abadiaemfoco

domingo, 16 de novembro de 2014

Dia da criatividade

Nesta segunda-feira comemoramos o dia da criatividade
Para Raul Seixas, a criatividade não combina com obediência, da mesma maneira que, para Pablo Picasso ela é inimiga do bom senso. Criatividade é inventar, experimentar, correr riscos, quebrar regras, cometer erros ou simplesmente, como diz Albert Einstein, é a inteligência se divertindo. O dia 17 de novembro é marcado no Brasil como o Dia da Criatividade, não há um motivo especial para a data, já que todo o dia é dia para sermos criativos.
O potencial criativo das pessoas começa a ser desenvolvido ainda na infância, e com o tempo ele acompanha este desenvolvimento e aprimora-se. Pode-se dizer que o pensar e o agir criativamente já fazem parte do nosso dia-a-dia, pois cada vez mais são exigidas soluções para problemas, que sem a criatividade não seriam possíveis. Sair do senso comum, ser ousado, não se limitar a um único conhecimento, sempre querer ir além são algumas das características que motivaram a criação de muitos inventos que deram um rumo a humanidade. Sem criatividade, Santos Dumont não poderia ser considerado o “pai da aviação” e sem a ideia de Steve Jobs – usar uma tela multitouch para interagir com um computador de uma maneira em que ele pode digitar diretamente no display – o Iphone poderia nem ter sido inventado.
Como a criatividade move o mundo, a equipe Nexjor foi conversar com alguns profissionais, de diversas áreas, para saber qual é a importância deste pensamento criativo no dia-a-dia da profissão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário