abadiaemfoco

segunda-feira, 31 de março de 2014

Geriowaldo e o amigo do Buriti


O Geriowaldo, capiau muito do pão-duro, recebe a visita de um amigo do Buriti Grande. A certa altura da conversa, o amigo pergunta:
— Se você tivesse seis fazendas, você me daria uma?
— Claro, uai! — respondeu o "Wal".
— Se você tivesse seis automóveis, você me daria um?
— Claro que sim!
— E se você tivesse seis camisas, você me daria uma?
— Não!
— Por que não?
— Porque eu tenho seis camisas novas!

É hoje (e sempre) o dia de reavaliar a saúde e a nutrição

No dia 31 de março, comemoramos o Dia Nacional da Saúde e da Nutrição. Neste dia, reforçamos a importância da alimentação saudável no desenvolvimento do corpo, na conservação da saúde e na manutenção da qualidade de vida. Comer de maneira adequada, além de nutrir o corpo e manter as suas funções, fortalece as defesas do organismo, nos protegendo de várias doenças. 

É comum ver, nos meios de comunicação, diversas "soluções mágicas" e dietas ditas milagrosas, prometendo perda ou ganhos de peso quase instantâneos. Na maioria dos casos, estas dietas são regimes que podem prejudicar a saúde. A alimentação saudável deve fornecer água, carboidratos, proteínas, lipídios, vitaminas, fibras e minerais, que são fundamentais ao bom funcionamento do organismo. Nenhum alimento específico pode dar conta sozinho de fornecer todos os nutrientes necessários ao nosso corpo, por isso a importância de se ter uma dieta variada e equilibrada.

Confira algumas dicas e atitudes que podem fazer a diferença na sua alimentação:

- Evite o consumo de alimentos ricos em calorias e industrializados, gordurosos e salgados
- Aumente o consumo de frutas, verduras e legumes, cereais integrais e feijões
- Beba água diariamente
- Reduza ou evite o consumo de bebidas alcoólicas e o uso do cigarro
- Faça exames preventivos e consulte sempre o seu médico
- Faça exercícios físicos regulares, diariamente ou pelo menos três vezes por semana, após consultar o seu médico
- Durma pelo menos 8h num período de 24h

O inexpugnável

O inexpugnável time das Alterosas, famoso alvinegro brasileiro, está veloz e mortífero como um raio em dias de tempestade. Mesmo com uma equipe mista, o Atlético Mineiro conseguiu um empate no Horto e agora está pronto para a final do centésimo campeonato estadual das Minas Gerais.
A equipe de Marion e Cia também está para garantir vaga na próxima fase da Libertadores da América deste ano, bastando para isso vencer o Independente Santa Fé na próxima quinta-feira.
A pegada se mantém no mesmo nível do ano passado, mostrando uma força dentro do Independência que assusta qualquer time visitante. E o rendimento fora também está bom, dentro dos conformes para uma equipe que almeja ganhar títulos importantes neste 2014, ano futebolístico para nós brasileiros.
O Galo está em alto astral e, com a graça do Divino, faremos grandes festas com o brilho, a garra e a alegria da torcida mais apaixonada e apaixonante das Gerais.

Bica eles bicudo! Rumo ao Tri e ao Bi consecutivos...

domingo, 30 de março de 2014

Prefeitura se equipando...

Uma boa notícia para os martinho-campenses. A prefeitura municipal recebeu do governo federal maquinário para trabalhar nas estradas vicinais e demais serviços do departamento de obras. O governo federal, através do PAC 2, enviou para Martinho Campos duas máquinas e um caminhão. O maquinário está exposto na praça da matriz da cidade.
Agora os serviços de terraplanagem e similares poderão ser realizados com maior fluidez e em maior quantidade, neste nosso imenso município.
Parabéns ao prefeito e aos demais interferentes que conseguiram esses veículos para a cidade.


sábado, 29 de março de 2014

Antigamente....

Uma coisa interessante que aconteceu no passado e Martinho Campos também participou foi a observação da passagem do Cometa Halley. Como todos sabem, o cometa Halley passa de 76 em 76 anos e, em alguns pontos da Terra se pode vê-lo a olho nu.
Em 1986 ele passou por aqui. Todos os jovens, assim como eu, fomos para o trevo (área de lazer) para ver o fantástico fenômeno da natureza.
Não foi tão fácil assim vê-lo passar, porque ele passou a uma distância considerável da Terra e somente alguns puderam observá-lo. Mas a festa foi geral.
Como naquela época não tinha muito tecnologia o divertimento era andar pela praça da Badia e de vez em quando dar um "rolé" lá pelas bandas do trevo. 
Coisas de um passado não muito distante em nossa maravilhosa cidade. E eu espero ainda ver o cometa Halley em 2061. Bom sábado a todos, ao som de duas músicas do passado para você, de presente!

Agora a Nacional


Coisas da net

sexta-feira, 28 de março de 2014

Você já parou para pensar!? /Reflexão da sexta-feira


Ser forte é amar alguém em silêncio
Ser forte é deixar-se amar por alguém que não amamos
Se forte é mostrar alegria quando não se sente
Ser forte é sorrir quando se deseja chorar
Ser forte é consolar quando se precisa de consolo
Ser forte é calar quando o ideal seria gritar a todos a nossa angústia
Ser forte é irradiar felicidade quando se é infeliz
Ser forte é esperar quando não se acredita no retorno
Ser forte é manter-se calmo no desespero
Ser forte é fazer alguém feliz quando se tem o coração em pedaços
Ser forte é ter fé naquilo que não se acredita
Ser forte é acreditar que em nossa fraqueza Deus opera o seu poder 
Seja forte em qualquer situação!!!
SHALON

Explicações dos termos da Net

(Texto extraído da revista  superinteressante)
Na internet, nos acostumamos com termos que surgem de repente, sem muita explicação, e que passam a fazer parte do nosso dia a dia. Tão comuns que nem perdemos tempo tentando entender porque diabos alguém deu esse nome tão estranho para alguma coisa na web. Mas você não precisa ser hacker para saber: com a ajuda de alguns sites e do Google, descobrimos os significados de trollsmemesblogs, etc. Confira a lista com as 10 explicações para termos comuns na internet:
1. TROLL
TrollFace
“Não alimente os trolls” é uma frase que deveria figurar na sessão de comentários de muitos sites. Irritante, engraçado ou provocador, troll é o nome dado para designar as pessoas que semeiam a discórdia na internet. O verbo “trollar” surgiu do mesmo termo e significa enganar, zombar, etc. A origem vem do folclore escandinavo e de antigos mitos infantis, em que o troll é um gigante ou demônio, vilão das histórias. A palavra começou a ser usada na web no final dos anos 80, quando usuários mais antigos pregavam peças (“trollavam“) os novos usuários.
2. SITE
Internet1
As páginas que visitamos todos os dias na internet tem um nome em inglês: site ou website. Em português, também usamos os termos sítio ou sítio eletrônico. Mas não, o termo não tem nada a ver com fazenda. Quando a internet foi criada, Tim Berners-Lee deu o nome de World Wide Web, algo como “grande teia global”. Cada ponto de união dessa teia é um local com hipertextos. Daí, o nome não é nada criativo: para caracterizar um “local na teia”, são usadas as palavras em inglês para local (site) e teia (web).
3. HACKER
DEF_CON_17_CTF_competition
hacker é uma espécie de pirata moderno, que, com grandes conhecimentos de tecnologia, acessa informações sem autorização de seus donos. Apesar da associação com crime, hackearantigamente significava ser bom com objetos eletrônicos, um talento tão específico que criou uma espécie de comunidade. O substantivo “hack” em inglês significa, entre outras coisas,”enxada”, e o adjetivo vem da ideia de que essas pessoas trabalhavam duramente para entender os softwares. Esses hackers positivos ainda existem e preferem chamar os criminosos da área de crackers.
4. GOOGLE
1-google-art2
Google é uma das maiores empresas do mundo e seu nome se tornou quase um sinônimo para pesquisas na internet. Mas tem quem se pergunte o porquê da escolha de um nome assim para um site de buscas. Bom, jogamos a pergunta no Google, o próprio, e a resposta é a seguinte: os fundadores Larry Page e Sergey Brin decidiram fazer um trocadilho com “googol”, um termo matemático que representa o número com dígito 1 seguido de cem dígitos 0. O número quase infinito pareceu uma boa palavra para representar a ideia de organização das informações infinitas que estão na web.
5. FIREWALL
Firewall
firewall é um programa de proteção usado em computadores para defender os sistemas de vírus, hackers e outras ameaças. A palavra, que significa “parede antichamas” em inglês, foi escolhida porque, assim como a barreira física construída para impedir que prédios peguem fogo, suas paredes (walls) online protegem os computadores do perigo.
6. COOKIES
Chocolate_Chip_Cookies_-_kimberlykv
Na internet, cookies são pequenas informações suas que são armazenadas quando você visita um site. Para quem não sabe, cookies também são biscoitos, em inglês. Ok, mas o que uma coisa tem a ver com a outra? Bem, segundo o inventor do termo, Lou Montulli, a palavra derivou do antigo termo “magic cookies”, que basicamente significava a mesma coisa. Acredita-se que os tais “biscoitos mágicos” são uma referência a antigos videogames, quando os jogadores tinham que coletar “magic cookies” para avançar no jogo.
7. SPAM
3590496102_02a3a2ed27_o
Uma coisa é fato: ninguém suporta spams. O termo é usado para designar todo aquele lixo eletrônico não solicitado que chega diariamente no seu e-mail. Quem diria que a explicação para a palavra surgiu da comédia. No programa de esquetes britânico Monty Python, um dos quadros mostrou um jantar que servia spam (Spiced Ham ou Presunto Apimentado) em todos os pratos. Com isso, todos os personagens gritavam a palavra spam várias vezes. Mais tarde, o termo acabou pegando na internet, associado a coisas irritantes e repetitivas.
8. MOUSE
The_Apple_Mouse
Em tempos de touchscreen, o mouse começa a ficar ultrapassado. Mas muita gente ainda usa esse aparelhinho que ajuda na navegação dos computadores. Agora, de onde surgiu o nome mouse(rato, em inglês)? Bem, nem o seu inventor, Douglas Engelbart, sabe. Segundo ele, ninguém na equipe de criação lembra direito porque começaram a usar o nome e que talvez seja porque o objeto se parecia com um rato com cauda. Porém, segundo Roger Bates, um designer que trabalhava no laboratório na época, o termo surgiu porque o cursor na tela dos computadores se chamava CAT (gato, em inglês) e eles decidiram apelidar o aparelho de mouse para acompanhar.
9. MEME
Challenge_Accepted_Rage_Meme
Ah, o meme, esse fenômeno da internet que viraliza ideias, pessoas ou ações. Os memes são uma parte importante da nossa cultura popular hoje em dia. Afinal, quem nunca usou uma #trollface ou disse #quedeselegante? A explicação do termo vem de  um livro chamado “O Gene Egoísta”, publicado em 1976. O autor, Richard Dawkins, buscava uma palavra para descrever o ato de imitação cultural e escolheu o termo grego “mimeme”, que significa “imitar”. O cientista decidiu condensar a palavra para meme, para que rimasse com “gene”. Décadas mais tarde, o termo saiu do campo das ciências naturais e passou a ser usado na internet.
10. BLOG
Blog_(1)
Blogs são espaços que temos para compartilhar posts e links, de uma forma mais pessoal e interativa. O nome surgiu do encurtamento de weblog (Web = internet; Log = registro). Jorn Barger criou a palavra em 1997, para se referir ao seu website “Robot Wisdom”, que registrava (logged) suas reflexões. Com o tempo, a forma encurtada ficou popular e virou o temo oficial.

quinta-feira, 27 de março de 2014

Enquanto isso numa escola da "Badia"

Joãozinho pergunta para sua mãe:
— Mãe, você sabia que vermelho é cor do amor?
— Sei sim. Por quê?
— Te amo! Toma aqui meu boletim...

O professor do colégio estava dando uma aula sobre o Amor. Para ilustrar, pede aos seus alunos que deem exemplos de atos de amor.
A Claudinha apresenta o seguinte:
— No dia do aniversário da minha tia, o titio deu a ela uma caixa de bombons!
O Paulinho conta:
— Um dia meu pai chegou em casa com um buquê de rosas para a minha mãe.
Foi quando o Joãozinho pediu para falar:
— No mês passado, meu primo comprou uma moto nova e começou azarar a filha do vizinho. Conversa pra lá, conversa pra cá; ele convenceu a garota a ir dar uma volta de moto. Ela subiu na garupa e eles desceram a rua.
Como a conversa estória estava comprida, o professor pergunta:
— Joãozinho, mas cadê o ato de amor dessa historia?
E o Joãozinho responde:
— Mas eu ainda não terminei! — e toca a história para frente — No fim da ladeira ele virou para pegar a outra rua, só que entrou na mão errada. Quando viu, vinha vindo um ônibus pra cima deles. Assustado ele desgoverna a moto e os dois se arrebentam num muro.
— Mas Joãozinho, onde é que está o ato de amor da sua história? Eu não vi nenhum. — pergunta o professor.
Mas o Joãozinho imediatamente responde:
— É... Eu também não vi o tal ato de amor, mas que eles se fuderam, se fuderam!

quarta-feira, 26 de março de 2014

"Cacau" - fruta e Palavreado

Hoje é considerado o dia do Cacau. Vejamos algumas considerações:

A origem do cacau é contada pelos povos pré-colombianos. O deus asteca dos ventos gelados e da lua prateada, Quetzalcóatl, ofereceu aos seres humanos um presente: sementes de um fruto mágico, que era capaz de repor a energia das pessoas, aliviando o cansaço. Quetzalcóalt foi aos campos luminosos do Reino dos Filhos do Sol e roubou as sementes da árvore sagrada, o cacaueiro.

Os primeiros a cultivarem a árvore foram os sacerdotes astecas. Os frutos estavam intimamente ligados à religiosidade, devido à lenda. Das favas desses frutos, os astecas produziam uma bebida amarga que, segundo a crença, possuía "poderes especiais" e só podia ser tomada em taças de ouro.

O conquistador espanhol Fernando Cortés, quando chegou ao México em 1519, teve contato com a bebida dos astecas. Em carta ao rei Carlos V, Cortés relatou as propriedades energéticas da maravilhosa bebida: bastava uma taça daquele precioso líquido para que a pessoa recuperasse a energia perdida em um dia de caminhada, sem necessidade de qualquer outro alimento. Cortés afirmou que o imperador dos astecas, Montezuma, nunca se servia da bebida sagrada na mesma taça de ouro. Mais do que uma demonstração de riqueza, tal prática provava a enorme reverência que os astecas tinham pela bebida.

Da amarga bebida dos astecas ao delicioso chocolate apreciado nos dias de hoje, o cacau teve uma trajetória bastante singular. O gosto amargo da bebida não agradava aos europeus que, aos poucos, foram adicionando especiarias, açúcar e outros condimentos. A partir daí, a bebida, tomada quente, conquistou todas as cortes européias e se tornou privilégio das elites. Logo depois, o cacau passou a ser processado em tabletes, que eram facilmente transformados em bebida.

A Espanha detinha praticamente toda a produção de cacau e chocolate quando, em 1778, estes passaram a ser industrializados nos Estados Unidos e na Holanda. O holandês Van Houten foi pioneiro na indústria de chocolate em seu país e, segundo alguns estudiosos, produziu os primeiros ovos de chocolate consumidos na Páscoa.

Theobroma Cacao, que em grego significa "alimento dos deuses", é o nome científico do cacaueiro, espécie nativa da floresta tropical úmida americana, que teve sua origem, provavelmente, nas nascentes dos rios Amazonas e Orenoco, depois ultrapassou os Andes, atingindo Venezuela, Colômbia, Equador, países da América Central, México e também o Brasil, ao longo do rio Amazonas. O cacaueiro foi introduzido na Bahia, em 1746, pelo colono francês Luís Frederico Warneaux, que trouxe as sementes do Pará. Atualmente, a Bahia é o maior produtor nacional de cacau, atendendo os mercados interno e externo.


Mas a palavra cacau também pode ser usada no sentido de dinheiro. " Ele recebeu o cacau"! " Fulano é cheio de cacau!"...
O motivo é a constelação de gírias que temos em nosso falar brasileiro. 

terça-feira, 25 de março de 2014

"The Impossibles" - Gente da gente

O abadiaemfoco traduz aqui no blog , em forma de texto, as personalidades, personagens e baluartes da cultura martinho-campense.
No "Gente da Gente" de hoje vamos trazer um pouco dos "The Impossibles", uma banda que marcou época em nossa cidade e na região. Formada por abadienses fervorosos e muito craques na música. Primeiramente vamos conhecer os artistas integrantes da Banda:

Na foto postada acima (atravessando a Avenida) = Primeiro da Fila (frente) José Adélcio (Vulgo Beúca), Segundo Antônio Carlos, Terceiro José Aparecido (Vulgo Nêgo), Quarto Gerson Freitas e Quinto Robson Coutinho Arruda......(1o.Cantor/Guitarra Solo, 2o. Guitarra Base, 3o.Contra-Baixo, 4o. Pistonista, e 5o. Baterista). 

O ponto de encontro dos jovens, naquela época, era a praça da Matriz, lugar muito apreciado pela banda. Todavia o foco principal da galera eram os  bailes aos sábados, tendo como atração principal "The Impossibles" com suas interpretações sensacionais da Música Popular Brasileira, do iê Iê iê...[ Anos 70 a 74] .
Sempre foram festas muito animadas. Rolava no som marcante da banda: Pholhas, The Jordans, Renato e Seus Blue Caps, The Fevers, Evaldo Braga, Reginaldo Rossi, Os Incríveis...... e outros mais. 

A moçada se divertia muito aos toques sensíveis dos instrumentos, entoando grandes sucessos da época, tais como: "O Milionário", "Perdi Você", "Diana", "Teresa", "Girl", "Nataly", " Mon Amour meu Bem Ma Fame", "Só Quero", "Have you ever seen the rain", etc. 
Por isso a banda é considerada um dos ícones culturais de nossa cidade. Um sucesso que orgulha todos nós martinho-campenses. Parabéns!









Salmo 81

1.
Salmo de Asaf. Levanta-se Deus na assembléia divina, entre os deuses profere o seu julgamento.

2.
Até quando julgareis iniquamente, favorecendo a causa dos ímpios?

3.
Defendei o oprimido e o órfão, fazei justiça ao humilde e ao pobre,

4.
livrai o oprimido e o necessitado, tirai-o das garras dos ímpios.

5.
Eles não querem saber nem compreender, andam nas trevas, vacilam os fundamentos da terra.

6.
Eu disse: Sois deuses, sois todos filhos do Altíssimo.

7.
Contudo, morrereis como simples homens e, como qualquer príncipe, caireis.

8.
Levantai-vos, Senhor, para julgar a terra, porque são vossas todas as nações.

segunda-feira, 24 de março de 2014

Artistas da "Badia" - Ed Marte

Meu amigo e artista Edmar, martinho-campense da gema, há vários anos radicado em BH, é um grande artista que desponta para o sucesso a cada dia que passa. Dono de uma performance inconfundível, Ed Marte (como é chamado) é ator e arte-educador na metrópole mineira.

Celeiro de grandes artistas, Martinho Campos se orgulha por ter Ed Marte como um dos ícones da cultura pop brasileira.
Hoje o abadiaemfoco fala um pouco deste personagem artístico, aproveitando a reportagem que também está nas páginas do jornal "O Tempo".

"Quem acompanhou o Carnaval belo-horizontino provavelmente se deparou, ainda que de relance ou nas páginas do Facebook, com a carismática imagem de Ed Marte. Figura onipresente na emergente festa da capital mineira, com sua inconfundível combinação entre barba e maiô, Ed ainda arrumou tempo para integrar júris de concursos de marchinhas e fantasias, consolidando-se como uma espécie de referência local quando o assunto é Carnaval. Até mesmo algumas fantasias de Ed Marte, vale dizer, foram vistas durante a folia da cidade.

Ator, performer e arte-educador, Ed tornou-se Ed Marte há pouco mais de três anos, quando começou a incorporar com mais frequência, ao próprio visual, alguns elementos do guarda-roupa feminino, ampliando cada vez mais seu acervo de saias, vestidos e maiôs. Foi em meio ao surgimento da irreverente Praia da Estação, conta o artista, que se consolidou essa abertura.
“Essa história começou porque eu ia de maiô, num clima de brincadeira, e aquilo começou a ganhar força. Aos poucos vi que a minha presença causava alguma coisa nos ambientes, fosse nos bares ou na própria praça, e eu comecei a me divertir e jogar com isso”, sintetiza Ed, que entende suas composições femininas como continuidades – e não rupturas – com a imagem que apresenta no cotidiano. Quando participou dessa entrevista, por exemplo, Ed usava bermuda, camisa florida e chinelos.
“Quando comecei a usar as peças femininas, muitas pessoas até me perguntavam qual era a minha fantasia, qual era o meu personagem, e eu não sabia o que responder. Logo entendi que o Ed Marte não é um personagem, sou eu mesmo, testando esses limites entre masculino e feminino, recorrendo a elementos dos dois gêneros sem recusar nem um, nem outro”, sintetiza ele.
Performance. Pouco tempo depois daquela descoberta espontânea, explica Ed, foram criadas suas primeiras performances concebidas como tal, dentre as quais se destacam participações no evento “Intromissões Poéticas”, coordenado pelo artista Wilson de Avelar, no Cabaré Cultural Nelson Bordello, já em 2011. “Foi ali que comecei a pensar meu trabalho como uma criação artística, a partir de performances mais estruturadas”, conta.
Integram esse leque a série de vídeos “Prazer, Ed”, criada em parceria com os videoartistas Daniel Carneiro e Renato Negrão, assim como a ação “Juraci”, apresentada em novembro do ano passado durante o evento “Outra Presença”, com curadoria de Marco Paulo Rolla, Ana Luísa Santos e Nathalia Larsen. “Experimento sempre um jogo com a minha própria imagem, tratada como uma imagem que se transforma”, observa o performer.
Ainda que a problemática do gênero ocupe a primeira camada dos trabalhos de Ed, ao artista interessa ampliar a questão. “Procuro não me enquadrar em bandeiras ou rótulos. Tem gente que me aproxima da Laerte, por exemplo, mas são histórias diferentes. Enquanto ele só se veste de mulher, eu quero ter a liberdade de vestir o que eu quiser”, acrescenta.
“Minha intenção é justamente exercer e afirmar essa liberdade, sem provocar ou desrespeitar ninguém. E acho que tenho conseguido, até pelas reações que a minha presença tem despertado por aí. Principalmente quando estou de barba, o que fica é um clima de dúvida no ar”, conta o artista.
Cada vez mais integrado ao circuito da performance, com apresentações em espaços como o Museu de Arte da Pampulha e o Sesc Palladium, Ed segue realizando a maior parte de seu trabalho artístico em meio à própria vida, tendo a experiência da rua e a interação com o público como importantes pilares dessa criação.
Em seus próximos planos, adianta, figura um cenário situado a alguns quilômetros da praia de concreto que lhe deu origem. É no hiperpopular Piscinão de Ramos, garante o artista, que deve ser filmado o próximo vídeo da série “Prazer, Ed”. “Hoje em dia, a performance é o que eu vivo – é a minha vida. Sou eu, testando os limites dessa vida, de como viver”.
(Ver a reportagem completa no Jornal O Tempo de hoje (24/03/2014)

A culpa também é nossa!

A escassez de chuvas e baixo volume d'água deste ano nos remetem ao longínquo 2001 onde tivemos também baixa nos reservatórios e racionamento de energia e água em alguns pontos de nosso Brasil. Ocorre que este ano a demanda de energia aumentou ainda mais e a previsão de chuva continua baixa. Certamente teremos dificuldades ao longo do ano se "São Pedro" não nos ajudar.
O governo também tem sua culpa no que diz respeito a escassez de nossos recursos, pois a responsabilidade das políticas públicas é de responsabilidade dele. Mas o problema não é só do governo não.
Nós também temos que nos educar para depois ficar torcendo por chuva e reclamar dos políticos. O desperdício de água e energia elétrica também são fatores desencadeantes de racionamento.

É comum vermos pessoas lavando passeios, asfalto, carros (duas ou três vezes por dia) em alguns pontos de nossa cidade. Isso gera uma grande demanda e consequentemente a diminuição da matéria prima da energia do Brasil : a água.
Também o desperdício de energia (lâmpadas acesas sem necessidade, diversos aparelhos ligados ao mesmo tempo, etc) pode ser um sinal de dias piores quanto ao fator energético.
Devemos sim fazer uma economia de água e energia sempre que possível. Não só pela economia financeira que isso gera, mas também pelo fato de estarmos contribuindo para o não racionamento e para o equilíbrio satisfatório do meio ambiente.
Não adianta ficarmos condenado o governo, pedindo ajuda para São Pedro se não fizermos a nossa parte. Somos responsáveis por aquilo que consumimos.

Rumo ao tri

O Atlético Mineiro encaminhou bem sua classificação para a final do Campeonato Mineiro 2014 ao vencer com folga o América pelo placar  de 4x1 no primeiro jogo da semifinal. Agora pode até perder por três gols de diferença que já estará classificado para a decisão.
Com maestria Guilherme aproveitou bem o lugar deixado por R10 (sentiu dores ) e fez uma brilhante partida, onde todos se mostraram mais aguerridos e com fome de bola. Lembrou muito o Atlético campeão da Libertadores 2013. Foi um jogo bem disputado e venceu aquele que teve mais técnica e vontade de vencer.
Aos poucos o grupo vai tomando cara de time campeão e adquirindo uma tática formulada por Autuori, que vai dando consistência para as disputas dos campeonatos em andamento e para os que virão.
Marion mais uma vez mostrou que já não é promessa, mas sim realidade. Um grande e jovem jogador que vai encantar e muito a torcida alvinegra.
A torcida vive momentos felizes e, certamente, terá um final feliz. Porque aqui, aqui é Galo!


sábado, 22 de março de 2014

Biscoito fofo...Momento Nostalgia

Uma das melhores coisas  em nossa infância, na pequena e pacata Martinho Campos, era ficar esperando, próximo ao forno de barro, a primeira fornada de biscoito fofo. Sim, galera do abadiaemfoco, biscoito fofo. É um tipo de biscoito feito de polvilho, ovos e leite (noz moscada, sal...). O interessante era o ritual antes da primeira fornada sair. Primeiramente tinha que colocar fogo no forno de barro, depois de algumas horas tirar um pouco das brasas com uma espécie de vassoura de alecrim e aí sim colocar as formas com os biscoitos. Minha vó Rosa, trabalhadeira que era, ficava o sábado inteiro por conta deste forno e do que saía dele. Eram roscas, tarecos, biscoitos e broas (mais conhecidas como "parece mais não é"). 
Era uma festa só e tínhamos quitandas para a semana toda. Quanta saudade.
E para não deixar esses momentos se acabarem, vamos ouvir duas músicas do passado, de presente para você!



Agora a nacional


sexta-feira, 21 de março de 2014

Anedotário político

Um proeminente cidadão político da "Badia", em visita à Assembleia dos Deputados em BH,  vai a um restaurante chique após a reunião. Depois de almoçar fartamente  pede uma latinha de cerveja. Assim que seu pedido é atendido tira do bolso um abridor de latas e começa a abri-la. O garçom, vendo aquela cena, não se contem e pergunta:
— Desculpa, senhor mas o senhor não sabe pra que serve este anelzinho aqui em cima da lata?
— É claro que eu sei, ora! É só pra quem não tem abridor!

Revista "Óia Badia"


A revista Óia Badia, sucesso internacional, traz mais uma série de notícias sobre sua cidade e região. As informações aqui contidas são de uso restrito dos martinho-campenses e sua veracidade depende do entendimento do cidadão. Completamente proibida a venda destas informações. Agora, repassá-las gratuitamente pode. Aconselha-se ler com seriedade, pois são notícias recentes e de cunho forte. Não pode rir!
Vamos às boba.., digo, vamos às notícias...

NOVOS HÁBITOS
Moradores do centro-sul de Martinho Campos aderiram às caminhadas rumo ao Aeroporto Internacional da Badian. Horário preferido: depois das 17h. Motivo - neste horário os botecos já estão abertos.

Grande parte dos abadienses estão plantando a árvore "Dama da Noite" para afugentar os pernilongos. O problema é que os danados já se acostumaram com o cheiro e o usam como cigarrinhos do capeta.

TRANSPORTES
Ônibus da Oeste de Minas atrasa e com isso cria um colapso na viação Sarandi que entrou no "Saco" com duas horas de atraso.

Restos de um fusca 73, parado na área de lazer já se tornou patrimônio histórico cultural. Visitas a qualquer hora e em qualquer dia...

90% das  estradas vicinais da cidade possuem subidas e descidas. A ideia é deixar somente as descidas até as Olimpíadas de 2016.

FUTEBOL
Torcedor do Cruzeiro, fanático, quer que os eucaliptos do entorno da cidade sejam pintados de azul. Meio ambiente deverá decidir.

Time do União Futebol Clube ainda acredita que é melhor que o Abadia. Papai Noel também existe!

Uniforme do Galo Doido em promoção pode ser encontrado na Loja do Yon, só que é lá em Pompéu. 

Raridade: ainda se encontram torcedores do América em Martinho Campos.

Time do Ranca-Toco vence jogo contra  os Pés de Galinha e se consagra campeão da copa Bridgestone Badia . 

POLÍTICA
(censurado)

FESTAS & GNT
Sábado da Aleluia na Badia será movimentadíssimo. Festas a correr o rodo. Em Buriti Judas Fest, no Alberto Isaacson  Baile dos Barangos, no Clube do Abadia Turma do Rex.....e por aí vai....

Geriowaldo, do abadiaemfoco, ganha o título de cidadão honorário da Badia.

BBB já está chegando ao fim....GRAÇAS A DEUS!

INTERESSA
Aeroporto internacional da Badia terá metade dos voos cancelados nos dias dos jogos da Copa do Mundo.

Nova estratégia para emagrecer: Pegar uma enxada e capinar lotes . Pode ser usada todos os dias. Resultado em pouco semanas....

Crise na Ucrânia pode elevar os preços da rapadura em Martinho Campos. As pessoas estão bebendo mais pinga  em nossa cidade por causa dos russos e da Crimeia. Com isso as rapaduras dispararam no mercado.

Sexta-feira da paixão, em Martinho Campos,  cairá numa sexta-feira.

Mercados e bancos abrem normalmente no dia 1º de abril. Também haverá reunião na Câmara de vereadores.

Avião desaparecido pode ter se encontrado com a Luz Santana em Ibitira city.

Ciência diz que meteorito que caiu na "Bitira" pode ter trazido o primeiro índio para a região. Caxixós não acreditam nesta versão.

Casal de tartarugas completa a travessia da ponte velha do picão em cinco semanas.


ENQUETE

Quem escreve tudo errado no facebook pode ser considerado  analfabeto?

SIM - 28%
NÃO - 18%
NÃO OPINARAM - 04%
MANDOU O PESQUISADOR  À  PQP - 50%

CLASSIFICADOS

Furam-se cisternas com vista para o céu. Pode ser de tijolo furado, bloco ou porcelanato. (77546-99112)

Oportunidade; lotes no meio do Rio São Francisco. Já vem com planta (musgo). (77546-99112)

Vende-se torneira usada em chafariz antigo da Rua do Bambé. Só dá água potável.(77546-99112)

Ingresso Vip para camarote da Baratona 2015, tratar: (77546-99112)


Obs. Os fatos aqui narrados são fictícios. Qualquer sugestão poderá ser deixada nos comentários e está sujeita às moderações do blog.









Reflexão da sexta-feira/Canteiros

Quando penso em você
Fecho os olhos de saudade
Tenho tido muita coisa
Menos a felicidade
Correm os meus dedos longos
Em versos tristes que invento
Nem aquilo a que me entrego
Já me dá contentamento
Pode ser até manhã
Sendo claro, feito o dia
Mas nada do que me dizem
Me faz sentir alegria
Eu só queria ter do mato
Um gosto de framboesa
Pra correr entre os canteiros
E esconder minha tristeza
E eu ainda sou bem moço pra tanta tristeza
E deixemos de coisa, cuidemos da vida
Pois senão chega a morte
Ou coisa parecida
E nos arrasta moço
Sem ter visto a vida
Eu só queria ter do mato
Um gosto de framboesa
Pra correr entre os canteiros
E esconder minha tristeza
E eu ainda sou bem moço pra tanta tristeza
E deixemos de coisa, cuidemos da vida
Pois senão chega a morte
Ou coisa parecida
E nos arrasta moço
Sem ter visto a vida
É pau, é pedra, é o fim do caminho
É um resto de toco, é um pouco sozinho
É um caco de vidro, é a vida, é o sol
É a noite, é a morte, é um laço, é o anzol
São as águas de março fechando o verão
É promessa de vida em nosso coração

quinta-feira, 20 de março de 2014

Madrugada explosiva no centro-oeste mineiro


(Do Jornal digital Estado de Minas)

Dois ataques a caixas eletrônicos de agências bancárias foram atacados por criminosos na manhã desta quinta-feira nas cidades de Araújos e Luz, na Região Centro-Oeste de Minas Gerais. Os suspeitos dos crimes ainda não foram localizados.

O primeiro crime aconteceu em Araújos, a 1h. Segundo a Polícia Militar (PM), quatro homens armados desembarcaram de um Strada Adventure prata e de um outro carro preto na Avenida Brasília. Eles arrombaram a porta do Banco do Brasil e explodiram os terminais. Após o roubo, eles fugiram em direção a Santo Antônio do Monte. 

De acordo com a PM, mais tarde, às 3h25, cinco homens com dois fuzis, duas espingardas calibre 12 e pistolas automáticas, renderam um funcionário de um posto de gasolina e o motorista de um Uno que estavam perto da agência do Bradesco, em Luz. Eles explodiram um dos equipamentos e fugiram em um Ecosport prata, modelo antigo, em direção à BR-262. A polícia ainda faz buscas pelos envolvidos no crime. Ainda não se sabe quanto dinheiro foi levado nos assaltos.

Pessoas inteligentes confiam mais nas outras!


Alguma vez na vida você provavelmente se sentiu burro por confiar em alguém e levar a pior. Não se sinta mais assim. Na verdade, confiança é sinal de inteligência.
Foi o que descobriram pesquisadores da Universidade Oxford. Eles analisaram os dados de um estudo feito a cada um ou dois anos (o General Social Survey) com a população americana sobre suas características e atitudes. Os participantes responderam a perguntas do tipo “Você diria que, em geral, a maioria das pessoas pode ser confiável ou que você não pode ser muito cuidadoso ao lidar com as pessoas?”. Eles também passaram por testes para medir a inteligência.
Coube aos sociólogos de Oxford associar a inteligência dos participantes à confiança que eles depositavam em outras pessoas. E eles perceberam que os mais espertinhos também tinham o pé menos atrás.
Uma das explicações é que os inteligentes acertam mais ao julgar as pessoas e aí escolhem bem seus parceiros – por isso desconfiam menos deles. Eles também parecem reconhecer melhor as situações em que correm o risco de serem traídos. E por isso se sentem menos ameaçados.
Será mesmo?
(Extraído da revista superinteressante - Carol Castro)