abadiaemfoco

segunda-feira, 7 de janeiro de 2019

Política

Com o advento das eleições para presidente do Brasil e a consequente vitória do senhor Bolsonaro, estourou no país uma onda de livre esperança e imediatismo pessimista ante os antagonistas do pleito.
Normal em se tratando de uma disputa onde apenas um seria o vencedor.
Estranho e ruim mesmo é ver muita gente (derrotados e vencedores nas urnas) com ódio no coração e destilando pérolas nas redes sociais contra eleitores e/ou simpatizantes do novo governo ou do candidato (partido) vencido.
Convenhamos, a eleição já passou e agora somos todos marinheiros de um navio gigante chamado Brasil.
Não deveria haver lugar para ódio em pleno século XXI por causa de política, futebol ou religião. Podem existir sim oposição e fiscalização (filamentos da democracia) quanto à política, haja vista que num país laico e diverso como o nosso, opiniões são muito diferentes. 
Todavia o que estamos vendo é destruição de amizades , famílias se ofedendo e muita gente achando que é dona da razão. Muita gente se portando como filósofo político e jornalista, conversando abobrinha e tumultuando um cenário que deveria ser de união e progresso.
O tempo que perdemos em tentar ferir nossos semelhantes por causa de política, principalmente, deveria ser o tempo de trabalharmos mais em prol deste país, começando pela nossa casa, bairro, cidade e estado! Se cada um plantar uma semente de esperança e começar a regá-la, quem sabe, num futuro próximo tenhamos chuvas de bênçãos sobre nosso lugar.
Menos ódio e mais amor no coração!

Nenhum comentário:

Postar um comentário