abadiaemfoco

terça-feira, 13 de setembro de 2016

Papo de professor politizado!

É óbvio que a leitura de filósofos como Sócrates, Aristóteles, Platão e outros é necessária para o aprendizado do "magistério" em si e também para a compreensão do mundo que nos cerca. Não li todas as obras dos principais filósofos gregos, todavia muitas leituras de tais obras foram por mim estudadas e repassadas a diversos "discípulos" que obtivera em minha pequena, porém rica passagem pelas escolas de nosso município como professor, inclusive de Filosofia.

Não obstante vale refletir que na obra A República de Platão o eixo temático é a discussão em torno do conceito de justiça e a sociedade ideal, todavia também abre o leque para temas tais como: as diferentes formas de governo; as virtudes que devem possuir os governantes e que devem existir na cidade, tais como a sabedoria, coragem, temperança e justiça (PLATÃO, 1993); a teoria do filósofo-rei; até mesmo o tema da educação e da instrução aparecem na obra (PLATÃO, 1993) de como se deve educar governantes, guardiões e filósofos, para que executem bem as suas tarefas.
O trecho filosófico acima me reuniu forças para falar de uma coisa mais cotidiana, porém também de importância dentro deste nosso momento existencial.
Ao analisar os candidatos aos cargos da Casa Legislativa de nossa cidade muito feliz fiquei ao observar que lá estão alguns de meus ex-alunos tentando uma sorte na vida política de nossa cidade. Para mim (e demais professores) é muito gratificante, pois mostra que são cidadãos preocupados com nossa comunidade e querem ajudar a melhorá-la.
Parabéns! Vocês, pela luta em prol dos demais, já são vencedores!

Nenhum comentário:

Postar um comentário