abadiaemfoco

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Reflexão da sexta-feira/Depende de nós


Depende de nós
Quem já foi ou ainda é criança
Que acredita ou tem esperança
Quem faz tudo pra um mundo melhor

Depende de nós
Que o circo esteja armado
Que o palhaço esteja engraçado
Que o riso esteja no ar
Sem que a gente precise sonhar

Que os ventos cantem nos galhos
Que as folhas bebam orvalhos
Que o sol descortine mais as manhãs

Depende de nós
Se este mundo ainda tem jeito 
Apesar do que o homem tem feito
Se a vida sobreviverá

Depende de nós 
Quem já foi ou ainda é criança
Que acredita ou tem esperança 
Quem faz tudo para um mundo melhor



quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Dia das Bruxas (Halloween) ou dia do Saci

Em vez de cultuarmos o folclore dos EUA, por que não valorizar o nosso?

Quem é o saci 
O Saci-Pererê é um dos personagens mais conhecidos do folclore brasileiro. Possuí até um dia em sua homenagem: 31 de outubro. Provavelmente, surgiu entre povos indígenas da região Sul do Brasil, ainda durante o período colonial (possivelmente no final do século XVIII). Nesta época, era representado por um menino indígena de cor morena e com um rabo, que vivia aprontando travessuras na floresta.
Porém, ao migrar para o norte do país, o mito e o personagem sofreram modificações ao receberem influências da cultura africana. O Saci transformou-se num  jovem negro com apenas uma perna, pois, de acordo com o mito, havia perdido a outra numa luta de capoeira. Passou a ser representado usando um gorro vermelho e um cachimbo, típico da cultura africana. Até os dias atuais ele é representado desta forma.   
Características e comportamento do Saci-pererê
O comportamento é a marca registrada deste personagem folclórico. Muito divertido e brincalhão, o saci passa todo tempo aprontando travessuras na matas e nas casas. Assusta viajantes, esconde objetos domésticos, emite ruídos, assusta cavalos e bois no pasto etc. Apesar das brincadeiras, não pratica atitudes com o objetivo de prejudicar alguém ou fazer o mal. 
Diz o mito que ele se desloca rapidamente dentro de redemoinhos de vento, e para captura-lo é necessário jogar uma peneira ou um rosário bento sobre ele. Após o feito, deve-se tirar o gorro (carapuça) e prender o saci dentro de uma garrafa. Somente desta forma ele irá obedecer seu “proprietário”. Este terá o direito de fazer um pedido ao Saci, que deverá realizá-lo.
Mas, de acordo com o mito, o saci não é voltado apenas para brincadeiras. Ele é um importante conhecedor das ervas da floresta, da fabricação de chás e medicamentos feitos com plantas. Ele controla e guarda os segredos e todos estes conhecimentos. Aqueles que penetram nas florestas em busca destas ervas, devem, de acordo com a lenda, pedir sua autorização. Caso contrário, se transformará em mais uma vítima de suas travessuras.   
Entre as travessuras preferidas do Saci, podemos citar: esconder brinquedos de crianças, dar nó em crina de cavalos, bagunçar as roupas de cama, derramar sal e açúcar na cozinha, apagar o fogo de fogões à lenha e assustar as pessoas com um forte e estranho assobio.
A crença neste personagem ainda é muito forte na região interior do Brasil. Em volta das fogueiras, os mais velhos contam suas experiências com o saci aos mais novos. Através da cultura oral, o mito vai se perpetuando. Porém, o personagem chegou aos grandes centros urbanos através da literatura, da televisão e das histórias em quadrinhos.    
Saci-pererê na literatura brasileira
Quem primeiro retratou o personagem, de forma brilhante na literatura infantil, foi o escritor Monteiro Lobato. Nas histórias do Sítio do Pica-Pau Amarelo, o saci aparece constantemente. Ele vive aprontando com os personagens do sítio. A lenda se espalhou por todo o Brasil quando as histórias de Monteiro Lobato ganharam as telas da televisão, transformando-se em seriado, transmitido no começo da década de 1950. O saci também aparece em várias momentos das histórias em quadrinhos do personagem Chico Bento, de Maurício de Souza.
Dia do Saci
Com o objetivo de diminuir a importância da comemoração do Halloween no Brasil, foi criado em caráter nacional, em 2005, o Dia do Saci ( 31 de outubro). Uma forma de valorizar mais o folclore nacional, diminuindo a influência do cultura norte-americana em nosso país. 
Curiosidades:
- Em algumas versões da lenda, o Saci-Pererê aparece com as mãos furadas.
- De acordo com a lenda, a noite todos os sacis do mundo se encontram para planejarem as travessuras que irão fazer.
- O Saci-Pererê é o mascote do time de futebol Sport Club Internacional de Porto Alegre. 

Tabu futebolístico

O Galo não começou bem as semi da Copa do brasil e perdeu para o Flamengo por dois tentos a zero. Claro que o Atlético jogou bem e merecia pelo menos um empate com o Urubu, porém um lance de bola parada e um "deslize" do Josué fizeram a alegria dos mais de cinquenta mil torcedores rubro-negros presentes no estádio do Maraca. Aliás, o Atlético não dá sorte neste estádio. Há muito tempo não vence ali e precisa urgentemente quebrar este tabu futebolístico.
Agora é colocar as barbas de molho e treinar bastante para revertermos o placar aqui no Gigante da Pampulha, na próxima quarta.
Nós acreditamos sempre! Porque aqui, aqui é Galo!


quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Possível aumento de taxa de iluminação...

O poder executivo municipal encaminhou à Câmara de vereadores o Projeto de Lei 017/2014, a ser votado , quiçá na próxima terça, cujo teor é um possível aumento da taxa de iluminação pública do município de Martinho Campos. Segundo a justificativa do projeto, o mesmo  visa adequar a cobrança da contribuição de iluminação pública às normas constitucionais vigentes, bem como às diretrizes da Resolução 414/2010 da ANEEL, na qual ficou determinado que o município é o responsável pelo serviço de iluminação pública.
Segundo esta resolução os municípios devem se tornar responsáveis pelo serviço de iluminação pública, ou seja, realizar, entre outras atividades, a operação e a reposição de lâmpadas, de suportes e chaves, além da troca de luminárias, reatores, relés, cabos condutores, braços e materiais de fixação.

O prazo estipulado pela resolução acima era até 31 de janeiro, porém depois fora modificado pela resolução 587 da própria ANEEL para 31 de dezembro de 2014. O prazo foi estendido para que estes municípios se agrupem em consórcios e assim consigam contratos mais adequados.

A necessidade da adequação se entende perfeitamente. Todavia ficam algumas dúvidas no ar:
Será mesmo necessário esse aumento?
E por que mexer nas contas daqueles que gastam pouco (até 50kWh) sendo que hoje eles nada pagam?
Não haveria outra forma de ajustamento?
O abadiaemfoco, como imprensa, espera que os vereadores estudem bastante o caso e votem, observando as condições de nossa população, principalmente olhando para aquelas pessoas que mais precisam!

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Salmo 110/Reflexão



Disse o SENHOR ao meu Senhor: Assenta-te à minha mão direita, até que ponha os teus inimigos por escabelo dos teus pés.
O Senhor enviará o cetro da tua fortaleza desde Sião, dizendo: Domina no meio dos teus inimigos.
O teu povo será mui voluntário no dia do teu poder; nos ornamentos de santidade, desde a madre da alva, tu tens o orvalho da tua mocidade.
Jurou o Senhor, e não se arrependerá: tu és um sacerdote eterno, segundo a ordem de Melquisedeque.
O Senhor, à tua direita, ferirá os reis no dia da sua ira.
Julgará entre os gentios; tudo encherá de corpos mortos; ferirá os cabeças de muitos países.
Beberá do ribeiro no caminho, por isso exaltará a cabeça.


Aniversário do blog

Neste mês de outubro o abadiaemfoco completa exatos três anos de atividades junto aos milhares de internautas amigos. É uma honra muito grande chegar à marca de mais de 107 mil visualizações neste período e, mais honra ainda, fazer parte da história recente desta cidade.
O blog conta com a ajuda de vários companheiros , na luta por mais dignidade, mais compromisso e mais qualidade de vida para nossa querida Badia. Estamos sempre juntos com a administração pública executiva e legislativa, ora cobrando, ora apoiando suas decisões, sempre em prol do povo abadiense.
É com muita felicidade que sopramos as velas nesta data e, no ensejo de vida longa, agradecemos o apoio de todos vocês internautas. São vocês que fazem nosso sucesso! Obrigado.

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Pedido à administração municipal


Sendo certo que a Administração Pública necessita arregimentar trabalhadores para que possa desempenhar suas funções, não menos certo é que deve ela, em razão de estar adstrita ao princípio da legalidade, atender na contratação todas as disposições legais atinentes à matéria, sob pena de estar agindo de forma discricionária onde não está devidamente autorizada, pois, como sabido e ressabido, no trato com a coisa pública, tudo o que não for expressamente permitido é proibido.
Destarte, venho neste "post", expressar meu pensamento que nossa atual administração deveria proceder à realização de um concurso público para solidificar as bases de sua funcionalidade, haja vista que, segundo informações da própria instituição, há inúmeros funcionários contratados temporariamente, sem que houvesse tido um concurso público.

Tenho conversado com alguns vereadores que são a favor desta ideia. Eles também sentem a necessidade de tal ato para que os atuais funcionários e aqueles que porventura sejam necessários possam ter amparo e desempenhar melhor suas atividades. 
Fica pois, então, registrado este pedido para que nossa administração pense e realize um concurso público para vagas na Prefeitura Municipal de Martinho Campos.


sábado, 25 de outubro de 2014

E aconteceu na Badia


De viagem pela "Badia", o paulista vê o açude e tem a brilhante ideia de fazer uma pescaria.
— Esse açude é propriedade de alguém? — pergunta ele a um Badiense que está passando.
— Não sinhô. É púbrico!
— Então é crime tirar alguns peixes dele?
— Crime num é não sinhô... É milagre!


Escorregando na lama /Momento Nostalgia

As primeiras chuvas sempre eram motivo de festa para a criançada nas ruas da Badia. Toda a mulecada queria que queria ir escorregar na lama e se molhar nas gotas que caíam do céu. Lembro-me de um desses dias, quando ainda chovia muito (década de 80), íamos para a Rua do BB e lá de cima começávamos a brincar de esquiar, sendo que a neve era a lama e os esquis eram nossos pés. Muito divertido e muito saudável. Menos, é claro, quando caíamos e machucávamos.
Mas, nesse dito dia, encontramos, no final da rua (era praticamente floresta em volta) um lobo guará que começou a correr atrás de nós (no intuito acredito de brincar) e ficamos apavorados com aquilo. Não sei como, mas o que aconteceu foi que cinco moleques subiram aquele morro num piscar de olhos, recorde mundial dos 400 m.
E para lembrarmos ainda mais, vamos voltar no tempo e ouvir dois sucessos....


Agora a nacional


Que vença o melhor

Chegamos ao final da campanha para presidente da República deste nosso Brasil varonil. Foram longos meses de debates, propostas (nem tanto) , discussões, posições, enfim, tudo que é de direito dentro de uma política.
Os dois candidatos (Dilma e Aécio) chegam extenuados a esta votação, sendo que ambos percorreram todo o Brasil em busca dos votos dos indecisos e daqueles que votaram em branco ou nulo. Uma peleja sem tanto, pois o Brasil é praticamente um continente devido suas proporções.
E para governar esse "Continente", o (a) eleito(a) amanhã deverá assumir uma responsabilidade muito grande, pois o Brasil vive um momento de incertezas, com a inflação querendo subir a patamares difíceis, tendo a educação e a saúde como desafios e a segurança como meta a curto prazo.
O Brasil se dividiu e os votos serão "cabeça a cabeça", ponto a ponto como se diz no futebol. Engraçado é que em campo a rivalidade é a mesma : Cruzeiro (Aécio) x Dilma (Atlético), sendo que neste caso, eleitores de ambos os times podem mudar de "camisa".
O importante é que, vencendo A ou B, teremos um mineiro na presidência e que ele, ou ela, olhe muito por nós.
O importante, contudo, é o respeito para com os derrotados (porque na verdade serão dezenas de milhões de brasileiros), virtude importante de quem sabe ganhar e perder!
Que vença o melhor candidato amanhã nas urnas espalhadas pelo Brasil!


sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Segurança nos distritos

A situação dos distritos de Ibitira e Alberto Isaacson é lastimável em se tratando de segurança pública. Precisaria voltar o policiamento 24 horas por dia nesses locais para que a população realmente possa dormir em paz. Sabemos que muitos (políticos e líderes ibitirenses e de Alberto Isaacson) tentaram solucionar o problema junto às chefias da PM em Belo Horizonte, porém é preciso fazer algo mais. Lutar até que volte essa benfeitoria para a comunidade. É difícil? Sim! É difícil, porém precisamos lutar sempre, pois Ibitira conta com uma grande população e somente há policiamento em algumas horas do dia, principalmente no horário bancário.
Agora com a mudança de governo seria o momento para os “líderes” voltarem a conversar com a “nova” chefia da PM, o novo secretário de Defesa Social, o próprio governador eleito, levando um abaixo assinado da população dos distritos e com mais políticos engajados neste propósito.
Conversando com alguns amigos políticos, repassei algumas ideias sobre como implantar um sistema de segurança em Ibitira e Alberto Isaacson ( A possível implantação de uma guarda municipal para os distritos; uma possível ronda noturna paga pelos comerciantes; um sistema tipo "Olho Vivo"; um projeto junto a PM para viabilizar rondas periódicas (principalmente à noite) nos distritos; uma parceria para a Polícia Civil fazer  constantes serviços nas comunidades;  otimização do Conselho Comunitário (no intuito de elaborar ações preventivas) e, finalmente, o engajamento de todas as escolas, igrejas e setores sociais para que juntos organizem uma conscientização em seus respectivos redutos para se reduzir os desmandos que vem acontecendo.

Há um certo marasmo quanto a este assunto e muita falácia de quem deveria é estar correndo à frente. Todavia agora é a hora de levantarmos a cabeça e dar as mãos pelos nossos distritos.


Aprender a ver/Reflexão da sexta-feira


Aprender a ver - habituar os olhos à calma, à paciência, ao deixar-que-as-coisas-se-aproximem-de-nós; aprender a adiar o juízo, a rodear e a abarcar o caso particular a partir de todos os lados. Este é o primeiro ensino preliminar para o espírito: não reagir imediatamente a um estímulo, mas sim controlar os instintos que põem obstáculos, que isolam. Aprender a ver, tal como eu o entendo, é já quase o que o modo afilosófico de falar denomina vontade forte: o essencial nisto é, precisamente, o poder não «querer», o poder diferir a decisão. Toda a não-espiritualidade, toda a vulgaridade descansa na incapacidade de opor resistência a um estímulo — tem que se reagir, seguem-se todos os impulsos. Em muitos casos esse ter que é já doença, decadência, sintoma de esgotamento, — quase tudo o que a rudeza afilosófica designa com o nome de «vício» é apenas essa incapacidade fisiológica de não reagir. — Uma aplicação prática do ter-aprendido-a-ver: enquanto discente em geral, chegar-se-á a ser lento, desconfiado, teimoso. Ao estranho, ao novo de qualquer espécie deixar-se-o-á aproximar-se com uma tranquilidade hostil, — afasta-se dele a mão. O ter abertas todas as portas, o servil abrir a boca perante todo o fato pequeno, o estar sempre disposto a meter-se, a lançar-se de um salto para dentro de outros homens e outras coisas, em suma, a famosa «objectividade» moderna é mau gosto, é algo não-aristocrático par excellence

Friedrich Nietzsche, in "Crepúsculo dos Ídolos"

Diferença entre votos brancos e nulos

dilmecio
Na teoria, eles são diferentes. Na prática, não. O voto nulo é um voto anulado – é como se não existisse ou não tivesse sido feito. Já o voto em branco serve para você dizer que nenhum candidato lhe agrada.
No entanto, ambos têm peso zero e não são usados na contagem eleitoral – são computados para fins de estatística e, portanto, não vão para quem ganha nem para quem perde. Diga para aquele seu amiguinho que adora espalhar bobagens na internet.
De acordo com a atual legislação eleitoral, só votos destinados a candidatos ou à legenda são contabilizados na eleição. No fim das contas, os votos em branco ou nulos ajudam os concorrentes à eleição, já que eles diminuem o número de votos válidos necessários para se eleger. Exemplo: se temos 10 votos válidos e dois candidatos, é preciso conseguir seis votos para chegar ao poder. No entanto, se temos 10 votos, um nulo e um branco, apenas 8 votos serão considerados. Aí, para vencer, um dos candidatos precisa de apenas 5 votos.
(da revista digital superinteressante)

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Geriowaldo viajando



Geriowaldo e o compadre Zé Cagueiteira (ambos do sertão da Badia) estavam de viagem para a Belo Horizonte, durante a Copa, onde pretendiam assistir a um jogo do Brasil, quando ali na Raja Gabaglia, um suíço, procurando orientação sobre o caminho, para seu carro ao lado do chevetão do Gê e pergunta:
– Entschuldigung, koennen sie Deutsch sprechen?
Os dois matutos ficaram mudos.
– Excusez-moi, parlez vous français? – tentou.
Os dois continuaram a olhar para ele impávidos e serenos.
– Prego signori, parlate italiano?
Nada por parte dos abadienses.
– Hablan ustedes español?
Nenhuma resposta.
– Please, do you speak english?
Nada. Angustiado, o suíço desiste e vai embora.
O Zé Cagueiteira vira-se pro "cumpadi" e diz:
– Talvez devêssemos aprender uma língua estrangeira…
– Pra quê? – pergunta o Gê – Aquele idiota sabia cinco e adiantou alguma coisa?

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Eleições...

Opinião de uma internauta, amiga do abadiaemfoco, martinho-campense residente na Alemanha, sobre a política para presidente do Brasil. 


Outro dia li um artigo seu no blog, gostei muito da sua sensatez ao explicar o porque votará no Aécio. Parabéns.
Resolvi enviar minha opinião também. Brasileiros no exterior votam somente para presidente, faço questão de ir ao consulado brasileiro.
Meus conterrâneos, vamos   ACORDAR; ANALISAR DETALHADAMENTE o todo, não as partes.
Porque fizeram protesto ano passado?  Saíram as ruas `´querendo mudanças`` - já esqueceram??? Agora querem a DILMA ??? Que falta de coerência é essa? Pela minha lógica, qualquer um seria melhor que continuar com o PT (Dilma).
Muito pelo próprio comodismo, essa  mania de esquecerem, quando temem mexer no próprio bolso ( cortes setores públicos, reduzir ministérios, temem medidas impopulares? bolsa família etc, etc )  Penso que não dará para esconder os débitos, Brasil caminha a passos largos ao abismo, correndo inclusive risco de virar  comunista ( Países aliados do PT ) –  Temem o FMI ? Penso que  virão mais rápido com a Dilma no poder, Brasil endividado, quem pagará ? Na Grécia acontece isso, intervenção obrigatória externa, credores, é questão de tempo, não há como fugir, lá estava abarrotado de funcionários públicos, O PAÍS QUEBROU, agora metade estão desempregados. No Brasil acontecendo a mesma coisa, professores e todos os funcionários públicos ,é melhor a possibilidade de ganharem menos com o Aécio do que perderem o  emprego com a Dilma. Concordam? Mudar requer sacrifícios.
Aécio pode não mudar o Brasil como gostaríamos, isso levará décadas de acertos, mas pelo menos vai garantir e evitar  o pior.
Aécio não é perfeito, ninguém é, mas sejamos sensatos e coerentes aos fatos maiores.
Tem muita mentira sendo dita pelo PT. Vamos à algumas delas:
 1 - "Bolsa família quem criou foi o PT" - O PT criou o nome Bolsa família porque o benefício já existia em forma de bolsa alimentação, gás e escola. Então o Lula unificou os programas.  Cadê o Fome Zero?? Esse sim era programa deles, e faliu. Inflação vindo de novo, eu vivi a hiper inflação ....plano real. Estabilidade conseguida com sacrifícios.
2 - Pronatec - No governo FHC existia o Proep, Programa de Expansão da Educação Profissional. Em 2003 o Lula encerrou este programa e interrompeu 232 projetos. Já em 2006 ele reativou com o nome de Pronatec e reiniciou 32 dos projetos que haviam sido parados.
Quando o PT de Lula era oposição todo mundo era ladrão, o lema era ser contra tudo, não importava  se era ideia boa ou não, ele dizia que era só parar de roubar que todos os problemas seriam resolvidos em médio e longo prazo, o problema  é que no meio do caminho eles também começaram a roubar  muito pior, e hoje estamos vivenciando o pior momento da democracia brasileira: petistas, malufistas, sarneizistas, colloristas tudo junto. Deu nisso ai.
O Lula, que há algum tempo não aparecia ( sumiu desde escândalo da Petrobras ), agora resolveu aparecer para atacar com tudo. Isso é bem típico do PT. Nos comícios de Dilma apontam  o fato do Aécio ter se recusado a usar o bafômetro ( lembremos que por lei ninguém é OBRIGADO a usá-lo ), agora o Lula esta se gabando desse fato.  Pergunto: que moral esse homem tem para falar de bêbado? Ele que tantas vezes estava bêbado, inclusive num desses momentos, na ONU ( isso foi noticia aqui ).  Comparar erros a esse nível? Primeiro temos que ter moral própria não acham? Nunca viram nem ouviram nada....ah, nessa semana a dona Dilma que antes não admitia de jeito nenhum,  finalmente admitiu roubo na Petrobras, estratégia eleitoreira...hum.
Penso que, se o PT continuar no poder, transformarão o Brasil numa Venezuela. Usaram o aeroporto em Claudio, é brincadeira, agora construir um porto em Cuba, de 1 bilhão para um ditador sanguinário sem prestar conta, isso pode né? Sem contar vários outros obras doadas para países amigos do PT diga-se de passagem todos eles comandados por ditadores! POVO BRASILEIRO, ACORDA! A LIBERDADE NÃO TEM PREÇO, O COMUNISMO NÃO DEU CERTO EM LUGAR NENHUM DO MUNDO.  O roubo na Petrobras, valores enormes, de impacto. Acho necessário analisar: diferença de pequenos e grande erros, pequenos e grandes roubos. O dilema do tiririca esta errado ao dizer que pior que tá não fica,  oh, PODE SIM FICAR MUITO PIOR:
Privatizar a Petrobras seria melhor que essa roubalheira, hoje ela vale a metade, que orgulho idiota é esse dela  ser 100% brasileira?
Ninguém precisa se iludir pensando que Aécio será perfeito, isso não existe! Que pelo menos ACERTE  mais, ele terá equipe econômica com experiência comprovada. Por todo setores haverá  roubos.  Martinho Campos também, funcionários corruptos, povo em si é corrupto….molham a mão de um guarda de transito, querem vantagem em tudo…um jeitinho brasileiro mais para safadeza. Vamos arrumar nosso mundinho  também, denuncie, e acima de tudo tente no dia a dia agir honestamente em tudo. Admitamos que isso afeta grande parte do povo, mentalidade. Mudar isso levará décadas, se é que mudará. A luta é para não piorar, com o PT caminhamos mais rápido para isso.
Estou longe do Brasil apenas geograficamente,
Meu alles gute a todos ( tudo de bom)

Irilda ( Alemanha )

Salmo 109/Reflexão


Ó Deus do meu louvor, não te cales,
Pois a boca do ímpio e a boca do enganador estão abertas contra mim. Têm falado contra mim com uma língua mentirosa.
Eles me cercaram com palavras odiosas, e pelejaram contra mim sem causa.
Em recompensa do meu amor são meus adversários; mas eu faço oração.
E me deram mal pelo bem, e ódio pelo meu amor.
Põe sobre ele um ímpio, e Satanás esteja à sua direita.
Quando for julgado, saia condenado; e a sua oração se lhe torne em pecado.
Sejam poucos os seus dias, e outro tome o seu ofício.
Sejam órfãos os seus filhos, e viúva sua mulher.
Sejam vagabundos e pedintes os seus filhos, e busquem pão fora dos seus lugares desolados.
Lance o credor mão de tudo quanto tenha, e despojem os estranhos o seu trabalho.
Não haja ninguém que se compadeça dele, nem haja quem favoreça os seus órfãos.
Desapareça a sua posteridade, o seu nome seja apagado na seguinte geração.
Esteja na memória do Senhor a iniqüidade de seus pais, e não se apague o pecado de sua mãe.
Antes estejam sempre perante o Senhor, para que faça desaparecer a sua memória da terra.
Porquanto não se lembrou de fazer misericórdia; antes perseguiu ao homem aflito e ao necessitado, para que pudesse até matar o quebrantado de coração.
Visto que amou a maldição, ela lhe sobrevenha, e assim como não desejou a bênção, ela se afaste dele.
Assim como se vestiu de maldição, como sua roupa assim penetre ela nas suas entranhas, como água, e em seus ossos como azeite.
Seja para ele como a roupa que o cobre, e como cinto que o cinja sempre.
Seja este o galardão dos meus contrários, da parte do Senhor, e dos que falam mal contra a minha alma.
Mas tu, ó DEUS o Senhor, trata comigo por amor do teu nome, porque a tua misericórdia é boa, livra-me,
Pois estou aflito e necessitado, e o meu coração está ferido dentro de mim.
Vou-me como a sombra que declina; sou sacudido como o gafanhoto.
De jejuar estão enfraquecidos os meus joelhos, e a minha carne emagrece.
E ainda lhes sou opróbrio; quando me contemplam, movem as cabeças.
Ajuda-me, ó Senhor meu Deus, salva-me segundo a tua misericórdia.
Para que saibam que esta é a tua mão, e que tu, Senhor, o fizeste.
Amaldiçoem eles, mas abençoa tu; quando se levantarem fiquem confundidos; e alegre-se o teu servo.
Vistam-se os meus adversários de vergonha, e cubram-se com a sua própria confusão como com uma capa.
Louvarei grandemente ao Senhor com a minha boca; louvá-lo-ei entre a multidão.
Pois se porá à direita do pobre, para o livrar dos que condenam a sua alma.