abadiaemfoco

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Dia do Professor



O Dia dos professores deveria ser comemorado como se fosse o Dia da Independência, como se fosse carnaval. Mas a verdade é que comemoramos o dia do professor com nostalgia, nos lembrando de nossos mestres e nossos amigos com felicitações, apenas. Ocorre que, nesse país desigual, se dá mais valor a todas as outras profissões, menos ao professor.
É notória a descrença dos vestibulandos quanto a cursarem uma graduação em pedagogia e/ou licenciaturas. Falam do salário, da falta de condições de trabalho e, principalmente, da pouca valorização do mestre. Estão corretíssimos. Quem deixará de cursar Direito, Medicina, Odonto, Relações Exteriores, Veterinária, etc para encarar uma licenciatura em Letras, Matemática, Geografia, etc? Poucos, infelizmente,  pouquíssimos.
Devemos ponderar que o problema é no país inteiro e não só no interior. Mas devemos também mudar o pensamento e enxergar as atividades do magistério como algo essencial à sobrevivência humana, afinal todos profissionais passam primeiro por um ou mais professores.
Poderia ficar o dia inteiro dissertando sobre esse fato, falando que não há muito o que comemorar neste dia especial do professor. Todavia, o abadiaemfoco, apesar dos pesares, considera o magistério, a arte de ensinar como algo nobre e, por isso mesmo, ainda acredita na escola e no professor. Temos que comemorar sim. Mas precisamos urgentemente melhorar as condições de trabalho e os salários dos docentes.
Vejamos:  tínhamos um bom número de candidatos a vereador que são professores e que lutavam por essa bandeira. Nenhum ganhou.  Nas “cabeceiras” dos grandes cargos públicos em nossa cidade não temos representatividade de professores. Não temos um sindicato municipal único de professores. Como então vibrar com o dia dos professores.
Mesmo assim caro amigo e colega professor.  Parabéns pelo seu dia. Pelos dias de luta que você encara com coragem e determinação.
Parabéns aos professores da Badia, dos índios Caxixós, do Buriti Grande (Escola Municipal Deputado Emílio Vasconcelos Costa), de Ibitira  (EE Padre Nonô, CEMEI), de Alberto Isaacson (CEMEI e EE Francisco Dias), de Boa Vista (EM Boa Vista) , das creches da cidade, da EM Geraldo de Assis, da EE Dr. José Gonçalves, enfim, parabéns a todos os professores de nossa querida Martinho Campos.
Um parabéns especial a todos meus professores que me toleraram e ensinaram durante mais de 16 anos de estudo (D. Amália, D Creuza, D Inez, D Íris, Marlise, Jarbas, Adão, Dulcelino, etc ..............................)

Nenhum comentário:

Postar um comentário