aos alunos da educação básica alimentos gordurosos e muito calóricos, fato esse que pode comprometer a saúde dos educandos.
Todavia, agora com a nova Lei, poderemos esperar dias melhores em relação à merenda escolar de nossas escolas, pelo menos as públicas.
Veja a matéria na íntegra (do Estado de Minas).
 (Pedro Motta/Em da press)
"A garantia de uma alimentação adequada nas escolas de ensino básico do país depende agora da aprovação dos deputados federais. Hoje, o Senado concluiu a votação do projeto de lei que proíbe cantinas e lanchonetes instaladas em escolas de vender bebidas com baixo teor nutricional, como os refrigerantes, ou alimentos com quantidades elevadas de açúcar, de gordura saturada, de gordura trans ou sal.

O montagem dos cardápios destes estabelecimentos é motivo de preocupação em alguns estados, que definiram normas para os cardápios oferecidos aos alunos, mas, até hoje, não há regra que padronize a medida nacionalmente. O assunto é discutido no Congresso há quase oito anos.


Os senadores esperam uniformizar a qualidade dos alimentos e estimular ações de educação nutricional e sanitária nas escolas. O projeto havia sido aprovado no colegiado mas, como a decisão é terminativa, a medida precisou ser submetida a segundo turno de votação. O projeto segue agora para apreciação da Câmara dos Deputados."

De Martinho Campos a B.H./Causo

O tio Olavo, apesar de meio roceiro, gostava, de vez em quando, de dar um pulinho a Belo Horizonte. No seu aniversário, em 06 de dezembro, geralmente ele ia pra lá, passar o dia com seu irmão gêmeo, Olívio. Ia sempre na véspera pois na noite natalícia tinha que estar lá na roça para receber os amigos que sempre iam para uma noitada de causos, invariavelmente regados por “louras”, ‘branquelas” e “amarelas”, carne assada ou cozida, galinhada(de pena) e etc. Ele não tinha carro, mas sempre que conseguia uma carona não achava ruim, pois assim economizava uns trocadinhos da passagem. Isso quase sempre acontecia por que quem oferecia a carona sabia que a viagem seria bem mais animada, pois o tio ia contando seus causos e, assim, um percurso  de mais ou menos duas horas passava como se fosse dez minutos. Assim sendo no dia 5 de dezembro de 2001 o Helinho de Barros retornava de sua fazenda, lá pras banda do Buriti Grande, com destino a BH, quando aproximava da Lagoa do Junco avista o Olavo do Zeca em sua bicicleta, com uma sacola de roupas na garupa. Resolveu parar a caminhonete para trocar um dedinho de prosa e daí descobriu a intenção da ciclista de ir para BH. Passaram na casa da Maria do Ziquinha para deixar a bicicleta e seguiram a viagem. A primeira “verdade” terminou pouco após o escritório da CAF(hoje IMA) logo quando começava a descida do Jeruminho e foi aí que o tio Olavo observou que o Helinho estava descendo com a marcha engrenada. Então teceu o seguinte comentário: “ô Helinho, cê sabe que eu num tenho carteira de motorista, mas nem purisso eu deixo de observar. O meu irmão quando pega um descida grande que nem essa, põe o carro na banguela pra economizar gazulina”. Conselho aceito tratou o motorista de por a caminhonete no ponto morto e a narrativa de causos prosseguiu. A prosa estava tão boa e as mentiras tão verdadeiras que o Helinho só foi lembrar de engatar marcha quando estava chegando na CEASA!!  Duvida? Pergunte ao Helinho....
Créditos ao blog tioolavodozeca

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Enquanto isso, num dos vários tribunais do mundo...

Advogado: - Qual é a data do seu aniversário?
Testemunha: - 15 de julho.
Advogado: - Que ano?
Testemunha: - Todo ano.

Advogado: - Essa doença, a miastenia gravis, afeta sua memória?
Testemunha: - Sim.
Advogado: - E de que modo ela afeta sua memória?
Testemunha: - Eu esqueço das coisas.
Advogado: - Você esquece... Pode nos dar um exemplo de algo que você tenha esquecido?

Advogado: - Que idade tem seu filho?
Testemunha: - 38 ou 35, não me lembro.
Advogado: - Há quanto tempo ele mora com você?
Testemunha: - Há 45 anos.

Advogado: - Qual foi a primeira coisa que seu marido disse quando acordou aquela manhã?
Testemunha: - Ele disse, "Onde estou, Bete?"
Advogado: - E por que você se aborreceu?
Testemunha: - Meu nome é Célia.

Advogado: - Me diga, doutor... não é verdade que, ao morrer no sono, a pessoa só saberá que morreu na manhã seguinte?
Advogado: - Seu filho mais novo, o de 20 anos...
Testemunha: - Sim.
Advogado: - Que idade ele tem?

Advogado: - Sobre esta foto sua...o senhor estava presente quando ela foi tirada?
Advogado: - Então, a data de concepção do seu bebê foi 08 de agosto?
Testemunha: - Sim, foi.
Advogado: - E o que você estava fazendo nesse dia?

Advogado: - Ela tinha 3 filhos, certo?
Testemunha: - Certo.
Advogado: - Quantos meninos?
Testemunha: - Nenhum
Advogado: - E quantas eram meninas?

Advogado: - Sr. Marcos, por que acabou seu primeiro casamento?
Testemunha: - Por morte do cônjuge.
Advogado: - E por morte de que cônjuge ele acabou?

Advogado: - Poderia descrever o suspeito?
Testemunha: - Ele tinha estatura mediana e usava barba.
Advogado: - E era um homem ou uma mulher?

Advogado: - Doutor, quantas autópsias o senhor já realizou em pessoas mortas?
Testemunha: - Todas as autópsias que fiz foram em pessoas mortas...

Advogado: - Aqui na corte, para cada pergunta que eu lhe fizer, sua resposta deve ser oral, Ok? Que escola você freqüenta?
Testemunha: - Oral.

Advogado: - - Doutor, o senhor se lembra da hora em que começou a examinar o corpo da vitima?
Testemunha: - Sim, a autópsia começou às 20:30 h.
Advogado: - E o Sr. Décio já estava morto a essa hora?
Testemunha: - Não... Ele estava sentado na maca, se perguntando porque eu estava fazendo aquela autópsia nele.

Advogado: - O senhor está qualificado para nos fornecer uma amostra de urina?
Advogado: - Doutor, antes de fazer a autópsia, o senhor checou o pulso da vítima?
Testemunha: - Não.
Advogado: - O senhor checou a pressão arterial?
Testemunha: - Não.
Advogado: - O senhor checou a respiração?
Testemunha: - Não.
Advogado: - Então, é possível que a vítima estivesse viva quando a autópsia começou?
Testemunha: - Não.
Advogado: - Como o senhor pode ter essa certeza?
Testemunha: - Porque o cérebro do paciente estava num jarro sobre a mesa.
Advogado: - Mas ele poderia estar vivo mesmo assim?
Testemunha: - Sim, é possível que ele estivesse vivo e cursando Direito em algum lugar!

terça-feira, 20 de agosto de 2013

Martinho Campos, um sorriso só!

Martinho Campos em alegria. Oficina Arte de Palhaços e Encontro Rede Comunitária de Cultura. Veja o release e participe de mais um grande evento cultural em nosso município. Mais uma indicação do amigo e vereador atuante, Deth da Gráfica. O abadiaemfoco apoia e propaga a ideia.

Release
 Oficina Arte de Palhaços em Martinho Campos

Acontecerá em Martinho Campos, centro-oeste mineiro, a Oficina Arte de Palhaços e o Encontro Rede Comunitária de Cultura, com orientação do Teatro Terceira Margem e convidados. Seguem informações:

Período das oficinas: De 21 a 25 de agosto de 2013

Quem realizará: Teatro Terceira Margem, de Belo Horizonte, juntamente com os grupos de estudos teatrais da cidade.

O que é Oficina Arte de Palhaços: aborda princípios da atuação palhacesca (empatia, transgressão e contracena); referências a mestres da palhaçaria no Brasil e no mundo; gag´s e esquetes da tradição circense; uso de nariz, figurinos, maquiagens e adereços; relação com o espaço físico de atuação; e criação de cenas. Ao final, os participantes farão uma experimentação cênica, interagindo com espaço/público ao redor.

O que é Encontro Rede Comunitária de Cultura: aborda princípios das redes comunitárias; gestão cultural colaborativa; desafios da sustentabilidade artística em cidades do interior; elaboração de propostas para editais ligados à cultura; busca de parcerias e outras formas de apoio; questões jurídicas e políticas básicas relacionadas às artes cênicas; e temas afins.

Quem pode participar: As atividades irão reunir os participantes do grupo de estudos de artes cênicas da cidade e estão abertas a interessados com alguma experiência na área e idades a partir de 16 anos. Participe! As atividades são gratuitas.

Como participar: Informações podem ser obtidas pelos telefones: (37) 9165-0816 e (31) 9997-6912,  pelo e-mail contatoterceiramargem@gmail.com ou através do site www.idearioarte.blogspot.com.br (relatos, fotos e agenda). Agradecimentos: Governo de Minas, ArcelorMittal BioFlorestas e Prefeitura Municipal de Martinho Campos.

“Grupos de Estudos Arte de Palhaços” é um projeto de acompanhamento e estímulo à formação de grupos de estudos sobre a Arte de Palhaços. É uma iniciativa do Teatro Terceira Margem, associação de artes cênicas existente desde 2003. Nas cidades de Abaeté, Dores do Indaiá, Quartel Geral, Martinho Campos, Bom Despacho e João Monlevade, a associação incentivou a formação de grupos de estudos de artes cênicas para dar continuidade às ações iniciadas, de forma autônoma. Assim, surgiram grupos de estudos no centro oeste mineiro e em João Monlevade, regiões onde a associação mantém vínculos desde 2008 e 2011, respectivamente. Este trabalho está sendo desenvolvido através do projeto Teatro de Artesania, patrocinado pela ArcelorMittal BioFlorestas através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura MG.
O projeto “Grupos de Estudos Arte de Palhaços” foi contemplado no Prêmio Funarte Petrobrás Carequinha de Estímulo ao Circo 2012. Realização: Teatro Terceira Margem e Ministério da Cultura/Governo do Brasil.

Contato para Assessoria de Imprensa – Jorn. Ana Lúcia Lopes – lopes.analucia@gmail.com

(37) 9137-5383



Salmo 50


1. Ao mestre de canto. Salmo de Davi,
2. quando o profeta Natã foi encontrá-lo, após o pecado com Betsabé.
3. Tende piedade de mim, Senhor, segundo a vossa bondade. E conforme a imensidade de vossa misericórdia, apagai a minha iniqüidade.
4. Lavai-me totalmente de minha falta, e purificai-me de meu pecado.
5. Eu reconheço a minha iniqüidade, diante de mim está sempre o meu pecado.
6. Só contra vós pequei, o que é mau fiz diante de vós. Vossa sentença assim se manifesta justa, e reto o vosso julgamento.
7. Eis que nasci na culpa, minha mãe concebeu-me no pecado.
8. Não obstante, amais a sinceridade de coração. Infundi-me, pois, a sabedoria no mais íntimo de mim.
9. Aspergi-me com um ramo de hissope e ficarei puro. Lavai-me e me tornarei mais branco do que a neve.
10. Fazei-me ouvir uma palavra de gozo e de alegria, para que exultem os ossos que triturastes.
11. Dos meus pecados desviai os olhos, e minhas culpas todas apagai.
12. Ó meu Deus, criai em mim um coração puro, e renovai-me o espírito de firmeza.
13. De vossa face não me rejeiteis, e nem me priveis de vosso santo Espírito.
14. Restituí-me a alegria da salvação, e sustentai-me com uma vontade generosa.
15. Então aos maus ensinarei vossos caminhos, e voltarão a vós os pecadores.
16. Deus, ó Deus, meu salvador, livrai-me da pena desse sangue derramado, e a vossa misericórdia a minha língua exaltará.
17. Senhor, abri meus lábios, a fim de que minha boca anuncie vossos louvores.
18. Vós não vos aplacais com sacrifícios rituais; e se eu vos ofertasse um sacrifício, não o aceitaríeis.
19. Meu sacrifício, ó Senhor, é um espírito contrito, um coração arrependido e humilhado, ó Deus, que não haveis de desprezar.
20. Senhor, pela vossa bondade, tratai Sião com benevolência, reconstruí os muros de Jerusalém.
21. Então aceitareis os sacrifícios prescritos, as oferendas e os holocaustos; e sobre vosso altar vítimas vos serão oferecidas.




segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Um jornal diferente....


Para você que não aguenta mais ouvir as baboseiras do JN, do jornal do SBT e o Fantástico!

domingo, 18 de agosto de 2013

Abadia X União


Neste último sábado ocorrera o clássico das multidões em Martinho Campos: Abadia x União. Um jogo  sempre festejado pelos seus fanáticos torcedores e também sempre recheado de paixões e rivalidade. O placar não foi favorável a nenhuma equipe pois ficaram no 0x0. Porém foi muito bom ver novamente os jovens no campo, prestigiando suas agremiações.
Este jogo sempre revelou grandes atletas. Antes da tecnologia invadir nossas casas o programa dos finais de semana era assistir aos jogos no campo do Abadia ou no campo do União, sempre uma festa.
Parabéns aos dirigentes dos clubes que dão alegria a seus torcedores e praticam a cidadania em ofertar aos jovens um programa saudável e que engrandece nossa cidade.
Fotos de Filipi Silva


S.O.S na MG-164 ou do Engenho até Abadia/Causos


Certa tarde, estando o Olavo voltando de Bom Despacho, na subida do Engenheiro Ribeiro, já após o vilarejo, teve que parar sua bicicleta para ver o que estava acontecendo com um destes muitos caminhoneiros que transitam pela MG-164, na maioria das vezes vindo do sul com destino ao nordeste. O tal motorista, como cearense avechado que era, se chamava Francisco, pouca estatura, cabeça chata, após os cumprimentos de praxe foi logo narrando o seu aperreio: “Mineirin o motor da minha carreta deu prego e ninhum carro pára para me socorrer”. Em vão, ambos, sinalizavam a quem passava... E a noite estava quase chegando... e isto fez o Olavo tomar uma decisão brilhante. Amarrou, com um cabo de aço bem resistente, a carreta, destas conhecidas por bi trem, na garupa de sua bicicleta, pediu ao Francisco para se acomodar na buléia, e montando na magrela disparou a pedalar, com a intenção de chegar na oficina do Alex, ainda de dia, para assim consertar o motor. A distância era pouca, não dava mais que uns 22 KM...Nas proximidades do Buriti Grande, tendo que olhar para trás, para verificação do trânsito, pois teria que ultrapassar um ônibus da Viação Sertaneja, que insistia em andar a 80KM por hora, pode observar uma camada espessa de fumaça atrás da carreta. Daí ele disse pra si mesmo ‘‘tenho que apertar mais o pé, pois parece que o motor tá fumegando”.  Só que ele estava totalmente enganado! E só descobriu isto ao estacionar no pátio da oficina do Alex. O danado do cearense, vencido pelo cansaço, adormecera dentro da cabine e tinha esquecido de liberar o freio de mão do bruto.......  


Créditos ao blog "tioolavodozeca"

sábado, 17 de agosto de 2013

Remember Tip Top no Momento Nostalgia

Remember Tip Top, um pouco do passado que ficou registrado em nossas vidas. O abadiaemfoco preserva toda a nostalgia do momento. Para isso selecionamos duas músicas que tocavam muito no salão do Tip Top para você ouvir novamente.




Advogado terminando namoro....


Prezada Otaviana de Albuquerque Pereira Lima da Silva e Souza do Nascimento Botelho Pinto.
Face aos acontecimentos de nosso relacionamento, tenho por meio desta, na qualidade de homem que sou, apesar de Vossa Senhoria não me deixar demonstrar, uma vez que não me foi permitido devassar vossa lascívia,retratar-me formalmente, de todos os termos até então empregados à sua pessoa, o que faço com supedâneo no que segue:

A) Da inicial má-fé de vossa senhoria:
1.1. CONSIDERANDO QUE nos conhecemos na balada e que nem precisei perguntar seu nome direito, para logo chegar te beijando;
1.2. CONSIDERANDO seu olhar de tarada enquanto dançava na pista.
1.3. CONSIDERANDO QUE com os beijos nervosos que trocamos naquela noite, V.Sa. me induziu a crer que logo estaríamos explorando nossos corpos, em incessante e incansável atividade sexual. Passei então, a me encontrar com Vossa Senhoria.

B) Dos prejuízos experimentados:
2.1. CONSIDERANDO QUE fomos ao cinema e fui eu quem paguei as entradas, sem se falar no jantar após o filme.
2.2. CONSIDERANDO QUE já levei Vossa Senhoria em boates das mais badaladas e caras, sendo certo que fui eu, de igual sorte, quem bancou os gastos.
2.3. CONSIDERANDO QUE até à praia já fomos juntos, sem que Vossa Senhoria gastasse um centavo sequer, eis que todos os gastos eram por mim experimentados, e que Vossa Senhoria não quis nem colocar biquíni alegando que estava ventando muito.

C) Das razões do presente ser:
3.1 . CONSIDERANDO AINDA QUE até a presente data, após o longínquo prazo de duas semanas, Vossa Senhoria não me deixou tocar, sequer na sua panturrilha.
3.2. CONSIDERANDO QUE Vossa Senhoria ainda não me deixa encostar a mão nem na sua cintura com a alegaçãozinha barata de que sente cócegas.

D) decido sobre o nosso relacionamento o seguinte:
4.1. Vá até a mulher de vida atirada que também é a progenitora de Vossa Senhoria, pois eu não sou mais um ser humano do sexo masculino que usa calças curtas e a atividade sexual não é para mim, um lazer, mas sim uma necessidade premente.
4.2. Não me venha com "colóquios flácidos para acalentar bovinos" de que pensava que eu era diferente.
4.3. Saiba que vou processar Vossa Senhoria por me iludir aparentando ser a mulher dos meus sonhos, e, na verdade, só me fez perder tempo, dinheiro e jogar elogios fora, além de me abalar emocionalmente.

Sinceramente, sem mais para o momento, fique com o meu cordial "vá tomar no meio do olho do orifício rugoso localizado na região ínfero-lombar de sua anatomia " que esse relacionamento já inflou bastante o volume da minha bolsa escrotal! Dou assim por encerrado o nosso relacionamento, nada mais subsistindo entre nós, salvo o dever de indenização pelos prejuízos causados.