abadiaemfoco

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Saiba como criar uma rede de vizinhos eficiente no WhatsApp


Poderia ser factível também em pequenas cidades como a nossda querida Martinho Campos. 

Resultado de imagem para whats app


"Uma rede formada por quatro grupos de WhatsApp – cada um com cerca de 160 pessoas – em que não circulam mensagens de “bom dia”, piadas, memes ou tretas. Como se não bastasse, as conversas entre os participantes são 100% objetivas, focadas no tema da comunidade virtual. Esse cenário soa factível? A reportagem do Estado de Minas também duvidou que ele existisse. Mas, depois de passar alguns dias inserida na rede de vizinhos do Bairro Padre Eustáquio, Região Noroeste em Belo Horizonte, pode atestar: ele é real. Segurança é o motivo que mobiliza os usuários desse canal, e de pelo menos 1.100 outras organizadas em todo o estado. O levantamento é da Polícia Militar de Minas Gerais.

Criada em 2015, a rede do Padre Eustáquio surgiu a partir de uma reunião realizada na Rua Tuiuti com alguns moradores amedrontados, após uma onda de arrombamentos de casas e veículos que ocorreu nas redondezas. O whatsApp funciona como um meio de disparar alertas sobre crimes, atitudes suspeitas, entre outros eventos que possam ameaçar aqueles que vivem na mesma localidade. Os participantes também se orientam sobre a ação da PM, além das circunstâncias em que se deve acioná-la.


"Graças à seriedade com que a tocamos, sabemos que se ele emite uma notificação no smartphone é porque o assunto é importante. Não faz sentido manter um grupo de WhatsApp sobre segurança que as pessoas vão acabar silenciando porque está cheio de 'bom dia', 'boa tarde, 'boa noite e outras amenidades"

Hamilton Xavier, de 60 anos, que participa de um Grupo Bairro Padre Eustáquio"

(Do site EM)

Nenhum comentário:

Postar um comentário