abadiaemfoco

sábado, 8 de julho de 2017

Momento Nostalgia/Viajando

Quando , outrora em Abadia City, queríamos (ou podíamos) ir a Belo Horizonte , a única maneira era de ônibus, pois não tínhamos carro e, é lógico, não podíamos dirigir por causa da baixa idade.
Mas a viagem de Santa Maria era uma festa puríssima! Começava no embarque aqui na Rodoviária, bem no começo da manhã, vendo aquele montão de gente partindo de nossa querida cidade.
No percurso (que era mais estrada de terra do que asfalto) íamos pegando passageiros nas entradas das fazendas e nos povoados. Em Alberto Isaacson demorávamos um bom tempo para entrar e sair de lá.
Em Pitangui havia uma pausa na viagem para lanches e banheiro. Eu gostava de descer era em Pará de Minas (outra pausa), pois lá havia uma coxinha de frango inigualável.
A viagem até Belo Horizonte durava aproximadamente 4 horas e meia. Isso quando não furava um pneu ou quebrava um para-brisa.
E lá chegando era outra festa, pois como "inhambu" no campo aberto, ficávamos perdidos no meio de tanta gente.
A primeira vez que vi aquela multidão, logo me veio uma curiosidade: como fazer para alimentar todos?
E assim era a vida na pequena e pacata Badia. E para lembrar ainda mais daquele tempo, vamos ouvir dois grandes sucessos de outrora.

Agora a nacional



Nenhum comentário:

Postar um comentário