abadiaemfoco

segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

A Luz do Santana

Recebi, recentemente, um presente do amigo e escritor Armando Campos um livro intitulado " A Luz do Santana". Uma obra muito bem elaborada e uma história comovente e ao mesmo tempo instigante. Conta, com detalhes bem enumerados a história da "Luz que aparece/aparecia em noites de junho aqui em nossa região". Na verdade eu sempre achei que fosse coisa da Ibitira, porém, com a leitura da obra vi que pode se tratar de uma coisa mais complexa.
Vale a pena ler o livro. Indicação do Abadiaemfoco para as férias de janeiro.
A obra também pode ser vista e lida  no blog do escritor http://wwwwblogdoarmandocampos.blogspot.com.br/

domingo, 30 de dezembro de 2012

Mais um viagra?


O abadiaemfoco, preocupado com a saúde das pessoas, buscou informações acerca do que seria um estimulante sexual. Vejam a reportagem do EM:
foto 2
Antes de chutar as meias para o alto e mergulhar nos lençóis com a gatinha, alguns homens seguem uma espécie de ritual particular. Exercícios, bebidas, ervas, iguarias e garrafadas -- parece haver uma infinidade de receitas milagrosas que prometem melhorar o desempenho na cama. Mas será que tudo isso funciona mesmo? 

Enquanto a dúvida permanece, cientistas norte-americanos defendem que a substância capaz de dar o sonhado fôlego extra no “vai e vem” pode ser aquela que está mofando na sua geladeira: o iogurte. Pesquisadores do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) descobriram que, ao alimentar os roedores com a bebida fermentada, eles apresentam diferenças sutis em termos de virilidade.

Os animais cuja dieta era à base de iogurte ficaram mais ágeis e esguios do que os ratos que comiam comida processada, segundo os estudiosos. No entanto, o aspecto que mais chamou atenção deles foi o aumento na intensidade do impulso sexual, além dos músculos e protuberâncias mais salientes dos roedores.

De acordo com Eric Alm, co-autor do projeto, isso se deve à presença de probióticos no derivado do leite. “Acreditamos que esses organismos interagem de alguma maneira especial com os ratos para produzir esses efeitos”, comenta Alm. Já sua parceira de trabalho Susan Erdman não economizou palavras para descrever os efeitos do iogurte sobre as cobaias: “Sabe quando alguém acha que está ‘por cima’ e começa a agir de forma diferente por causa disso? Bem, imagine isso num rato”.

E pensar que muitos caras torcem o nariz para o iogurte! Embora seja aparentemente mais popular entre mulheres e crianças, o olhar científico sobre a bebida mostra que vale à pena incluí-la no seu “aquecimento” para o grande momento. E você, também tem algum ritual antes de levar a donzela para o seu ninho de amor?

sábado, 29 de dezembro de 2012

Momento Nostalgia/Ela foi dar mamãe...

O ponto de interrogação do futuro é  a exclamação do presente tendo como reticências o passado. As músicas fazem parte da alma e nos ajudam a levar a vida de uma maneira mais amena. Neste sábado de final de ano vamos recordar uma música, dançante, da década de 80. Este sucesso fazia a cabeça da moçada no salão principal do Tip Top e nas diversas mesas de bar de nossa cidade. Um sucesso do passado de presente para você.


Charrete Boy



O Waldim (filho do Geriowaldo), menino de uns 10 anos de idade, era na fazenda do meu padrinho o que se pode chamar de “charrete boy”. Na cidade tem o motoboy, não tem? Então! Nas fazendas tem – ou tinha naquele tempo, que já vai longe – o charrete boy. O menino que com a charrete do fazendeiro vai buscar as coisas ou as pessoas na cidade.

Pois naquele dia o Waldim  tinha ido buscar na cidade o Padre Antônio, que estava iniciando sua temporada por lá. Era um padre novo e tinha uma particularidade que a gente só ficou sabendo depois desse causinho que tô contando aqui e agora: ele era ventríloquo. Um dom que poucas pessoas possuem que é o de falar sem abrir a boca. Dizem que é uma técnica de emitir os sons pelo estômago. Aliás, um grande ventríloquo que existiu no Brasil foi o pai das cantoras Linda e Dircinha Batista. Chamava-se Batista Junior e se apresentava em circos e teatros. E, de lambuja, era um grande compositor.

Mas, seguindo no causo. O Padre Antônio sobe na charrete com o caipirinha Waldim, ruma a fazenda do meu padrinho pra rezar uma missa. Logo na saída, o padre pergunta se era longe a tal fazenda, ao que o menino prontamente e muito espertamente lhe responde que levaria uns pares de horas. O que dava pra entender que era longe pra cacete e a viagem ia ser dolorosa ou dolorida para um padre que não estava acostumado a meter a bunda no banco duro de uma charrete velha conduzida por uma eguinha lerda.

PADRE – Oh, menino! Você sabia que os animais conversam?

Waldim – Entre eles, eu sabia, sim sinhô. Eles cunvérsa bastante.

PADRE – Não, filho. Estou dizendo que os animais conversam com a gente. Conosco. Mas para isso é preciso conversar com eles com muito amor. Você quer ver os animais conversando comigo?

Aí o menino, esperto, se encanta e atiça.

Waldim – Ara, sêo padre. Essa eu tô pagando pra vê. Animar conversa cum gente. Essa nunca vi não sinhô. E o sinhô me adiscurpa, mas num querdito.

PADRE (falando para a égua) – Dona eguinha! Está muito pesada a charrete? (E faz a voz da égua sem abrir a boca) Tááá...sêo padre.

O menino, num susto, pára a charrete.

Waldim(gaguejando) – Sêo...padre... a égua falo...a minha égua...respondeu pru sinhô...eu escutei...

PADRE – Todos os animais conversam com a gente. Quer ver mais?

O padre olha um urubu nos céus e fala:

PADRE – Bom dia, urubu. (E faz voz.) Bom dia, parceiro. Bom dia, sêo padre.

E assim o Padre Antônio foi se divertindo com a surpresa encantada daquele caboclinho, que viu com os próprios olhos e ouvia ali, in loco, os bichos falando com aquele padre. Com isso, a viagem, que poderia ser longa, terminou logo, logo.

Waldim – Óia, sêo Padre! O sinhô ta vendo aquela cabrita branca ali na grama? Por favor, o sinhô num querdite em nada que ela fala prô sinhô, viu!!!!!!



(Texto adaptado - Rolando Boldrim)

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Reflexão da Sexta-Feira/Para o ano novo



Bebemos demais, gastamos sem critérios.
Dirigimos rápido demais, ficamos acordados até muito mais tarde, acordamos muito cansados, lemos muito pouco, assistimos TV demais e raramente estamos com Deus.
Multiplicamos nossos bens, mas reduzimos nossos valores.
Falamos demais, escutamos pouco, amamos raramente, odiamos freqüentemente.
Aprendemos a sobreviver, mas não a viver; adicionamos anos à nossa vida e não vida aos nossos anos.
Fomos e voltamos à Lua, mas temos dificuldade em cruzar a rua e encontrar um novo vizinho. Conquistamos o espaço, mas não o nosso próprio.
Fizemos muitas coisas maiores, mas pouquíssimas melhores.
Limpamos o ar, mas poluímos a alma; dominamos o átomo, mas não nosso preconceito; escrevemos mais, mas aprendemos menos; planejamos mais, mas realizamos menos.
Aprendemos a nos apressar e não, a esperar.
Construímos mais computadores para armazenar mais informação, produzir mais cópias do que nunca, mas nos comunicamos cada vez menos.
Estamos na era do ‘fast-food’ e da digestão lenta; do homem grande, de caráter pequeno; lucros acentuados e relações vazias.
Essa é a era de dois empregos, casas chiques e lares despedaçados.
Essa é a era das viagens rápidas, fraldas e moral descartáveis, das rapidinhas, dos cérebros ocos e das pílulas ‘mágicas’.
Um momento de muita coisa na vitrine e muito pouco na dispensa.
Uma era que leva essa carta a você, e uma era que te permite dividir essa reflexão ou simplesmente clicar ‘delete’.
Lembre-se de passar tempo com as pessoas que ama, pois elas não estarão aqui para sempre.
Lembre-se dar um abraço carinhoso nas pessoas que ama pois não lhe custa um centavo sequer.
Lembre-se de dizer ‘eu te amo’ à sua companheira(o) e às pessoas que ama, mas, em primeiro lugar, se ame…se ame muito.
Um beijo e um abraço curam a dor, quando vêm de lá de dentro.
Por isso, valorize as pessoas que estão ao seu lado, sempre…

Grata surpresa/Garota Fantástico tem raízes abadienses

Foi com muita alegria que recebi a notícia, do meu amigo Ed Marte, que a Garota Fantástica 2012 tem raízes "abadienses". Isto mesmo! A belíssima representante de Minas e campeã do certame da Globo tem em suas veias um pouco de nossa terra (ela é prima do Edmar do Geraldo Picão). Para nós martinho-campenses é motivo de orgulho. Mais uma vez nossa cidade se destaca através de seus moradores.
A musa, após vencer o concurso, foi para Nova York passar quase uma semana fotografando para o editorial da revista Vogue. Agora, de volta,  a Menina Fantástica 2012 é só alegria.  Ela chegou a Belo Horizonte na tarde do último sábado sábado e já sentiu o gostinho da fama. Além dos familiares, Melanie  foi recebida também pelos fãs no aeroporto.

“Foi um sentimento muito diferente. Todo mundo querendo tirar foto, crianças, meninos, funcionários. É muito bacana saber que o povo se identifica com você. Estou me sentindo modelo de verdade, agora a ficha caiu”, disse.
Parabéns Melanie e que seus passos sejam sempre guiados por Deus. Você merece. O abadiaemfoco curtiu sua página no face.

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Os touros do Geriowaldo


Na fazenda do Geriowaldo, aqui na zona rural da Badia,  havia 900 vaquinhas e três touros sortudos que davam conta delas: o maior tinha 500 vacas sob seu comando, o do touro do meio tinha 300, e o menorzinho, só 100 vacas.

Um dia ouviram falar que o Gê iria comprar mais um touro, da índia.
O maior touro disse:
— Eu não vou me separar das minhas vacas, nem a pau!
Nisso o touro médio disse a mesma coisa, e o júnior jurou que nem fudendo ele se separaria de suas 100 vaquinhas...
No dia do tal touro chegar, eles viram a caminhonete chegar na fazenda chacoalhando, tremendo, e de repente, quando a caminhonete parou, sai um tourão urrando, esperneando, babando na goela, um monstro de macho!
Nisso os 3 touros ficam espantados.
O maior disse:
— Quem sabe eu consiga me separar de algumas de minhas vacas.
O touro médio diz a mesma coisa e saiu chiando... Só o Júnior é que começou a grunhir, urrar, patear o chão. O mais velho disse a ele:
— Cê ta é louco! Tá querendo comprar briga com aquele bichão?
— Que nada! Eu só quero que ele saiba que eu não sou vaca!

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Esporte solidário em Ibitira


Nesta data festiva de Natal o esporte profissional dá lugar aos momentos de solidariedade. Foi o que aconteceu no último sábado (22/12) em Ibitira/MG, distrito de Martinho Campos. Num jogo disputadíssimo pela torcida os amigos do Serginho: Eron , Bernard, Renan Oliveira ,  Marcos Rocha, Jonatas Obina... (jogadores do Galo) deram um show de bola e de amizade aos presentes que, com muita tietagem, engrandeceram o evento beneficente (cada torcedor doou dois kg de alimentos para assistir ao jogo e prestigiarem os ídolos).
Este gesto mostra a honradez destes jogadores e, principalmente, a humildade. Dezenas de famílias terão um natal mais solidário com essa iniciativa. Parabéns aos organizadores do evento, em especial ao Curvina (grande incentivador do esporte em nosso município) e aos jogadores do Galo. Um evento que ficará para a história.
As fotos do evento poderão ser vistas no site amomartinhocampos.com.br .do companheiro Deth da Gráfica.

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Texto para curar ressaca, ou não!


Em se tratando de internet muita coisa pode NÃO  ser aproveitada. Todavia, algumas pérolas são de excelente qualidade! Veja essa história (que me disseram ser verdadeira) dos filhos das prostitutas.
O sujeito se chama Marc Faber, e é norte-americano. Ele é Analista de Investimentos e empresário.
Em junho de 2008, quando o Governo Bush estudava lançar um projeto de ajuda à economia americana, Marc Faber encerrava seu boletim mensal com um
comentário bem-humorado:
"O Governo Federal está concedendo a cada um de nós uma bolsa de U$ 600,00."
Se gastarmos esse dinheiro no supermercado Walt-Mart, esse dinheiro vai para a China.
Se gastarmos com gasolina, vai para os árabes.
Se comprarmos um computador, vai para a Índia.
Se comprarmos frutas e vegetais, irá para o México, Honduras e Guatemala.
Se comprarmos um bom carro, irá para a Alemanha ou Japão.
Se comprarmos bugigangas, irá para Taiwan...
E nenhum centavo desse dinheiro ajudará a economia americana. O único meio de manter esse dinheiro na América é gastá-lo com prostitutas e cerveja,
considerando que são os únicos bens ainda produzidos por aqui.
Estou fazendo a minha parte...

Resposta de um brasileiro igualmente bem humorado:
"Realmente a situação dos americanos parece cada vez pior." Lamento informar que, depois desse seu e-mail, a Budweiser foi comprada pela brasileira AmBev... portanto, restaram apenas as prostitutas.
Porém, se elas (as prostitutas) repassarem parte da verba para seus filhos, o dinheiro virá para Brasília, onde existe a maior concentração de filhos da puta do mundo!"

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

É Natal!

Desejamos a todos os internautas um feliz Natal!





Por quer árvore de Natal tem anjo na ponta?


Papai Noel estava muito aflito porque ainda não tinha embrulhado todos os brinquedos. Uma rena muito doente e a outra quebrou a perna. Ele não podia fazer muita coisa, pensou em chamar o Coelhinho da Páscoa, mas ele estava de férias no Caribe...
Preocupado, decidiu ir beber algo, pra poder relaxar. Pena, que quando chegou na adega, não encontrou nada. Voltou à cozinha para comer qualquer coisa mas os ratos tinham comido tudo. E como se tudo isto não bastasse, encontrou um recado da Mamãe Noel dizendo que sua mãe — a Sogra Noel — ia passar o Natal lá na sua casa...
No meio daquele desespero, alguém bateu à porta. Com a pressa de ir abrir, ele tropeçou, bateu com a cabeça na quina duma mesa, e começou a sangrar muito. Já verde de raiva, ele abriu a porta e deu de cara com um anjinho que lhe disse, com uma voz angelical:
— Olá Papai Noel! Boas Festas! Venho visitá-lo neste dia tão feliz, cheio de paz e amor. Trago aqui esta árvore de Natal. Onde é o senhor quer que eu a coloque?
E foi a partir dessa data que todas as árvores de Natal passaram a ter um anjinho no topo.

sábado, 22 de dezembro de 2012

Momento Nostalgia/Do fundo do baú

Martinho Campos já possui um ar nostálgico né? Basta você sair pelas ruas e observar as belezas que você recorda dos bons momentos de sua vida. Particularmente, hoje, olhando as estrelas sumindo com a chegada do sol (acordei cedo pra ver se o mundo tinha acabado realmente) vi que a vida vale a pena. Respirei fundo e fiz uma oração de agradecimento. Aí me lembrei de uma música, nostálgica, do "Esse Cara Sou Eu", e me vi nos anos 80, então jovem mancebo a perambular pela praça da matriz, esperando a missa dominical se iniciar para então ouvirmos o sermão do Padre.
Para completar minhas lembranças, resolvi reviver para todos esta linda melodia que nos inspira até hoje, principalmente nesta data natalina.
Bom sucesso do passado a todos. Do fundo baú, saudade não tem idade. Vitrola ligada e amor pela vida,  marcante nos corações das pessoas de bem.

Viagem segura/Lei Seca mais rígida


Já havíamos postado aqui no abadiaemfoco a notícia da nova Lei Seca, ou melhor, da ampliação da Norma que promete modificar as multas e o modelo de fiscalização por parte das autoridades.
Aproveitamos então a deixa para lembrar a todos internautas amigos, principalmente àqueles que estão de viagem marcada que, antes de colocar o carro na estrada observem o abaixo transcrito:

- verificar as condições gerais do veículo (pneus, calibragem, óleo, água, limpador de para-brisas, luzes, câmbio, amortecedores e outros;
- veja o itinerário com antecedência e condições meteorológicas (aqui na Badia, por exemplo está sendo esperada chuva para hoje e amanhã à tarde). 
- atenção redobrada pelo fato do aumento de fluxo nesta data, cuidados com ultrapassagens e utilizar velocidade compatível com as normas de trânsito.
- não beber se for dirigir;
- seguir a máxima: dirigir pra você e para os outros;

Estas dicas dentre outras, aliadas ao bom senso dos motoristas, ajudarão você a ter uma boa viagem. Principalmente agora que a Legislação mudo, devemos ter mais atenção. Veja a reportagem do EM de ontem 21/12:

O novo texto que torna a Lei Seca mais rígida está publicado na edição de hoje (21) do Diário Oficial da União. Pela norma, provas testemunhais, vídeos e fotografias poderão ser usados como comprovações de que o motorista dirigia sob efeito de álcool ou drogas ilícitas. Além disso, a nova lei aumenta as punições e os valores das multas cobradas aos infratores. Sancionada ontem (19), a medida entra em vigor no momento em que se intensificam as viagens para os feriados de Natal e Ano-Novo.



A nova Lei Seca, no Artigo 277, determina que o motorista envolvido em acidente de trânsito seja submetido a teste, exame clínico, perícia e os procedimentos técnicos e científicos para verificar se há no organismo a presença de álcool ou substância psicoativa.

Pelo texto, o estado de embriaguez ou do motorista sob efeito de drogas ilícitas pode ser caracterizado pelas autoridades a partir de observações, como a constatação de sinais e imagens – vídeos e fotografias. Também serão aceitos depoimentos e provas testemunhais que comprovem que o motorista não está apto a dirigir.

Pela alteração na lei, a multa passará de R$ 957,65 para R$ 1.915,30 para motorista flagrado sob efeito de álcool ou drogas psicoativas. Se o motorista reincidir na infração dentro do prazo de um ano, o valor será duplicado, chegando a R$ 3.830,60, além de determinar a suspensão do direito de dirigir por um ano.

Em caso de infração, o texto determina que a carteira do motorista e os documentos do veículo devem ser recolhidos pelas autoridades. O veículo também deve ser levado para o depósito dos departamentos de trânsito. De acordo com o Artigo 262, o veículo será mantido sob o Poder Público.
 (Edesio Ferreira/EM )

Causo do catecismo na Badia

O catecismo é é uma instrução religiosa, ou seja, o ensino oral da religião cristã, dos seus mistérios, princípios e código moral. A catequese é normalmente feita por um ministro autorizado pela Igreja, que também pode ser leigo, como preparação de crianças para a confissão e à primeira comunhão.
Na Badia sempre houve o catecismo, até porque somos um povo de maioria católica.
Este causo que ora conto aconteceu numa das aulas de catecismo de uma professora (aposentada) lá na Escola Dr. José Gonçalves.
A classe estava quieta  (apesar de contar com vinte crianças). A professora lia alguns textos bíblicos e os explicava à classe que ouvia atenta. Em seguida ela escreveu uma frase religiosa e mandou que os meninos seguissem, à risca, o que estava escrito. Foi uma briga generalizada. Tapa pra cá, empurrão pra lá. Meninas chorando. Só terminou quando a professora gritou e a turma então, com medo, se aquietou.
____Por que fizeram essa algazarra em minha aula?Perguntou aflita a pobre professorinha.
Waldim, filho do Geriowaldo, logo foi respondendo:
____Uai tia, a senhora escreveu no quadro " JESUS DISSE QUE AMASSEMOS UNS AOS OUTROS", então começamos a nos amassar.
A professora , aturdida, porém compreendendo seu erro disse:
____Não quero mais confusão. - disse isso colocando  o acento agudo na palavra AMÁSSEMOS.
Este causo poderia ter acontecido, ou não?