abadiaemfoco

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Ensaio de "Marcha"


Começaram os ensaios para o desfile de Sete de Setembro da Escola Estadual Dr. José Gonçalves. Uma tradição de nossa cidade, preservada pelos mestres, pais e alunos das escolas. Para muitos uma demonstração de civismo, para outros uma alusão ao militarismo do tempo da Ditadura. O que importa é a data em si que marca a Independência política e administrativa do Brasil em relação a Portugal ocorrida no longínquo ano de 1822, através do Grito do Ipiranga proferido pelo saudoso D Pedro I: "Independência ou Morte"!
Voltando ao desfile propriamente dito há de se ressaltar que antigamente ele era imposto pelas autoridades locais, principalmente pelos dirigentes das escolas. Claro, tinha que mostrar respeito com as coisas do Brasil. Hoje mais "light" o desfile tem a aprovação da comunidade escolar e é feito por uma tradição histórica repleta de histórias familiares que nos remetem às antigas escolas "Dalila Vieira" e " Escola da Comunidade Nossa Senhora de Abadia - CNEC" com desfiles memoráveis.
Particularmente prefiro eu que  as escolas comemorassem o dia 07 de Setembro com outras atividades mais nobres como por exemplo: a doação de sangue dos alunos maiores de idade, pais e professores que se manifestassem; doação de 01kg de alimento não perecível (por parte das escolas através de promoções durante o ano) às entidades sociais do município; trabalho voluntário de limpeza da praça e plantio de árvores nas margens de nossos rios;etc e tal. Mas isso está longe de acontecer. Nossas escolas gostam mesmo é de DESFILE, como se fossem militares... Tudo bem: tradição é tradição! E já não sou mais professor!
Foto antiga do Desfile de Sete de Setembro

Nenhum comentário:

Postar um comentário