abadiaemfoco

domingo, 3 de março de 2013

Jesus Amado Mestre!


O abadiaemfoco ficou chocado com a notícia estampada hoje no Jornal Super. Vejam bem a "ruindade" das pessoas. E cuidado, não pisquem para ninguém!
Uma piscada de olho pode ter sido o motivo para um crime que movimentou o pacato distrito de Monjolinho de Minas, na zona rural de Lagoa Formosa, no Alto Paranaíba. O aposentado Adélio Gomes Moreira, 62, decepou a mão de Clênio Aniceto Ferreira, 25, porque o jovem teria ‘mexido’ com a neta dele. O crime ocorreu na tarde da última sexta-feira e, até o fechamento desta edição, o suspeito ainda estava foragido. 

De acordo com a Polícia Militar, após descobrir que Ferreira se insinuava para sua neta - uma adolescente de 16 anos - Moreira pediu que o jovem fosse até a casa dele, alegando que teria algo para lhe entregar. 

Assim que Ferreira chegou, foi surpreendido pelo idoso com um facão. Antes de agredir o rapaz, o avô teria dito que mataria o jovem porque ela havia "mexido" com a neta dele. Ferreira teve a mão esquerda decepada quando foi se defender de um golpe no pescoço. 

O jovem conseguiu fugir do agressor e pegou uma carona até a policlínica de Lagoa Formosa, onde recebeu os primeiros socorros. Por causa da gravidade do ferimento, a vítima foi transferida para Patos de Minas, onde foi realizado o reimplante do membro. Ferreira ainda está hospitalizado.

Segundo moradores de Monjolinho, o jovem está de casamento marcado e tem um filho. A adolescente também mora com um outro rapaz. O que se comenta na cidade é que Ferreira apenas piscou o olho pra ela. Nem o aposentado nem o jovem teriam passagens pela polícia.

A Polícia Militar continua fazendo buscas na região pelo suspeito. A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia de Homicídios de Patos de Minas. (Com Mábila Soares/Portal O Tempo Online)

Nenhum comentário:

Postar um comentário