abadiaemfoco

sábado, 16 de novembro de 2013

Delegado manda prender "boné da maconha" em Nova Serrana.

Diversos bonés com a inscrição “4:20” têm sido apreendidos pela Polícia Civil em Nova Serrana. Segundo o delegado Diógenes Caldas, os acessórios fazem apologia ao uso da maconha, isso porque remetem ao horário de 4h20 da Inglaterra, que é o horário do chá, e a maconha é chamada de chá entre os usuários.

Recentemente vários modelos foram apreendidos durante um evento na cidade, sendo que, em alguns deles, o símbolo ganhou novas versões como "4:19" ou "8:40", esse último referindo-se ao dobro de "4:20". "Já foram apreendidos mais de 50 bonés desse tipo recentemente na cidade, no dia a dia mesmo. Essa moda não é uma simples brincadeira, é um crime, embora de menor potencial ofensivo. Já tivemos caso de uma pessoa que veio à delegacia usando um boné desses e foi autuada em flagrante, com direito a termo de comparecimento", comentou o delegado.
Modelos de bonés brincam com a temática e foram recolhidos  (Foto: Luciano de Assis/ Jornal O Popular)
Modelos de bonés usados na cidade
(Foto: Luciano de Assis/ Jornal O Popular)
Diógenes afirmou ainda que os bonés são usados principalmente por menores. Comercializar esses produtos também é crime, porque significa apologia ao uso de drogas, conduta de elogiar, exaltar e enaltecer criminoso ou vantagens do crime, é considerado um crime e está previsto no Código Penal Brasileiro no artigo 287: "Fazer publicamente apologia de fato criminoso ou de autor de crime".  Ainda conforme o delegado, este tipo de crime prevê como pena reclusão de três a seis meses.
Especialista diz que símbolo é antigo 
G1 conversou com o psicólogo especialista em toxicomania, Anderson Matos, que afirmou que o símbolo é antigo e surgiu na Europa. Segundo ele, se referia a um horário que os jovens marcavam para fumar maconha. "No Brasil o aparecimento desse símbolo é mais recente e começou a ser usado pelos jovens em situação de cumprimento de medida socioeducativa ou carcerária, há cerca de dois anos. Agora acabou virando uma moda, principalmente em bonés", explicou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário