abadiaemfoco

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Geriowaldo, o conhecido de todos!


O Geriowaldo era um cara muito falador e muito conhecido na cidadezinha de Martinho Campos onde vivia.
— E não só aqui, dizia ele. — Sou conhecido no mundo todo. Não tem canto que eu vá que não encontre um conhecido. Gabava o bom mineiro.
Uma vez, o Geriowaldo viajou para a Europa com o Zé Cagueiteira, seu amigo e "cumpade". Para surpresa do Zéz, em todo lugar o Geriowaldo encontrava um conhecido. Um dia chegaram a Roma e foram ao Vaticano. Era dia da bênção do Papa e a Praça São Pedro estava lotada.
— Espere aqui que eu vou ver se consigo que o Papa nos receba — disse o Geriowaldo  e sumiu.
O Zé ficou de bobeira até que olhando para a sacada onde o Papa falava viu aparecer o Geriowaldo, que colocou uma mão no ombro do Papa e acenou para o povão. Na praça, várias pessoas acenaram de volta.
— Você conhece aquele homem ali na sacada? — perguntou Zé para o cara junto dele, que também tinha acenado.
— Que homem? Aquele ali junto do Geriowaldo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário