abadiaemfoco

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Brasil, Minas e Martinho Campos num pacotão só!

Deputados,em Brasília,  votam Pacote anticorrupção, porém retiraram do texto propostas essenciais ao projeto além de incluírem propostas polêmicas. Tudo isso feito na madrugada triste desta quarta-feira. Agora o texto deverá seguir para o Senado onde haverá novos debates e nova votação.  
Enquanto isso em Minas Gerais, o Governador parcela e atrasa salários do funcionalismo, deixa em dúvida o 13º salário, cessa as nomeações de professores, sendo que fora acertado com o Sindute tais nomeações e é investigado pela Operação Acrônimo.
Já em Martinho Campos o problema (atual) é a Copasa. O abastecimento de água está seriamente comprometido por vários fatores, sendo que a falta da mesma já é sentida em alguns bairros. Isso sem falar que, algumas vezes, a água vem numa coloração escura e com forte odor.
Este tema vem sendo denunciado há vários anos e, somente agora, a população acordou para a realidade do problema e começa, compassadamente, exigir seus direitos, enquanto cidadãos, e cobrar das autoridades constituídas.
Quanto às mazelas estaduais contra o funcionalismo, acredito que só com a ajuda dos deputados sérios de Minas Gerais poderemos ter um alento.
No cenário nacional o problema é mais complexo, pois precisamos das reformas políticas e de anticorrupção, todavia quem vota são (na maioria) os mesmos que estão sendo investigados pela Justiça. Nesse caso é contar com a ajuda Divina e nas próximas eleições escolher certo, mesmo que por linhas tortas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário