abadiaemfoco

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Lazer em Martinho Campos


Uma amiga questionou numa rede social sobre o lazer em Martinho Campos. Citou sobre a presença maciça de jovens nos botecos e a falta de outras atividades para o divertimento das pessoas em nossa grande cidade.
É fato que os botecos e as festas, hoje, são os principais focos da maioria dos  adolescentes e jovens martinho-campenses. Todavia existem muitos conterrâneos que preferem outras atividades mais saudáveis e prazerosas.
O município oferece pouco neste setor que também  apresenta pouca infraestrutura. O que existe (campos de futebol, salões, área de lazer, rios e lagoas, quadras etc) é utilizado com pouca frequência e divulgação o que faz os jovens migrarem para os botecos e as festas.
A solução é simples, porém trabalhosa e responsável, principalmente pelo poder público que deve zelar pelo social de nossa comunidade.
Como citei, a solução é simples: basta promover eventos (durante o ano) que envolvam esta faixa etária, utilizando os espaços existentes. Ex. Organizar uma olimpíada anual entre agremiações estudantis e demais setores da sociedade; organizar um campeonato municipal de futebol (diversas categorias), envolvendo os distritos e povoados...; trazer mostra de cinema ao ar livre para exibição na praça da matriz; investir e modernizar a área de lazer do trevo com a finalidade de receber as famílias nas tardes e nos finais de semana; promover gincanas culturais; criar um museu da história martinho-campense; concurso de poesia e redação; oficinas de teatro (neste quesito temos algumas ações idealizadas pelo amigo Deth vereador); encontro de jovens nas festas típicas e tradicionais da cidade, etc.
Isto posto vale a pena refletir sobre nossa posição enquanto cidadãos conscientes. Claro que nunca vamos abolir os botecos e as festas regadas a bebidas e som de gosto duvidoso, todavia temos que lutar para que melhorias nesta área sejam feitas e possamos ter um lazer digno em nossa comunidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário