abadiaemfoco

terça-feira, 26 de maio de 2015

Água x "Badia" em tempo de reflexão

Alguns dias atrás um grupo de pessoas aqui da comunidade abadiense, preocupadas com o rumo das coisas públicas do município, se reuniram em prol do "salvamento" do açude municipal e da área em seu entorno.
Algumas ideias foram traçadas e promessas de dias melhores foram feitas no intuito de preservar nosso cartão postal ambiental.
Há décadas atrás esse mesmo açude era  o principal responsável por fornecer água para a população da sede do município. Mesmo com precariedade, o sistema funcionava e a água era de boa qualidade. Os tempos mudaram e com a chegada da Copasa em nossa cidade o abastecimento passou a ser feito direto do Rio Picão.
Correlacionando os assuntos, há de se mencionar que a água é um bem natural que pode diminuir e até se acabar caso nada seja feito para preservá-la.
Muito se tem falado e pouco se tem feito. Precismos para de assorear as margens do Rio Picão. O esgoto tem que ser tratado logo (as ETES têm que funcionar rápido) e descansar o leito do Córrego do Bambé e também o do rio anteriormente citado.
As ideias precisam ser colocadas em prática e  que sejam vitais para a preservação do nosso açude e de suas nascentes.
Todavia, além do esforço dos grupos criados para tal fim, é imprescindível que cada um de nós tomemos como nosso (e realmente o é) esse bem natural e cuidemos para não perdê-lo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário