abadiaemfoco

quinta-feira, 26 de maio de 2016

Vergonha estadual


Enquanto os funcionários estaduais penam para se sustentarem, abraçando um parcelamento de salários e até atrasos em pagamentos, os deputados, agora, receberão um aumento para gastarem dinheiro público. Um retrocesso que beira à imoralidade. Uma aberração. Uma afronta com os mineiros de bem.
Vejam a reportagem, extraída do Portal uai:

"Os 77 deputados estaduais mineiros terão um aumento a partir deste mês de 35% na verba indenizatória, usada para custear despesas com itens como divulgação do mandato, locação de imóveis e veículos, combustível e passagens e hospedagens. O valor disponível por parlamentar subiu de R$ 20 mil para R$ 27 mil, conforme deliberação da Mesa Diretora de 10 de maio, que tem efeito retroativo ao primeiro dia do mês. 

A verba disponibilizada aos deputados para que paguem as despesas inerentes ao mandato se soma a um salário de R$ 25.322,25. Para receber a verba é preciso apresentar recibo dos gastos. Algumas despesas são limitadas. O teto para locação e fretamento de veículos, por exemplo, é de 45% do total. Também é permitido acumular a verba, desde que ela seja usada no mesmo ano. "

Enquanto essa farra acontece entre os deputados estaduais,  os servidores ficam sem aumentos de salários; com péssimas condições de trabalho e ainda, veem a inflação galopar, dificultando a vida de todos. 
"Oh! Minas Gerais.....o que será de ti, nem sei dizer mais..."

Nenhum comentário:

Postar um comentário