abadiaemfoco

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

tempo de consciência/Martinho Campos dá o exemplo


Segundo informações, acertadamente, a Prefeitura Municipal de Martinho Campos não realizará, neste ano, o tradicional carnaval da “Badia”. Isto se deve, primeiramente, à   sofrível crise hídrica que assola Minas e grande parte do Brasil; e, é claro,  a diversos fatores que inviabilizam a festa de Momo neste ano, como, por exemplo, o aumento dos juros, inflação, aumento da gasolina etc.
Óbvio que Martinho Campos ainda não está em colapso  (em se tratando da falta d’água) como muitas cidades, haja vista a quantidade de rios existente em nosso meio e também ao número de habitantes, além da boa capacitação d’água por parte da Copasa. Porém, a situação é de prevenção.
Isso não exclui a possibilidade de haver o carnaval organizado por particulares. Todavia a situação não é para festas, apesar de a cidade ser pólo permanente de Festejos Populares.
O tema é polêmico, pois o Carnaval é a maior festa do Brasil e todos os municípios planejam e executam, anualmente, com maestria a folia, atraindo turistas de várias partes do mundo. Entretanto, neste 2015, a situação é de apelo aos foliões, para que brinquem de forma consciente e com urbanidade para que não falte água e que o transcorrer do ano seja também de alegria e satisfação.
Desta forma estamos dando um bom exemplo e garantido um futuro mais democrático e sustentável para todos os Martinho-campenses.
Decisão certa senhor Prefeito! O povo consciente agradece!

Um comentário:

  1. Até parece que é só por isso né?
    Ano passado não tinha crise e nem falta de água, e que o prefeito fez carnaval? Não me recordo, alguém se recorda? Lembro somente da BARATONA que se não fosse isso um fracasso total.... Vergonha enorme para martinhocampenses que moram fora e na data tem que recorrer a cidades vizinhas pois na cidade que tinha o melhor carnaval da região, hoje não tem nada.... Vergonha, vergonha, vergonha.

    ResponderExcluir