abadiaemfoco

quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

Até quatro armas

Com a assinatura do Decreto Presidencial que flexibiliza a posse de arma de fogo em todo território nacional o cidadão de bem , conforme promessa política, poderá adquirir até quatro armas de fogo caso esteja regularizado dentro das normas explícitas no texto legal. Ou seja, ser maior de 25 anos, não ter antecedentes criminais, posuir curso de tiro técnico e avaliação psicológica positiva. 
O texto fala apenas da posse (ter uma arma em casa ou no trabalho) e não de porte (andar armado).
Na prática a legislação ora assinada muda pouco em relação ao já estabelecido pelo Estatuto do Desarmamento.
Particularmente sou contra a posse e o porte de arma por qualquer pessoa , excetuando-se os profissionais da segurança pública e defesa nacional, pois o que precisamos é de muita educação e ações sociais pontuais para que o índice de crimes violentos diminua no Brasil.
Todavia, em se tratando de áreas rurais a medida veio para sanar um problema antigo em nosso país. A população rural penava por estar longe das polícias e não ter como defender-se. Aí sim podemos concordar e parabenizar o senhor presidente.
O tema, com certeza, gera polêmica e será assunto para mais de ano. Entretanto é uma medida prometida e, este governo , nos parece, cumprirá sua agenda e renovará a esperança do brasileiro. Oxalá assim seja!



Nenhum comentário:

Postar um comentário