abadiaemfoco

quarta-feira, 13 de maio de 2015

Enquanto isso, num boteco da grande BH

Entra o cara na pastelaria da chinesa.
- Moça, me vê um caldo de cana e um pastel de carne.
- Calne não tem. Só tem flango.
- Só frango?
- Só, só flango.
- Então tudo bem.
Um minuto depois, quando o cara já estava comendo o seu pastel e tomando seu caldo de cana, entra um pombo e pousa no balcão. A chinesa prontamente o espanta com um pano de prato, gritando:
- Sai flango! Sai flango!

Nenhum comentário:

Postar um comentário