abadiaemfoco

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Marcar hora para vaiar...."Muito Feio!"

Ué D. Dilma, presidente da República, tem que marcar hora para reclamar e protestar? Ou seria melhor fazer como os vândalos? Não entendi esta da senhora agora não!
Só porque os 4.500 estudantes, formandos do Pronatec de Natal (Rio Grande do Norte) vaiaram a governadora daquele Estado (e é claro que eles têm seus motivos) a senhora deu um pito neles? Ah! Presidente! Valha-me Deus! Que coisa infantil!
 
Vejam a reportagem, caros amigos do abadiaemfoco, do Estado de Minas:

“A presidente Dilma Rousseff repreendeu, nesta quarta-feira, em Natal, no Rio Grande Norte, uma plateia de 4.500 estudantes, formandos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). Dilma resolveu chamar a atenção dos estudantes por causa de uma vaia durante o discurso da governadora daquele estado, Rosalba Ciarlini (DEM). Apesar de constrangida, mas sem perder a pose, Rosalba discursou por pouco mais de cinco minutos.

 “Muito feio!”, disse Dilma, logo em seguida ao discurso da governadora, para em seguida acrescentar: “Podemos discordar, mas temos que respeitar a governadora. Ninguém se respeita, se não respeitar os outros”, afirmou.

Dilma também já passou por situação semelhante. No último dia 30 de junho deste ano,  no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, durante um jogo da Copa das Confederações, a presidente foi vaiada pelo público que lotava o estádio.

Solidária com a governadora, Dilma não perdeu a oportunidade de destacar que o brasileiro tem a marca da “tolerância em sua índole". “Aceitamos a diversidade. Por isso, temos na diversidade a nossa maior força”, emendou a presidente.”

Parece que o governo não aceita críticas ao sistema! Uma coisa grave a meu ver, pois a democracia prevê a pluralidade e a voz do povo.
Acredito eu que se a Dona Governadora lá do RN fosse nota 10 os alunos estariam era aplaudindo e não vaiando.

Aprenda conosco D. Presidente: quando nosso governo joga direito, elogiamos e publicamos; quando é bola fora, criticamos e também publicamos. E viva nossa democracia, viva o nosso Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário