abadiaemfoco

domingo, 16 de novembro de 2014

Galo forte

Ainda sob o forte impacto da repercussão mundial do evento futebolístico sediado em Minas, vivemos o  desfecho do clássico neste momento como o resultado de uma campanha emaranhada na mística e na raça do povo alvinegro. A vitória sobre o maior rival  consolida o Galo Mineiro como um dos melhores times do Brasil e, quiçá, do mundo. Tamanha sua dedicação e técnica nestes primeiros noventa minutos da decisão da competição nacional, reflexo de um trabalho estruturado, desde a diretoria até o  último jogador do elenco.
Minas Gerais parou nesta última quarta para vivenciar seu maior duelo em campo “de bola”, sendo que neste caso, apesar da vitória atleticana, quem ganhou foi o esporte mineiro. Hoje, sem dúvida, o melhor futebol do país do “Penta”.
A torcida preta e branca deu um show à parte, como é de praxe, e não parou um minuto sequer (cantando o hino, gritos de incentivo, “zoação” com o rival...etc) nas arquibancadas do Independência. Estava bonito de se ver: lágrimas e sorrisos se mesclando num afã de alegria, emoção e carisma; contagiando os milhões de torcedores que assistiam ao jogo pela TV.

A primeira parte do filme já valeu o ingresso e a fama adquiridos pelo belíssimo trabalho de ambas as equipes. Agora é retomar o fôlego e aguardar o desfecho final, torcendo para que o “happy end” seja favorável ao inexorável Clube Atlético Mineiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário