abadiaemfoco

quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Geriowaldo e o cemitério da "Bitira"

E na Bitira de antigamente havia um abacateiro carregado dentro do cemitério.
Dois amigos (o Geriowaldo e o Zé Cagueiteira) decidiram entrar lá à noite e pegar todos os abacates.
Eles pularam o muro, subiram a árvore com as sacolas penduradas no ombro e começaram a distribuir o "prêmio".

— Um pra mim, um pra você. Um pra mim, um pra você.
— Pô, você deixou dois caírem do lado de fora do muro!
— Não faz mal, depois que a gente terminar aqui pegamos os outros dois.
— Então tá bom, mais um pra mim, um pra você.
Um bêbado, passando do lado de fora do cemitério, escutou esse negócio de 'um pra mim e um pra você' e saiu correndo para a delegacia (naquela época tinha puliça na Bitira).
Chegando lá, virou para o policial:
— Seu guarda, vem comigo! Deus e o diabo estão no cemitério dividindo as almas dos mortos!
— Ah, cala a boca bêbado.
— Juro que é verdade, vem comigo.
Os dois foram até o cemitério, chegaram perto do muro e começaram a escutar...
— Um para mim, um para você...
O guarda assustado:
— É verdade! É o dia do apocalipse! Eles estão dividindo as almas dos mortos! O que será que vem depois?
De dentro do cemitério se ouve:
— Um para mim, um para você. Pronto, acabamos aqui. E agora?
— Agora a gente vai lá fora e pega os dois que estão do outro lado do muro...
— Coooooooooorreeeeeeeeeeeeeee!

Se é pra falar de meio ambiente, então vamos lá lutar por todos

Numa visita à página do face intitulada "Reclame Aqui Martinho Campos"  deparei-me com uma discussão acerca da derrubada de árvores na praça, do lado da Igreja Matriz, o que causou um impacto visual, pelas fotos, e  a todos os transeuntes que por ali circulam.
Uns se posicionaram a favor (haja vista que foi mencionado uma real necessidade do evento por causa do comprometimento da estrutura da Igreja) enquanto outros se portaram contra, avaliando o impacto ambiental e o projeto paisagístico. Enfim, foi (e é) uma grande discussão por um fato acontecido em nossa recente história martinho-campense.
Decidi mencionar tal postagem para mostrar o quão insignificante é o tema em comparação com o que, realmente, acontece de errado com nosso meio ambiente há algum tempo.
Primeiramente temos o caso do esgoto que corre (pelo menos até ontem) direta ou indiretamente para o Córrego do Bambé e para o Rio Picão pelo fato de não estarem funcionando as estações de bombeamento e  tratamento da Copasa; em seguida vem o caso do açude municipal que está, a olhos vistos, secando literalmente; temos ainda o assoreamento das margens do Rio Picão; bem como o desmatamento de nossas matas nativas para plantio de monoculturas.
Poderia ainda mencionar diversos outros fatores (lixão, queimadas, lixo espalhado...etc) que comprometem e muito o nosso meio ambiente, mas resolvi parar por aqui.
O fato é que precisamos sim nos posicionar e lutar pelo nosso futuro, o que , invariavelmente, passa pela preservação de nosso meio ambiente.
Que a discussão sobre as árvores seja um passo para a união e trabalho de todos para ajudar a deixar uma cidade melhor para nossos descendentes.

terça-feira, 29 de setembro de 2015

Provérbios 7/ Reflexão


Filho meu, guarda as minhas palavras, e esconde dentro de ti os meus mandamentos.
Guarda os meus mandamentos e vive; e a minha lei, como a menina dos teus olhos.
Ata-os aos teus dedos, escreve-os na tábua do teu coração.
Dize à sabedoria: Tu és minha irmã; e à prudência chama de tua parenta,
Para que elas te guardem da mulher alheia, da estranha que lisonjeia com as suas palavras.
Porque da janela da minha casa, olhando eu por minhas frestas,
Vi entre os simples, descobri entre os moços, um moço falto de juízo,
Que passava pela rua junto à sua esquina, e seguia o caminho da sua casa;
No crepúsculo, à tarde do dia, na tenebrosa noite e na escuridão.
E eis que uma mulher lhe saiu ao encontro com enfeites de prostituta, e astúcia de coração.
Estava alvoroçada e irrequieta; não paravam em sua casa os seus pés.
Foi para fora, depois pelas ruas, e ia espreitando por todos os cantos;
E chegou-se para ele e o beijou. Com face impudente lhe disse:
Sacrifícios pacíficos tenho comigo; hoje paguei os meus votos.
Por isto saí ao teu encontro a buscar diligentemente a tua face, e te achei.
Já cobri a minha cama com cobertas de tapeçaria, com obras lavradas, com linho fino do Egito.

Já perfumei o meu leito com mirra, aloés e canela.
Vem, saciemo-nos de amores até à manhã; alegremo-nos com amores.
Porque o marido não está em casa; foi fazer uma longa viagem;
Levou na sua mão um saquitel de dinheiro; voltará para casa só no dia marcado.
Assim, o seduziu com palavras muito suaves e o persuadiu com as lisonjas dos seus lábios.
E ele logo a segue, como o boi que vai para o matadouro, e como vai o insensato para o castigo das prisões;
Até que a flecha lhe atravesse o fígado; ou como a ave que se apressa para o laço, e não sabe que está armado contra a sua vida.
Agora pois, filhos, dai-me ouvidos, e estai atentos às palavras da minha boca.
Não se desvie para os caminhos dela o teu coração, e não te deixes perder nas suas veredas.
Porque a muitos feridos derrubou; e são muitíssimos os que por causa dela foram mortos.
A sua casa é caminho do inferno que desce para as câmaras da morte.

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Galo joga mal, mas ainda está na briga...

Apesar do resultado ridículo (empate com o Joinville SC) o Atlético ainda segue na briga pelo título. Alguns torcedores e até mesmo alguns jogadores deram entrevistas com teor de desânimo, porém muita coisa ainda há de vir e estamos sim, concorrendo, mesmo que a distância entre o líder tenha aumentado.
É normal ficar cabisbaixo com um resultado ruim e jogando mal como foi lá no sul. Também é normal conseguirmos tirar a vantagem como outros clubes fizeram num passado recente. Tudo no futebol pode ser considerado normal!
Claro que precisamos agora de um aproveitamento de campeão (quase 100%) e ainda torcer por tropeços do Corinthians, mas nada que tire o sono e o sonho dos fanáticos torcedores alvinegros de Minas Gerais.
E é bom lembrarmos também que há mais de dois anos estamos numa crescente e conquistando títulos , ano após ano, deixando muita equipe de ponta para trás.
Por tudo isso, não jogaremos a toalha. Nós ainda acreditamos no título!

Eclipse e lua de sangue na "Badia"

Aconteceu, neste último domingo e madrugada desta segunda, um grande evento do ano para os brasileiros: um eclipse de Super Lua. Foi a  primeira vez em 33 anos que o fenômeno aconteceu. O próximo? Só daqui 18 anos. A Lua, em seu ponto mais próximo da Terra, foi coberta pela sombra da Terra por mais de uma hora e tomou  a coloração avermelhada, por isso recebe o nome Lua de Sangue ou Lua sangrenta.
O raro evento começou por volta das 22h e só terminou às 01h30 da madrugada de segunda. O auge do eclipse foi às 23h48. Depois, a Lua esteve na penumbra da Terra, ou seja, ainda teve luz a iluminar a Lua e a sombra foi parcial.
Vejam as fotos tiradas por minha filha Thaís Amanda do evento:




sábado, 26 de setembro de 2015

Momento Nostalgia/Rock in Rio

Quando adolescentes nas ruas da Badia, no passado ano de 1985, um dos nossos sonhos era ir ao 1º Rock in Rio e dançar pra caramba. Toda a turma dos "Anjos do Inferno" tinha esse desejo. Porém era muito caro, principalmente a passagem para o vizinho estado do Rio do Janeiro.
Mesmo assim participamos indiretamente: um dos amigos pintou o cabelo de loiro, outro fez uma tatuagem, um outro comprou uma calça xadrez e por aí afora....além é claro de curtir os astros (pelo radinho de pilha) que foram ao primeiro Show do Rock In Rio.
Foi muita curtição ouvir e saber que alguns dos maiores guitarristas estavam aqui no Brasil, as mais famosas bandas como: Queen, Iron Maiden, Whitesnacke, AC/DC, Scorpions....
Muito legal o momento...mesmo distante deles vivemos também o primeiro Rock in Rio aqui na Badia.
E para lembrar daquela época, vamos ouvir dois sucessos do evento, pelo túnel do tempo do abadiaemfoco.

Agora a nacional


sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Enfim concluído o concurso da Prefeitura

Após vários meses entre a publicação do Edital até o resultado oficial, finalmente este  foi homologado e agora depende apenas das convocações dos aprovados, de acordo com a classificação dos mesmos para que possam ingressar no serviço público municipal..
O evento começou ainda bem antes do Processo Seletivo quando a Prefeitura necessitou promover os certames (Processo Seletivo e Concurso Público) para se adequar à Lei do funcionalismo público conforme dito a este blog por um vereador, muito estimado aqui em nossa cidade.
Então, efetuando os procedimentos legais, a Prefeitura, através de suas secretarias e setor jurídico, procedeu à licitação e contratação da empresa realizadora dos certames, no caso a Polis Auditoria.
Assim feito, o concurso foi realizado e agora homologado (através do Decreto Municipal 051/2015 de 24/09/2015) gerando então a expectativa aos aprovados de uma pronta convocação e nomeação para se tornarem servidores públicos.
Tal homologação também foi registrada no Diário Oficial do Estado (Minas Gerais) no dia de hoje, dando assim publicidade  ao documento.
Parabéns aos gestores municipais pela iniciativa e, tomara, que os novos funcionários públicos venham para somar e ajudar os atuais a promoverem o desenvolvimento da máquina administrativa e assim,. consequentemente, melhorar nossa Martinho Campos.

Mais um domingo de fé em Ibitira

Neste último domingo (20/09) aconteceu a Missa do Padre Amazino em Ibitira. Como sempre houve uma grande movimentação de pessoas dentro e fora do Local da celebração (Antiga Confraria - trevo de Ibitira). Pessoas estas de várias localidades do Estado de Minas Gerais.
Todo mês é assim em Ibitira.
Mesmo quem é não é fiel à religião ali pregada vai pra um passeio matinal e aproveitar a feira que acontece do lado de fora da Confraria.
O abadiaemfoco parabeniza a equipe do Padre e a todos pela confraternização realizada neste dia!



Reflexão da sexta-feira/ Menos e mais...

Menos drama, mais sorrisos, menos exibições, mais momentos de reflexão e introspeção, menos álcool, mais água, menos balada, mais teatro, menos rua, mais casa, menos trabalho, mais meu filho, menos computador, mais livro, menos cigarro, mais yoga, menos bagunça, mais cabeça no lugar, menos quem quero ser, mais quem eu sou mesmo.
Lara Bottas

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Geriowaldo em Brasília

O Geriowaldo (herói da Badia) viajou para a capital do país. Num belo dia, passeando com seu possante fica preso em um engarrafamento na avenida que passa ao lado do Congresso Nacional em Brasília. Nenhum carro se movimentava. De repente, um homem bate em sua janela. O Gê abre o vidro e pergunta:
- O que está acontecendo?
E o homem explica:
- Terroristas sequestraram todo o congresso brasileiro e estão pedindo 10 milhões de reais como resgaste. Caso contrário, eles vão jogar gasolina em tudo e queimar o congresso com todos deputados dentro. Por isso estamos passando de carro em carro e coletando doações.
O Gê pergunta:
- E quanto em média cada pessoa está doando?
O homem responde:
- Ah, por volta de uns 5 litros.

Dietas Malucas/Revista superinteressante

(Texto da revista digital superinteressante)

Ainda não inventaram jeito melhor para emagrecer do que comer menos calorias do que se gasta, mas o que não faltam são receitas bizarras - e totalmente contraindicadas para a saúde - para perder peso rapidinho e engordar de novo na mesma velocidade.

Todas as dietas desta lista têm restrições calóricas e, por isso, induzem a perda de peso. Só que o efeito rebote acaba fazendo você comer mais do que antes de entrar nessas frias:
 dietas malucasiStock


Dieta do ar

Você coloca a comida no prato, corta, espeta no garfo, aproxima da boca e... dá só uma cheiradinha. O objetivo aqui é fazer o cérebro se saciar só com o aroma. É sério.
 dietas malucasiStock


Dieta de Jesus

Só com alimentos citados na Bíblia. Nem precisa ler o Livro Sagrado para saber que nuggets, pizza, lasanha, bananas flambadas e petit gateau não estão entre eles - então até que funciona...
 As Patricinhas de Beverly HillsDivulgação


Dieta de Beverly Hills

Só fruta durante dez dias, só carboidratos não-refinados por mais dez dias e só proteínas por outros 15 dias. Em qualquer dessas fases, o que emagrece é a deficiência calórica, já que ninguém consegue passar da medida comendo só maçãs e goiabas, ou lentilhas ou até carnes. 

dietas malucasiStock

Dieta do tipo sanguíneo

Dependendo do tipo de sangue de cada pessoa em dieta, a restrição alimentar muda: ou você corta derivados do leite (ricos em gordura), ou carne vermelha ou farinha... Em todos os casos, você corta calorias.
 PartoThinkstock/Getty Images


Dieta da lua

A cada mudança de fase da Lua, você fica 24 horas só ingerindo líquido. 

Papinha congeladaViktorija Kuprijanova/Thinkstock/Getty Images

Dieta da papinha de bebê

Um pote de papinha de bebê e nada mais no almoço. E outro no jantar. Suas necessidades calóricas nem de longe são supridas e, voilà, você emagrece
 receita-sopa-detox

Thinkstock

Dieta da sopa

Você substitui até duas refeições por dia por sopas de vegetais. Não valem os cremes de qualquer coisa, que contêm creme de leite e, portanto, gordura. Como a maior parte das sopas é água, você acaba ingerindo menos calorias.

Que venha o próximo...


Resultado de imagem para Luana kwy musa do galo

Após a ressaca da gigante vitória sobre o Flamengo o Galo Mineiro volta suas atenções para o próximo embate que acontecerá neste domingo no sul do país. Apesar do adversário ser o lanterna do campeonato haverá bastante dificuldades, pois neste certame ninguém está ali para embelezar somente, veja o caso do Vasco.
Mas estamos em sintonia com o bom futebol e certamente voltaremos de lá com um bom resultado e, quiçá, mais próximo do líder Corinthians.
Galo é Galo! Eu acredito no título!

Momento Nostalgia/ Manga verde

Nestes tempos quentes de primavera (porque aqui primavera é sinal de calor também) uma recordação me faz lembrar dos anos idos e vividos  aqui na Badia. Setembro, quando criança eu era, a gente se agrupava e ia apanhar mangas verdes para comer com sal. Uma tradição daquela infância dos anos 70/80.
Embora um pouco perigosa (porque comer manga com sal não é lá muito saudável não) todos se deliciavam com a guloseima e ficava com uma sede danada. Resultado: íamos até o açudinho nadar e se refrescar até chegar a  hora de virmos  pra casa. Uma alegria só!
E para lembrar ainda mais daquele tempo, vamos ouvir dois sucessos inesquecíveis da época:


Agora a nacional


Provérbios 6/ Para reflexão



Filho meu, se ficaste por fiador do teu companheiro, se deste a tua mão ao estranho,

E te deixaste enredar pelas próprias palavras; e te prendeste nas palavras da tua boca;
Faze pois isto agora, filho meu, e livra-te, já que caíste nas mãos do teu companheiro: vai, humilha-te, e importuna o teu companheiro.
Não dês sono aos teus olhos, nem deixes adormecer as tuas pálpebras.
Livra-te, como a gazela da mão do caçador, e como a ave da mão do passarinheiro.
Vai ter com a formiga, ó preguiçoso; olha para os seus caminhos, e sê sábio.
Pois ela, não tendo chefe, nem guarda, nem dominador,
Prepara no verão o seu pão; na sega ajunta o seu mantimento.
Ó preguiçoso, até quando ficarás deitado? Quando te levantarás do teu sono?
Um pouco a dormir, um pouco a tosquenejar; um pouco a repousar de braços cruzados;
Assim sobrevirá a tua pobreza como o meliante, e a tua necessidade como um homem armado.
O homem mau, o homem iníquo tem a boca pervertida.
Acena com os olhos, fala com os pés e faz sinais com os dedos.
Há no seu coração perversidade, todo o tempo maquina mal; anda semeando contendas.
Por isso a sua destruição virá repentinamente; subitamente será quebrantado, sem que haja cura.
Estas seis coisas o Senhor odeia, e a sétima a sua alma abomina:
Olhos altivos, língua mentirosa, mãos que derramam sangue inocente,
O coração que maquina pensamentos perversos, pés que se apressam a correr para o mal,
A testemunha falsa que profere mentiras, e o que semeia contendas entre irmãos.
Filho meu, guarda o mandamento de teu pai, e não deixes a lei da tua mãe;
Ata-os perpetuamente ao teu coração, e pendura-os ao teu pescoço.
Quando caminhares, te guiará; quando te deitares, te guardará; quando acordares, falará contigo.
Porque o mandamento é lâmpada, e a lei é luz; e as repreensões da correção são o caminho da vida,
Para te guardarem da mulher vil, e das lisonjas da estranha.
Não cobices no teu coração a sua formosura, nem te prendas aos seus olhos.
Porque por causa duma prostituta se chega a pedir um bocado de pão; e a adúltera anda à caça da alma preciosa.
Porventura tomará alguém fogo no seu seio, sem que suas vestes se queimem?
Ou andará alguém sobre brasas, sem que se queimem os seus pés?
Assim ficará o que entrar à mulher do seu próximo; não será inocente todo aquele que a tocar.
Não se injuria o ladrão, quando furta para saciar-se, tendo fome;
E se for achado pagará o tanto sete vezes; terá de dar todos os bens da sua casa.
Assim, o que adultera com uma mulher é falto de entendimento; aquele que faz isso destrói a sua alma.
Achará castigo e vilipêndio, e o seu opróbrio nunca se apagará.
Porque os ciúmes enfurecerão o marido; de maneira nenhuma perdoará no dia da vingança.
Não aceitará nenhum resgate, nem se conformará por mais que aumentes os presentes.


sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Martinho-campense ou martinhocampense?

Observando textos, frases e ditos referentes ao gentílico (adjetivo pátrio) de nossa cidade, deparei-me com esta dúvida que parece existir em muito entre nossos conterrâneos e amigos.
Até professores, advogados, médicos etc cometem a gafe de escrever errado esse adjetivo. Todavia, estamos aqui justamente para esclarecer a dúvida ou, quiçá, apimentar ainda mais o nosso "Português".

"Adjetivo pátrio é o termo que indica a nacionalidade de uma pessoa, um objeto, animal, entre outros. Esta nacionalidade está ligada a países, cidades e estados de uma forma geral."

O termo correto do gentílico de nossa cidade Martinho Campos é martinho-campense (com hífen). 
Depois de muito pesquisar e ver ambas formas escritas em vários documentos e textos, consegui definir o uso correto (com hífen). 

Está nos anais do governo federal e sites governamentais com referência histórica e atual.

Também na gramática está confirmada a formação com hífen (apesar de não constar Martinho Campos) haja vista outras cidades com nomenclaturas parecidas e gentílicos semelhantes.

Assim, caros amigos da boa escrita (e leitura) martinho-campenses e demais companheiros, vamos escrever sempre martinho-campense e não mais "martinhocampense", tá decidido?


Reflexão da sexta-feira/Talvez...



Talvez eu venha a envelhecer rápido demais.Mas lutarei para que cada dia tenha valido a pena.
Talvez eu sofra inúmeras desilusões no decorrer de minha vida.Mas farei que elas percam a importância diante dos gestos de amor que encontrei.
Talvez eu não tenha forças para realizar todos os meus ideais.Mas jamais irei me considerar um derrotado.
Talvez em algum instante eu sofra uma terrível queda.Mas não ficarei por muito tempo olhando para o chão.
Talvez um dia o sol deixe de brilhar.Mas então irei me banhar na chuva.
Talvez um dia eu sofra alguma injustiça.Mas jamais irei assumir o papel de vítima.
Talvez eu tenha que enfrentar alguns inimigos.Mas terei humildade para aceitar as mãos que se estenderão em minha direção.
Talvez numa dessas noites frias, eu derrame muitas lágrimas.Mas não terei vergonha por esse gesto.
Talvez eu seja enganado inúmeras vezes.Mas não deixarei de acreditar que em algum lugar alguém merece a minha confiança.
Talvez com o tempo eu perceba que cometi grandes erros.Mas não desistirei de continuar trilhando meu caminho.
Talvez com o decorrer dos anos eu perca grandes amizades.Mas irei aprender que aqueles que realmente são meus verdadeiros amigos nunca estarão perdidos.
Talvez algumas pessoas queiram o meu mal.Mas irei continuar plantando a semente da fraternidade por onde passar.
Talvez eu fique triste ao concluir que não consigo seguir o ritmo da música.Mas então, farei que a música siga o compasso dos meus passos.
Talvez eu nunca consiga enxergar um arco-íris.Mas aprenderei a desenhar um, nem que seja dentro do meu coração.
Talvez hoje eu me sinta fraco.Mas amanhã irei recomeçar, nem que seja de uma maneira diferente.
Talvez eu não aprenda todas as lições necessárias.Mas terei a consciência que os verdadeiros ensinamentos já estão gravados em minha alma.
Talvez eu me deprima por não ser capaz de saber a letra daquela música.Mas ficarei feliz com as outras capacidades que possuo.
Talvez eu não tenha motivos para grandes comemorações.Mas não deixarei de me alegrar com as pequenas conquistas.
Talvez a vontade de abandonar tudo torne-se a minha companheira.Mas ao invés de fugir, irei correr atrás do que almejo.
Talvez eu não seja exatamente quem gostaria de ser.Mas passarei a admirar quem sou.Porque no final saberei que, mesmo com incontáveis dúvidas, eu sou capaz de construir uma vida melhor.
E se ainda não me convenci disso, é porque como diz aquele ditado: “ainda não chegou o fim”Porque no final não haverá nenhum “talvez” e sim a certeza de que a minha vida valeu a pena e eu fiz o melhor que podia.
(Aristóteles Onassis)

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Perdemos uma batalha, não a guerra!

Perdemos uma batalha, mas não perdemos a  guerra. Tropeçamos numa barreira de arame farpado, mas, mesmo sangrando, estaremos na linha de frente para vencermos os demais obstáculos e brindar no fim do conflito esportivo.
Pode-se dizer que foi um vexame, pois perder de 4x0 , de goleada, há tempos o Galo não perdia. Todavia tudo tem seu tempo e seu aprendizado.
Entramos em campo com apenas um volante de ofício (e mais pra avante do que pra defensor) diante de um time que possui uma linha de meias dos mais habilidosos do Brasil. Um erro de escalação de Levir que acreditou num Galo ofensivo num terreiro minado.
Entretanto é um jogo para se esquecer! Cabeça erguida e bola pra frente que ainda tem muitos confrontos e o Galo briga pela ponta.
Eu ainda acredito no título!

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Que seja bem-vindo, ou não!

Facebook anuncia que terá a opção Não Curti; veja como irá funcionar

“As pessoas perguntaram muitas vezes sobre o botão Dislike ao longo dos anos, provavelmente centenas de pessoas (me) perguntaram sobre isso. E hoje é um dia especial porque posso dizer que estamos trabalhando nele, e bem perto de colocar no ar uma versão de testes”, disse o dono do Facebook, Mark Zuckerberg, durante uma entrevista na tarde de hoje.
Segundo ele, o desenvolvimento do Não Curti foi “surpreendentemente complicado”, porque o Facebook não quer que a nova opção sirva para criticar os posts das outras pessoas. A intenção é que ela seja usada para “demonstrar empatia” em certas situações. Quando algum amigo compartilhar uma informação triste (ou uma crítica a alguma coisa), você terá a opção de clicar em Não Curti para concordar/se solidarizar com ele.
O Facebook não revelou como fará a distinção entre o que poderá e o que não poderá receber Dislikes, nem quando o novo recurso entrará no ar – apenas que ele comecará a ser testado “logo”.
(Texto da revista digital superinteressante)

terça-feira, 15 de setembro de 2015

Provérbios 5/Pensando


Filho meu, atende à minha sabedoria; à minha inteligência inclina o teu ouvido;
Para que guardes os meus conselhos e os teus lábios observem o conhecimento.
Porque os lábios da mulher estranha destilam favos de mel, e o seu paladar é mais suave do que o azeite.
Mas o seu fim é amargoso como o absinto, agudo como a espada de dois gumes.
Os seus pés descem para a morte; os seus passos estão impregnados do inferno.
Para que não ponderes os caminhos da vida, as suas andanças são errantes: jamais os conhecerás.
Agora, pois, filhos, dai-me ouvidos, e não vos desvieis das palavras da minha boca.
Longe dela seja o teu caminho, e não te chegues à porta da sua casa;
Para que não dês a outrem a tua honra, e não entregues a cruéis os teus anos de vida;
Para que não farte a estranhos o teu esforço, e todo o fruto do teu trabalho vá parar em casa alheia;
E no fim venhas a gemer, no consumir-se da tua carne e do teu corpo.
E então digas: Como odiei a correção! e o meu coração desprezou a repreensão!
E não escutei a voz dos que me ensinavam, nem aos meus mestres inclinei o meu ouvido!
No meio da congregação e da assembléia foi que eu me achei em quase todo o mal.
Bebe água da tua fonte, e das correntes do teu poço.
Derramar-se-iam as tuas fontes por fora, e pelas ruas os ribeiros de águas?
Sejam para ti só, e não para os estranhos contigo.
Seja bendito o teu manancial, e alegra-te com a mulher da tua mocidade.
Como cerva amorosa, e gazela graciosa, os seus seios te saciem todo o tempo; e pelo seu amor sejas atraído perpetuamente.
E porque, filho meu, te deixarias atrair por outra mulher, e te abraçarias ao peito de uma estranha?
Eis que os caminhos do homem estão perante os olhos do Senhor, e ele pesa todas as suas veredas.
Quanto ao ímpio, as suas iniqüidades o prenderão, e com as cordas do seu pecado será detido.
Ele morrerá, porque desavisadamente andou, e pelo excesso da sua loucura se perderá.

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Revista ÓiaBadia edição setembro primaveril....

Aeroporto internacional  da Badia sem atrasos de voos. Porém o acesso secundário ao terminal está em obras de retiradas de lobeiras e mata-fome.

Liberada a venda de pau de selfie na Feirinha de Ibitira City

Por incrível que pareça as águas ainda continuam passando por baixo da ponte do Picão.

Névoa à tarde no bairro do Bambé não é névoa, mas sim enxames de pernilongos sindo do Córrego do Bambé!

Vaca Mimosa, da fazenda Canavial, produz leite cinza!Culpa da Dilma!

José Vital é o aniversariante do mês!

Inverno atrasado na Badia é batizado de Rubinho Barrichelo

Diretoria do Barça assiste a treinos dos times do União e do Abadia de olho na modernidade.

Pés de ipê em Martinho Campos já estão floridos, tem até roxo!

Sete de Setembro na Badia, agora passou pra dia Seis. Calendário Maia, mais bug do milênio dividido por astrólogos astecas e Kaxixós!

Com rebaixamento da nota do Brasil o quilo do quiabo e do Ora-pro-nobis tem elevação astronômica em nossa comunidade.

Cientistas da Nasa descobriram que apelido de Zap Zap para WhatsApp foi criado no Buriti Grande.

Antes de anunciar cortes, Dillma ouvirá cúpula do abadiaemfoco.

Calipso e Vasco da Gama só perdem (em número de mídia social) para eleitor do PT....

Após rebaixamento, ações da Pettrobrás serão vendidas no "compra e venda Badia"

Na crise, abadiense corta salgadinhos e bebe mais "Chora Rita"...

Resultado de imagem para noticias engraçadas

(Não dê créditos a essas idiotices. Qualquer semelhança com a realidade é semelhança mesmo!)

Superclássico da emoção

O clássico entre Cruzeiro e Atlético rendeu muito futebol e uma acabrunhada emoção em ambas torcidas.
Foi o que podemos chamar de clássico de verdade, onde não faltaram polêmicas, bonitos lances, derrapadas, raça e gols. Minas Gerais parou pra ver um dos maiores jogos do futebol nacional.
O empate, em termos de pontuação, foi ruim pra os dois, porém ficou de bom tamanho haja vista o que foi apresentado dentro das quatro linhas.
Agora e relaxar alguns instantes e já se preparar pra os próximos jogos onde poderemos encostar ainda mais no líder Corinthians.
Bica bicudo, eu acredito no título!

Resultado de imagem para musas do superclásico cruzeiro e atlético

sábado, 12 de setembro de 2015

Momento Nostalgia/Tabuada

Quando criança, na pacata Badia, uma das atividades mais difíceis era aprender a tabuada com a Professora D.Inez na antiga EE Cel. Pedro Lino (Prédio de Lata). Era um tal de 9x8, 9x9, 9x0....que não entrava na cabeça fácil não!
Como toda criança da Badia, eu também utilizava de alguns truques para aprender a tabuada. Colocava bolinhas de gude em número igual aos pedidos pela tabuada e somava o quanto de vezes pedia. Era mais trabalhoso, mas dava resultado.
Eu, particularmente tinha dificuldade na prova dos 9 (literalmente). Passei na "tábua da beirada".....e hoje, modéstia à parte, sou bom em Matemática....graças também à minha professora D. Inez.
E, para lembrar ainda mais daquele tempo, vamos ouvir dois sucessos do passado:

Agora a nacional:


De volta a Banca do Detran


Nesta última sexta-feira (11/09) a Banca examinadora do Detran realizou exames de direção para os candidatos a habilitação nas categorias A/E. Foi uma manhã muito movimentada ali nas proximidades do poliesportivo.
Há muito que a banca tinha cancelado seus exames aqui. Todavia, após muita negociação e bom senso, a mesma retornou para a alegria dos martinho-campenses. 
Apesar de alguns "políticos" falarem que era impossível a Banca voltar a atender aqui, conseguimos essa façanha e hoje Martinho Campos pode acomodar a mesma e dar mais segurança e conforto aos seus cidadãos. Também fica a hospitalidade para os candidatos de Pompéu que lotaram nossa cidade nesta sexta.
Vamos melhorar cada vez mais e oferecer aos alunos e examinadores o melhor que puder no âmbito dos CFCs. Assim teremos sempre a Banca conosco.
Martinho Campos, cidade do povo!

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Educando pra a cidadania


Os alunos do 1º Ano (Turma de D. Teandra) da EE Dr. José Gonçalves nos presentearam com um belíssimo trabalho sobre o mês de setembro.
A atividade consistiu em ler um texto, escrito por mim ao jornal "TáTudoAqui" e intitulado de "Setembro , mês das flores e das cores". Depois da leitura a professora pediu aos alunos que fizessem um desenho referente ao tema. Isso feito, o trabalho foi exposto na sala e encantou o local com uma profusão bonita de cores.
A interação da sociedade com a Escola é muito importante para a educação de nossas crianças. E a sensibilidade dos professores quanto a isso é imprescindível para o desenvolvimento intelectual e social dos educandos.
Parabéns aos alunos e aos professores do 1º Ano e a toda Escola Estadual Dr. José Gonçalves pela iniciativa.

Reflexão da sexta-feira/O Caminho da Vida



O caminho da vida pode ser o da liberdade e da beleza, porém nos extraviamos.

A cobiça envenenou a alma dos homens... levantou no mundo as muralhas do ódio... e tem-nos feito marchar a passo de ganso para a miséria e morticínios.

Criamos a época da velocidade, mas nos sentimos enclausurados dentro dela. A máquina, que produz abundância, tem-nos deixado em penúria.

Nossos conhecimentos fizeram-nos céticos; nossa inteligência, empedernidos e cruéis. Pensamos em demasia e sentimos bem pouco.

Mais do que de máquinas, precisamos de humanidade. Mais do que de inteligência, precisamos de afeição e doçura. Sem essas virtudes, a vida será de violência e tudo será perdido.
(Chaplim)

quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Kaxixós incluídos

(Texto extraído do Diário oficial de Minas Gerais)
Estado abre edital para valorizar a cultura indígena A Secretaria de Cultura (SEC) lançou, na terça-feira (8), na Cidade Administrativa, o edital de Premiação das Festas Tradicionais das Comunidades Indígenas ou Grupos Tribais. Serão oferecidos R$ 195 mil em recursos, num processo desburocratizado e democrático. O montante será distribuí- do levando em consideração os povos indígenas aldeados, localizados nas diferentes regiões de Minas. As inscrições estão abertas até 9 de outubro. Durante o lançamento, o secretário da pasta, Angelo Oswaldo, destacou a importância da cultura para os povos indí- genas: “Acreditamos que pela força e energia da cultura, povos indígenas, como os pataxós, podem resgatar seus valores e ganhar a cada dia o devido e legítimo lugar. Este edital é apenas o início do nosso trabalho em prol desses, que trouxeram independência e identidade ao nosso País” Já o secretário de Trabalho e Desenvolvimento Social, André Quintão, reafirmou o total apoio do Governo Pimentel às comunidades indígenas, em todas as áreas, desde educação e saúde à inclusão produtiva. “Desde o início desta gestão, temos reforçado o diálogo com as comunidades indígenas e grupos tribais para, enfim, encontrar os caminhos corretos para o atendimento tão urgente às suas necessidades. Parabenizo a Secretaria de Cultura por encontrar, em uma forma democrática e sem burocracias, a maneira ideal de enaltecer essas manifestações culturais tão enraizadas na nossa história”, considerou o secretário. O cacique Mezaque Silva de Jesus, da etnia Pataxó, enalteceu a postura da nova gestão. “Hoje, percebemos realmente como o Governo mudou. Há tempos buscamos ajuda, incentivo e apoio do Estado para nossas ações, mas não havia diálogo, principalmente em relação às nossas expressões culturais, que mantêm viva até hoje a tradição dos povos indígenas. Este edital prova como o diálogo propícia a cria- ção de políticas e programas efetivos, como o Prêmio Comunidades Indígenas”, finalizou o cacique. O edital respeita os princípios da legalidade, isonomia e impessoalidade, uma vez que estará aberto para todos os povos indígenas aldeados e suas comunidades existentes em Minas Gerais. Serão premiadas festas tradicionais desses povos, de acordo com os critérios estabelecidos no edital, dando visibilidade às suas expressões culturais. 

Xakriabás - Estão localizados no município de São João das Missões, Norte, no Vale do Rio São Francisco, entre os rios Itacarambi e Peruaçu, na diocese de Januária. Sua população está estimada em aproximadamente 8 mil indígenas, distribu- ídos em 31 aldeias. 
Pataxós - Vivem na região do Vale do Aço, nos municípios de Carmésia, Guanhães, Açucena e em Itapecerica, na região Centro- -Oeste. Sua população é de aproximadamente 350 indígenas, distribuídos em seis aldeias. 
Maxacalis - Localizados na região do Vale do Mucuri, vivem nos municípios de Bertópolis, Ladainha, Teófilo Otoni e Santa Helena de Minas, com uma população de aproximadamente 1.700 pessoas.
Krenak - Esse povo indígena tem uma trajetória histórica de andanças entre os estados de Minas Gerais e Espírito Santo, perseguido pelos colonizadores, mas sempre habitando a margem esquerda do Rio Doce. Vive no município de Resplendor e sua população é de aproximadamente 250 pessoas,
Kaxixó - Localizado no vale do Rio Pará, Centro-Oeste, este povo, há 20 anos, vem lutando pelo reconhecimento de suas terras tradicionais. Com uma população de 480 pessoas, os Kaxixós estão dispersos pelos municípios de Pompéu e Martinho Campos. 
Pankararús - Localizados no município de Coronel Murta, estão situados em duas áreas distintas. Parte do grupo vive numa área doada pela Diocese de Araçuaí e a outra criou a aldeia Cinta Vermelha Jundiba, formada com a presença do povo Pataxó, às margens do Rio Jequitinhonha, no município de Araçuaí. A população atual é de 89 pessoas nas duas aldeias.
Xukuru- Kariri - Originários de Pernambuco, esses indígenas conquistaram em 2001 uma faixa de terra no município de Caldas, na região Sul. A população é de aproximadamente 120 pessoas, sendo a maioria formada por jovens. 
Mukurim - Vive em pequenas áreas rurais localizadas no município de Itambacuri e Campanário, região do antigo aldeamento missionário dos Capuchinhos. Sua população é de cerca de 200 indígenas.