abadiaemfoco

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Dia dos maçons

A Maçonaria é uma associação de caráter universal iniciática, filosófica, filantrópica e educativa. Os Maçons reúnem-se em células autônomas denominadas oficinas ou lojas. Cada loja maçônica é composta pelo venerável mestre ou presidente, seus vigilantes, orador, secretário, mestre de cerimônias e tesoureiro. Tem por objetivo a investigação da verdade, o exame da moral e a prática das virtudes. Para se tornar um maçom, é necessário que o candidato seja apresentado por um mestre maçom e tenha sua indicação aprovada pela loja. Dentre os critérios para a aprovação, destaca-se a necessidade de uma profissão definida, que garanta subsistência e comportamentos de acordo com a moral e bons costumes.
O ingresso de mulheres à Maçonaria não é permitido. Tal proibição foi introduzida nos preceitos da Maçonaria pelo presbítero James Anderson, no século XVIII, devido à influência dos ministérios judaico-mitrico-romanos e de algumas agremiações operativas da Idade Média. Estas viviam na clandestinidade para escapar às cruéis perseguições eclesiásticas e políticas. No entanto, as esposas dos maçons compõem a comunidade feminina da Maçonaria, as quais cabem o papel de conscientizar os maçons sobre o papel da mulher na educação, saúde e união cristã. O dia 20 de agosto foi escolhido para homenagear os maçons por ser a data em que o povo maçônico deliberou com o Príncipe Regente Dom Pedro I que a proclamação da Independência do Brasil deveria ser realizada ainda no ano de 1822.

Nenhum comentário:

Postar um comentário