abadiaemfoco

sexta-feira, 30 de maio de 2014

Reflexão da sexta-feira

Nada mais destrutivo, para si e para os que a cercam, do que o ódio que a criatura conserva e alimenta no coração. 

Por isso, Francisco de Assis, compreendendo esse campo psíquico de tormenta e de loucura, firmava-se na proposta do amor. 

E dizia: Onde houver ódio, consenti que eu semeie amor. 

Pensemos nisso e semeemos o bem imbatível e o inefável amor, que falam da presença de Deus no mundo. E sejamos felizes, desde agora.



Nenhum comentário:

Postar um comentário