abadiaemfoco

sexta-feira, 29 de maio de 2015

Pescando no Velho Chico

Um dia o Geriowaldo resolveu pescar sozinho porque já estava cheio de tanta gente em volta dele. Vara na mão, lata de minhoca e lá vai ele pro rio São Francisco, bem cedinho. No caminho ele encontra um caboclinho que começa a acompanhá-lo.
E o Geriowaldo já pensando: "Ô saco, será que esse caboclinho vai ficar grudado ni mim?".
Chegaram no rio e o caboclinho do lado sem falar nada.
O Geriowaldo se arruma todo, começa a pescar e também não fala nada.
Passam 3 horas e o caboclinho acocorado olhando sem dar um pio.
Passam 6 horas e o caboclinho só zoiando ...
Já no finalzinho do dia o Gerioaldo ficou com pena e oferecendo a vara pro caboclinho disse:
— O mininim, qué pesca um cadim?
E o caboclinho responde:
— Deus me livre moço, tem paciênça não, sô!

Nenhum comentário:

Postar um comentário